As Relíquias da Morte ︎◆ Filmes e peças ︎◆ Parte 1 ︎◆ Parte 2

Poderia Harry Potter 7 ganhar um Oscar de Melhor Filme?

Harry Potter e as Relíquias da Morte parte I chegará aos cinemas em 111 dias, em 19 de novembro. A parte II, em 15 de julho de 2011. Enquanto isso, aguardamos ansiosos, lembrando das imagens vistas nos sneak-peeks e trailer e tentando imaginar o filme em sua totalidade.

[meio-2]Após a exibição do material do sétimo e oitavo filmes na Comic Con, com cerca de 5 minutos de imagens, muitas descrições empolgantes do vídeo caíram na internet e lemos diversas declarações de críticos de cinema impressionados com as imagens vistas. E aqui está mais uma.

Continue after the AD

Devin Faraci, do site de cinema CHUD.com (Cinematic Happenings Under Development), escreveu um texto chamado “Comic Con: Harry Potter e a Estatueta do Oscar”, em que especula as chances de “Relíquias da Morte”, parte I ou II, levar um Oscar de Melhor filme, até mesmo em honra a todo o trabalho feito na série Potter, até então. O crítico mostra-se, ainda, profundamente comovido com as imagens vistas na Comic Con.

Você encontra o artigo traduzido em notícia completa. Leia e responda: poderia Harry Potter 7 ganhar um Oscar de Melhor Filme?

HARRY POTTER E AS RELÍQUIAS DA MORTE
Comic Con: Harry Potter e a Estatueta do Oscar

Chud.com ~ Devin Faraci
29 de julho de 2010
Tradução: Eduardo Ferreira e Flávio Jr.

Assistindo ao trailer estendido de Harry Potter e as Relíquias da Morte na Comic-Con no sábado, um pensamento ocorreu em minha mente – poderá esse filme levar Harry Potter ao Oscar?

A série já competiu em algumas categorias, no passado, mas nunca o fez na categoria de Melhor Filme. O que é entendível, já que eu não sei se algum dos filmes seria merecedor. Houve alguma discussão sobre Enigma do Príncipe, especialmente quando a categoria abriu espaço para dez filmes, mas não chegou a acontecer. Mas, agora, Relíquias da Morte parece ser bem diferente de todos os outros e eu imagino se a vez da série Potter chegou.

O que é mais impressionante nas imagens apresentadas na Comic-Con é a atitude visionária e grandiosa, contrastada com a emoção. Tudo o que vimos nos filmes da série, mas não é como outro qualquer. Parece incrível e épico. O diretor David Yates mudou o aspecto cinematográfico do filme nas cenas da primeira parte, criando uma atmosfera instável ao redor de Harry, Rony e Hermione enquanto eles estão em fuga. E além disto, na maioria das cenas percebemos um tom negro, cru e melancólico. Há força nas imagens e na finalidade. Yates inseriu um senso de perigo que não foi percebido nos outros filmes porque eram muito simples e não eram o final. É adulto, mas compatível com a evolução da série.

Me aprece que estas duas partes serão as melhores da série. Mas e quanto ao Melhor Filme? Não tendo visto os filmes, não posso atribuir mérito algum, mas posso atribuir grandes questões. Nunca houve uma série parecida com a série Harry Potter. São uma versão de aventura fantástica da série Up de Michael Apted, e são um puro triunfo! Não somente manteve o mesmo elenco, permitindo que os jovens atores crescessem com seus personagens, é realmente a série em que os filmes vão ficando melhores do que os anteriores foram. É o inverso do padrão das continuações de filmes, e tem sido inspirador assistir uma série popular, cultural, que mantém o nível de qualidade filme a filme, e ainda tentando se superar a cada película. Você pode dizer qual filme da série é o melhor ou seu favorito, mas a realidade é que nenhuma parte 6 de uma série foi tão bem feita quanto Enigma do Príncipe. É extraordinário.

Aí está um grande motivo para honrar um dos dois últimos filmes com um lugar entre Os Dez Indicados a Melhor Filme. Lembre-se, o Oscar de Melhor Filme vai para o produtor e a Academia poderia muito bem querer honrar os produtores dessa série pelo que eles realizaram. É como o Oscar de “O Retorno do Rei” – não tenho certeza de que eles deram-no àquele filme pelo filme, porque acho que o premiaram pela trilogia. Um Oscar (ou apenas uma indicação – já que acho que, a menos que Relíquias da Morte realmente surpreenda, o filme não tem chances reais de vencer) para um dos dois últimos filmes não seria apenas pelo filme indicado, mas pela série, em sua totalidade.

Mas há obstáculos no caminho. A Academia não gosta de continuações. A Academia é um pouco preconceituosa com filmes do gênero. E ainda que essas coisas possam ser vencidas (a Warner Bros. já está vendendo os filmes como o ápice de uma saga, que garante mais prestígio do que apenas mais uma continuação), a dúvida de qual filme levaria a honra complica as coisas. O primeiro filme [Relíquias da Morte parte I] terá uma grande quantidade de carga emocional e soará bastante diferente dos filmes anteriores da saga Potter. No material exibido na Comic Con, nós vimos Rony e Harry brigando, já que a pressão de estar em fuga corrói a relação dos dois, e nós vimos nossos heróis lutarem contra bruxos das trevas em um restaurante de estilo trouxa. Este é o filme que, provavelmente, parecerá quase experimental, quando colocado contra o resto da série, com um pacote emocional sombrio e com um foco mais áspero. Então há a parte II, que aparenta ser imensa e contrabalançando emoção com um espetáculo arrasador.

Ainda que a Academia não acorde do seu sono geriátrico para reconhecer um dos maiores e mais populares triunfos cinematográficos, os fãs ficarão mais do que satisfeitos. Os dois últimos filmes parecem ser tão grandiosos e animadores quanto temos esperado. Eu fiquei agitado e profundamente comovido pelos poucos minutos que eu vi no Hall H [em que ocorreu a exibição de Harry Potter na Comic Con]; Mal posso esperar para ver quão profundamente os filmes, em sua total extensão, irão me emocionar.