Filmes e peças

Edwiges e Errol ajudarão crianças com autismo

O Mugglenet noticiou um fato curioso: as corujas que representaram Edwiges e Errol em Harry Potter e a Pedra Filosofal agora poderão ajudar crianças portadoras de autismo e de uma desordem causadora de Déficit de Atençäo e Hiperatividade.

[meio-2]Ruth Hickling é a dona do “Owl and the Pussycat Centre” (algo como Centro das Corujas e Gatinhos), que reúne aves, cachorros e gatos. A fundadora do centro espera que as corujas de Harry Potter, junto com os outros animais do abrigo, possam dar ajuda terapêutica a crianças com alguns distúrbios psicológicos e psiquiátricos, que resultam em déficit de aprendizado.

CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE

Sobre as novas e famosas aves do seu centro, Hickling diz:

“Inicialmente, nós não sabíamos que elas eram as corujas do filme. Foi uma grande surpresa quando descobrimos. Elas são aves lindas. O dono anterior tinha assinado um contrato com a produtora dos filmes para tornar confidencial a identidade das corujas. Nós não assinamos nada, então temos permissão de falar sobre elas”.

O centro ainda não está aberto para público, mas, em breve, os visitantes locais poderão chegar bem perto de Edwiges e Errol.