As Relíquias da Morte ︎◆ Filmes e peças ︎◆ Parte 1

WB divulga notas da produção acerca de RdM: Parte 1

A Warner Brothers liberou hoje longas notas da produção a respeito do novo filme da série, Harry Potter e as Relíquias da Morte: Parte 1, contendo entrevistas com o trio, além do diretor David Yates e os produtores David Heyman e David Barron.

Dividido em seis partes chamadas “O fim começa”, “Reuniões de família”, “Nenhum lugar é seguro”, “A floresta para as árvores”, “Onde tudo começou” e “As Relíquias da Morte”, o texto expõe explicações do elenco e da equipe técnica sobre a película e como ela foi gravada.

Continue after the AD

Dobby e Monstro têm de ser personagens distintas, e gravar com atores reais ajudou-nos a realizar isso. Nós filmamos Toby e Simon atuando seus papeis e então usamos suas performances faciais como referência para transmitir toda a emoção e personalidade que eles entregaram para suas pequenas personagens animadas.

A nossa equipe já traduziu as partes “O fim começa”, “Nenhum lugar é seguro”, “A floresta para as árvores” e “Onde tudo começou”, que vocês conferem em notícia completa. Fiquem ligados nessa notícia, pois logo mais liberaremos o restante da tradução.

HARRY POTTER E AS RELÍQUIAS DA MORTE
Notas da produção

Warner Brothers
10 de novembro de 2010
Tradução: Marina Anderi e Biara Fuchs

O FIM COMEÇA

A partir do momento em que foi apresentado, pessoas em todo o mundo têm se excitado com as aventura de Harry Potter, o menino bruxo que mudou a história da literatura e do cinema. Por mais de uma década, David Heyman esteve imerso nesse mundo mágico, como o produtor de todos os filmes baseados nos livros best-sellers de J.K. Rowling, que também prestou serviços como produtora na adaptação cinematográfica de seu sétimo e último livro, “Harry Potter e as Relíquias da Morte.”

Mas, quando Heyman aproximou-se da última parcela da franquia de filmes que quebrou recordes, ele percebeu ela apresentava desafios únicos; não era apenas a forma de englobar todos segmentos entrelaçados da história à medida que se aproximava de sua conclusão culminante.

Quebrando a tradição da série de filmes, a decisão foi feita para dividir “Harry Potter e as Relíquias da Morte” em dois longas-metragens. “Quando Steve Kloves começou a trabalhar no roteiro, ficou claro que teríamos que omitir muito para fazer justiça ao livro de Jo em um filme,” Heyman explica. “Havia simplesmente muitos detalhes que eram importantes para a resolução da série.”

O produtor David Barron acrescenta, “Com os livros anteriores, a decisão foi sempre de seguir a jornada de Harry, então era possível apontar cenas específicas assim, enquanto imensamente agradáveis de ler, não necessariamente avançavam a história dele. Entretanto, o sétimo livro é todo sobre resolução – o pontos de todos os i’s e o traço de todos os t’s.”

Daniel Radcliffe, que interpreta o papel título Harry Potter, comenta: “A complexidade da trama de Jo que foi traçada desde o início é uma proeza fantástica de contar histórias. Tem reviravoltas, mistério e romance, comédia e ação… todas as coisas brilhantes que as pessoas têm respondido ao longos dos anos. Era a única maneira que poderíamos contar a história de uma forma completa e satisfatória.”

Dirigindo seu terceiro filme de Harry Potter, David Yates diz que a Parte 1 de “Harry Potter e as Relíquias da Morte” também quebra tradição ao tirar as personagens centrais do ambiente familiar de Hogwarts. É na verdade o primeiro filme da franquia em que o icônico Escola de Magia e Bruxaria nunca é visto. “Acho que essa é uma das coisas mais intrigantes da Parte 1,” o diretor afirma. “Estamos longe do ambiente mágico de Hogwarts, que parecia seguro mesmo quando as personagens estavam em total risco. De repente Harry, Rony e Hermione estão tentando sobreviver num mundo grande e mau, e que é um lugar perigoso. Eles se sentem isolados e sozinhos e muito vulneráveis. Isso faz a aventura ficar mais mordaz e adulta, o que realmente me atraiu, e a Dan, Rupert e Emma também”

Radcliffe atesta, “Acho que isso dá ao filme um tom mais adulto, porque é mais difícil ver-nos como estudantes quando não estamos mais na escola.”

Reprisando o papel de Rony Weasley, Rupert Grint comenta, “Distantes da segurança de Hogwarts e da proteção de seus pais e professores, tudo pode acontecer. Eles podem ser atacados a qualquer momento, o que dá ao filme uma energia diferente.”

“Harry, Hermione não têm mais um lar,” nota Emma Watson, que retorna para o papel de Hermione Granger. “Eles estão sempre em movimento e, pior, estão sendo caçados, então eles não sabem em quem confiar. Mas pressão em alta, então eles têm de ser corajosos.”

Na verdade, a pressão nunca foi tão grande, agora que os destinos do mundo mágico e do mundo trouxa estão em suas jovens mãos. Tendo descoberto o segredo da imortalidade e poder de Voldemort, Harry está numa missão em busca das Horcruzes: itens em que o Lorde das Trevas escondeu pedaços de sua própria alma. Mesmo se apenas uma restar, Voldemort nunca poderá ser derrotado. Duas das Horcruxes já foram destruídas – o diário de Tom Riddle e o anel que pertencia a Servolo Gaunt, avô materno de Ruddle. Harry e Dumbledore acreditavam que tinham localizado a terceita Horcrux, o medalhão de Salazar Slytherin, mas o objeto na verdade era falso, e o verdadeiro foi roubado por alguém com as iniciais R.A.B.

E as outras…? O problema é que as Horcruxes podem ser virtualmente qualquer coisa ou estarem em qualquer lugar. “Eu não acho que Harry entende quão pouco ele tem para seguir em frente,” Barron diz. “Ele apenas sabe que tem um trabalho a fazer, e que tem que lidar com isso. E Rony e Hermione nunca o abandonariam, então isso se torna uma grande jornada para os três, tanto fisicamente quanto emocionalmente.”

A trilha para as Horcruxes também tem consequências inesperadas para Harry, ao descobrir algumas verdades dolorosas sobre o passado de Dumbledore. A revelação de que seu adorado mentor e professor, uma vez, teve mais em comum com Voldemort do que Harry jamais imaginou faz o jovem bruxo começar a duvidar de suas próprias crenças no homem que ele respeitou tanto.

“Quanto mais Harry descobre coisas que ele não sabia sobre Dumbledore ou que ele sente que coisas foram escondidas dele, mais sua confiança é corroída,” Radcliffe relata.

“Isso se tornou uma crise de fé para Harry,” Yates confirma. “O torna isso duplamente difícil para ele é que Dumbledore deu-o esse missão sem um plano claro – ou mesmo qualquer ideia – de como cumpri-la, o que está pondo seus amigos em perigo. Isso leva a um verdadeiro teste da relação deles, o que é outro elemento interessante da história.”

“Eu sempre acreditei que, para toda a magia e ação e aventura nas histórias de Harry Potter, no coração, é sobre essas persongens,” Heyman enfatiza. “No filme, a relação deles está mais complexa do que nunca, e ao explorá-los mais profundamente, Dan, Rupert e Emma estão melhores do que nunca.”

Yates concorda, acrescentando que Radcliffe, Grint e Watson sentiram um forte senso de responsabilidade para com os papeis que interpretaram por quase metade de suas vidas. “Eles sabiam intuitivamente como suas personagens responderiam à certas coisas, frequentemente melhor do que nós sabíamos. Amo isso neles. Como diretor, foi maravilhoso trabalhar com eles, porque houver vezes em que eu não estava apenas conversando com o ator; eu estava na verdade conversando com a personagem.”

NENHUM LUGAR É SEGURO

O trio aparata na Avenida Shaftsbury no coração do agitado Piccadilly Circus de Londres e o distrito do teatro West End (teatro West End é um termo popular para os principais atores que encenam nos grandes teatros de Londres). A cena foi filmada no próprio local, em que Watson diz que foi “surreal. Foi incrível ver o tráfico parado em uma das ruas mais movimentadas de uma das maiores cidades do mundo.”

Embora a filmagem tenha terminado na madrugada, centenas de fãs conseguiram dar uma olhada no elenco. “O fãs foram sensacionais,” Heyman declara. “Eles não interferiram e realmente entraram no espírito da coisa. Filmar em um local movimentado não foi sem desafios, mas também foi ótimo.”

Yates concorda. “Foi na verdade muito tocante que havia tanta gente lá fora por tanto tempo naquela hora da noite. Foi uma coisa maravilhosa.”

Em uma aprovação do recente trabalho de Radcliffe nos palcos, os astutos cinéfilos podem notar um pôster de “Equus” na parede do café onde o trio brevemente para se reagrupar-se. Mas seu descanso é de pouco tempo, pois eles quase caem em uma emboscada. Caçados em ambos os mundos bruxo e trouxa, eles vão para o único refúgio que Harry consegue pensar: Lardo Grimmauld, número 12, a casa ancestral da família Black, assim como a antiga sede da Ordem da Fênix.

O set do Largo Grimmaul foi construído para o quinto filme já tinha sido desmontado há tempos, então teve de ser recriado, mas dessa vez fizeram-no parecer mais velho e empoeirado, e abandonado. A decoradora do set Stephenie McMillan diz, “Nós queríamos manter a impressão de que é uma casa muita alta e estreita, mas também adicionamos espaço à ela, como por exemplo a sala de estar. Todos os quartos foram revistados e tudo está coberto em pó, porque a casa não tem a Sra. Weasley para mantê-la limpa.”

Debaixo das teias de aranha e da poeira restam memórias de amigos e família, incluindo do padrinho de Harry, Sirius Black, como também as do irmão de Sirius, Régulo Arturo Black. R. A. B.

Os três mal fazem essa conexão crítica quando descobrem que não estão sós. Espiando das sombras está o elfo doméstico Monstro, que é forçado a divulgar uma informação vital da localização do genuíno medalhão Horcrux. Monstro também traz um reencontro com um velho amigo: Dobby, o elfo que deve sua liberdade a Harry Potter.

Trazer os elfos à vida envolveu uma combinação de efeitos visuais e performances humanas de Toby Jones, como Dobby, e Simon McBurney, como Mostro. O supervisor de efeitos visuais Tim Bruke explica, “Dobby e Monstro têm de ser personagens distintas, e gravar com atores reais ajudou-nos a realizar isso. Nós filmamos Toby e Simon atuando seus papeis e então usamos suas performances faciais como referência para transmitir toda a emoção e personalidade que eles entregaram para suas pequenas personagens animadas.”

“David (Yates) e Tim são ótimos colaboradores e foram acima e além para me ajudar a enriquecer a personagem além de apenas linhas,” Jones diz. “Dobby sempre teve uma vulnerabilidade e humildade, e acho que isso o tornou querido para o público. Isso também se encaixa com a hierarquia estabilizada nos livros de J.K. Rowling. Dobby, em termos de tamanho e autoridade, está muito baixo nessa escala hierárquica, mas isso não está relacionado com seu nível de coragem ou lealdade ou sua capacidade para o bem.”

Graças a Dobby e Monsto, Harry, Hermione e Rony informam-se de que o verdadeiro medalhão esá em posse de uma Dolores Umbridge, que agora é a chefe do Comitê de Registro de Nascidos-Trouxa do Ministério da Magia.

Imelda Staunton diz que estava excitada por estar de volta ao rosa para a parte que ela denomina “deliciosa,” acrescentando, “Dolores ama aproveitar o máximo do pouco poder que ela pensa ter, o que significa exonerar essas pessoas que não são verdadeiros bruxos e bruxas, porque o mundo será um lugar melhor sem eles. Ela se considera pura e certa e adequada e não tem nenhuma tolerância para qualquer coisa menos. Sua mente é fechada; não há compaixão nem alma nem coração.”

Dolores Umbridge tem apenas um esquema de cores na vida, então a designer Jany Temime vestiu Staunton, da cabeça aos pés, em roupas cor de rosa. Similarmente, Stuart Craig refere-se a seu escritório como “outro ensaio de rosa.”

O resto do Ministério mantem os elegantes corredores pretos com azulejos em que Craing originalmente baseou em uma velha estação de metrô de Londres. A mudança mais significativa foi no átrio, onde no centro está uma estátua imponente, mostrando a supremacia dos bruxos sobre os trouxas esmagados debaixo deles, e esculpida com as palavras “Magia é Poder.”

Mas há uma mudança mais insidiosa no Ministério. Uma atmosfera de opressão paira sobre tudo, enquanto os bruxos do bem fazem seu melhor para evitar serem notados. Guardas uniformizados e mercenários, conhecidos como caçadores de recompensa, estão em constante busca por aqueles considerados “Indesejáveis.”

Contudo, a fim de recuperar a Horcrux, Harry, junto de Rony e Hermione, terá de se arriscar indo para o Ministério, embora possa ser incrivelmente difícil para Harry, que tem seu rosto em cartazes de Procurado, chamando-o de “Indesejado #1”. Com a ajuda de um pouco de Poção Polissuco, o trio assume as três identidades mais inofensivas de Alberto Runcorn, Reg Cattermole e Mafalada Hopkirk e invadem território inimigo.

Pelo tempo em que eles acham o medalhão – pendurado no pescoço de Dolores Umbrigde – seus disfarces estão começando a dissolver. Sem tempo disponível, os três vão para a ofensiva, apanham a Horcrux, e fogem.

A FLORESTA DAS ÁRVORES

Enfim, Harry tem a posse da terceira Horcrux, mas a sua grande presença teve consequências inesperadas para os três melhores amigos, que dividiram um vínculo indestrutível… até agora.

Por definição, uma Horcrux é um pedaço da maléfica alma de Voldemort, então, a sua presença prende e intensifica as emoções negativas de qualquer um perdo dela. Radcliffe revela, “Se alguém está a usando, o efeito é que a pessoa sentirá é raiva e paranóia, e ela irá ficar um tanto horrível, para resumir”.

Para piorar a situação, quando os jovens bruxos tentam destruí-la, a Horcrux é imune aos seus feitiços. “Eles deduziram que a Horcrux pode ser destruída pela espada de Grifinória, a qual, certamente, está perdida” diz Radcliffe.

Rony, especialmente, parece ser mais sucetível aos poderes da Horcrux. Grint relata “ É um momento tenso, porque eles estão sozinhos e Rony está preocupado com a sua família e frustrado com o pouco progresso que tiveram. Mas o medalhão aumenta todos os seus sentimentos. E, devido a isso, ele também acha que algo pode estar acontecendo entre Harry e Hermione. E isso leva à uma intensa discussão entre Rony e Harry onde os dois explodem de raiva”.

David Barron diz, “Eles nunca estiveram tão sozinhos do jeito que estão na parte 1 de “As Relíquias Da Morte”. Eles sempre tiveram proteção de alguém, de alguma maneira, não importa o quão minímia fosse. Quando eles estão separados de todo mundo e em perigo mortal o tempo inteiro, o triunvirado de Harry, Rony e Hermione é mais fácil de ser separado, especialmente quando eles estão sendo influenciados pelas forças malignas de Horcrux”.

Completamente isolados em uma clareira, eles têm proteção e abrigo, graças ao talento de Hermione. Antes de deixarem a Toca, ela usou um feitiço extensivo para transformar a sua pequena bolsa de contas em um notável abismo sem fundo, contendo cada necessidade, desde roupas limpas até livros, um rádio, e até uma barraca de acampamento. “Toda mulher iria amar a bolsa da Hermione, porque você pode carregar tudo o que precisar ou desejar e não iria pesar nada” Watson ri. “Ela é muito esperta, aquela sempre muito preparada, sempre um passo a frente”

Ainda assim, Hermione está despreparada para a briga que irrompe entre Rony e Harry. Quando Rony acaba deixando eles, ela fica de coração partido. Watson atesta “ Ela está devastada e se sente abandonada. O ciume de Rony e as acusações também traíram a confiança dela”

Deixados sozinhos, Harry e Hermione dividem um momento que Yates diz “acaba aproximando a relação deles. Steve (Kloves) e eu queríamos fazer uma cena sem palavras, a qual mostrasse o quão próximos eles são. Hermione está perturbada com a partida de Rony. Tem música no rádio, então Harry tenta aliviar a dor dela fazendo algo que jovens comuns fazem: Dança. É o que você pode fazer por um amigo, e Dan e Emma fizeram a cena delicadamente e com muitos movimentos.

As cenas iniciais da floresta foram filmadas aos arredores de Burnham Beeches, em Buckinghamshire. Na hora de projatar a tenda, Craig queria que o exterior fosse simples, triangular, uma barraca para dois. Magicamente, no entando, o interior não é tão modesto, com múltiplos aposentos mobilhados, Stuart Craig menciona “ Eu tenho que dar crédito a Eduardo Serra, que fotografou a tenda perfeitamente. A iluminação estava linda e levemente variada do dia para a noite e de estação para estação. É incrível a riqueza e aproveitamento visual que você pode tirar de alguns lençóis de lona.

ONDE TUDO COMEÇOU

A busca de Harry se expandiu das Horcruxes para as maneiras de destruí-las. Qual lugar melhor para encontrar a espada de Godric Gryffindor do que o lugar de nascimento do próprio dono, Godric’s Hollow? Mas Hermione adverte que qualquer lugar que signifique alguma coisa para Harry pode ser um lugar no qual o Lorde das Trevas deve esperar que ele vá.

“Godric’s Hollow é onde Harry nasceu e também onde seus pais foram mortos,” observa Yates. “E descobriu recentemente que Dumbledore também viveu lá, algo que ele não sabia. Portanto há uma verdadeira confluência de motivos para ir até lá: estrategicamente, ele acha que poderia haver algo naquele lugar que poderia ajudá-los em sua missão e, emocionalmente, ele precisa voltar.

O cenário para a vila foi projetado num estilo Tudor e construído no Pinewood Studios. Craig diz: “Ele tem a aparência emplastrada, de madeira e tijolo que é diferente do que fizemos antes, então eu estava muito satisfeito em adotá-lo como o estilo de Godric’s Hollow. Pinewood tem um jardim esplendido – parte da propriedade original antes de ter se tornado um estúdio – com uma magnífica e antiga árvore de cedro. Decidimos construir toda a vila em torno dessa árvore.

Sob os ramos do cedro, Harry e Hermione vêem o cemitério onde os pais de Harry estão enterrados. Parado em seus túmulos pela primeira vez, ele é dominado pela emoção. “Existe uma verdadeira dicotomia dentro de Harry” diz Yates “Estar diante dos túmulos dos pais é o mais perto que ele chegou de algo palpável deles, e isso ainda traz para casa a realidade de suas mortes”.

Entretanto, algo mais chamou a atenção de Hermione, uma lápide com um estranho símbolo: um círculo num triângulo com uma reta atravessando-o. Antes que ela possa mostrar a Harry, contudo, ela sente que estão sendo vigiados. Surpreendentemente, a figura que emerge da escuridão é uma velha e frágil mulher, que os chama para segui-la.

Harry logo suspeita que ela seja Bathilda Bagshot (Hazel Douglas), autora de História da Magia. Ele vai junto com ela, acreditando que ela poderia ser uma fonte inestimável, não apenas em relação aos paradeiros da espada mas também em relação aos segredos familiares do homem que ele pensava conhecer tão bem: Professor Dumbledore.

A casa de Bathilda é tão velha e gasta quanto ela, mas há coisas piores descansando sob a confusão. Os avisos de Hermione se provaram mais terrivelmente exatos do que os piores pesadelos de Harry, e eles são forçados a fugir sem obter as respostas que procuram.