As Relíquias da Morte ︎◆ Parte 1

Lembrol: Faltam 76 dias para Relíquias da Morte parte I!

Rony Weasley e o Desiluminador

Dumbledore está morto. Vi acontecer, vi o corpo. Ele partiu para sempre. Mas, seja como for, o Patrono dele era uma fênix, não uma corça.

Mas os Patronos podem mudar, não? – perguntou Rony. – O da Tonks mudou, não foi?

Continue after the AD

É, mas se Dumbledore estivesse vivo, por que não se mostraria? Por que simplesmente não nos entregaria a espada?

Aí você me pegou. Pela mesma razão por que não lhe entregou quando estava vivo? A mesma razão por que lhe deixou um velho pomo de ouro e à Hermione um livro de histórias para crianças?

E qual é a razão? – perguntou Harry, se virando para encarar Rony de frente, desesperado por uma resposta.

Não sei. Às vezes, quando estava meio aborrecido, pensava que ele estava se divertindo ou… ou que queria dificultar as coisas. Mas acho que não, não mais. Ele sabia o que estava fazendo quando me deixou o desiluminador, concorda? Ele… bem – as orelhas de Rony ficaram vermelhíssimas, e o garoto fingiu estar absorto em um tufo de capim a seus pés, que cutucou com a ponta do calçado. – Ele devia saber que eu abandonaria vocês.

Não – corrigiu-o Harry. – Ele devia saber que você sempre iria querer voltar.

Harry Potter e as Relíquias da Morte,
Capítulo Vinte – Xenofílio Lovegood, página 305.
Créditos da Fanart: MudBlood428.com