Não categorizado

Watson fala sobre fama, estudos, moda e fim de HP

O jornal Daily Express divulgou em suas páginas uma entrevista com a atriz Emma Watson, durante a qual a jovem fala sobre a decisão de largar sua vida em Londres para estudar nos EUA, sua vida dentro da moda e, logicamente, no mundo de Harry Potter.[meio-2]

Emma parece estar receosa frente à proximidade do fim da série.

CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE

Eu estarei… incontrolável. Foi metade de nossas vidas. Nos fez, nos formou. É uma parte tão grande da minha vida, então vai ser realmente triste.

E ainda está decidindo se vai continuar atuando.

Eu apenas quero ter certeza de que é o que quero. Eu era tão jovem e não acho que realmente conhecia a grandiosidade do que estava me comprometendo a fazer. Eu realmente quero estudar. Eu adoraria tentar fazer teatro. Preciso testar as coisas. Mas digo isso agora, tenho certeza de que estarei aqui em 10 anos, fazendo o Harry Potter 30.

A tradução na íntegra se encontra, como sempre, em notícia completa!

EMMA WATSON
Garota de Ouro

Daily Express ~ Peter Sheridan
07 de fevereiro de 2010
Tradução: Letícia Vitória
Revisão: Rodrigo César

Aos 19 anos Emma Watson é a estrela de Hollywood mais bem paga, mas ela prefere ser uma estudante universitária e não tem certeza se vai querer atuar novamente.

Apenas uma varinha mágica poderia ter dado um jeito na primeira tentativa de Emma Watson de fazer uma janta no ano passado. Com seus convidados a poucos minutos de sua casa, sua pequena torta estava metade pronta e não assada. Nem mesmo uma vassoura estava à mãos para levá-la rapidamente ao super mercado mais próximo para uma rápida refeição pronta. “Eu tive que abandonar tudo,” ela diz. “Foi um desastre.”

Se essa crise culinária tivesse acontecido em uma mansão de uma grande estrela em Beverly Hills, um chefe contratado seria escravizado pelo fogão. Em vez disso, se passou em um apartamento em Londres de uma estudante de 19 anos agora em seu primeiro ano em uma universidade na América, que não é nada mais, nada menos do que a atriz mais bem paga do cinema.

Emma Watson – mais conhecida por milhões de fãs de Harry Potter ao redor do mundo como uma bruxa praticante e estudiosa chamada Hermione Granger – desde então se mudou para um pequeno apartamento em Providence, Rhode Island, perto da Universidade Brown, onde ela começou a estudar em setembro passado.

Ela foi graças ao pagamento recebido por aparecer nas duas partes finais da série Harry Potter, baseadas no último livro de J.K Rowling, As Relíquias da Morte, que se tornou mais bem paga do que Angelina Jolie, Sandra Bullock, Jennifer Aniston, Sarah Jessica Parker e muitas outras atrizes de Hollywood, recebendo 20 milhões de libras.

Ela também está no livro Guinness de Recordes Mundiais como a atriz que recebeu o maior pagamento em salário bruto da década depois de os seis filmes de Harry Potter terem rendido 3,5 bilhões de libras, mas a adolescente de Oxford, que mal saiu do colégio depois de 10 anos fazendo a colega do bruxo, diz: “Eu espero que não leve muito tempo até eu ser conhecida como ‘Emma Watson, a estudante do Reino Unido’, ao invés de ‘Emma Watson, que estrelou nos filmes de Harry Potter’.”

Tendo passado mais da metade de sua vida crescendo no aquário de peixes dourados do estrelato cinematográfico, fazendo a maior parte dos seus estudos com um tutor nos sets de filmagens, ela admite: “Alguns dias eu desejo que a minha vida fosse mais simples. Por um lado é difícil crescer dentro de um filme. Eu vivi um período da minha vida que é cheio de lições e mudanças sob os holofotes”.

“As pessoas tem um sentimento estranho de que me conhecem intimamente porque eles viram minha transformação de uma criança em uma mulher, apesar de ter sido apenas nas telonas.”

Nas telonas ela é a Hermione, hábil, séria e leal. Fora de cena nós a vimos desabrochar em uma mulher linda, estilosa, sofisticada, que se gaba por ter uma grande amizade com o designer da Chanel, Karl Lagerfeld e recentemente virando o rosto da Burberry.

Mas sua vida em Rhode Island está suprindo uma necessidade. “Eu provavelmente devo parecer com uma maluca paranóica, mas eu estou fazendo isso porque eu quero ser normal,” diz a atriz que abandonou amigos de infância, deixou de dormir na casa de amigos e abandonou clubes e bebidas pela fama. “Eu realmente quero anonimato.”

Em Londres no ano passado ela deixou seu lar e se mudou para um apartamento em uma casa com terraço que ela compartilha com uma amiga. Procurou uma experiência similar nos EUA.

Daniel Radcliffe, seu co-ator em Potter pediu que ela não fosse viver em um dormitório de universidade com uma colega de quarto desconhecida, mas ela ignorou seu conselho e se mudou com uma garota chamada Sophie. “Eu quero fazer isso direito, como todo mundo,” ela diz. “Contanto que eu não entre no lugar e veja pôsteres de Harry Potter por todos os lados, ficarei bem.”

Ela está estudando Literatura Inglesa e Arte, acrescentando aulas de Geologia no último período letivo e aprecia a visão americana de estudar uma variedade de áreas ao invés de seguir estreitamente uma disciplina como no Reino Unido.

“Na América você é encorajado a ser amplo e escolher muitas matérias diferentes,” ela diz. “Para alguém que perdeu tanta escola quanto eu, voltar atrás e descobrir o que mais há lá é o que preciso. Eu sempre amei escola. Eu era bem, bem nerd. Eu só quero isso de volta.”

Aos seus olhos, Emma está crescendo e não apenas da maneira quente, sensual que é projetada nas páginas da Vogue Italiana e em capas de revistas ao redor do mundo. Ela tirou um ano de folga antes de ir para a faculdade, durante o qual ela foi para o México para ver as Ruínas Maya, visitou Cuba e fez festas nos lugares quentes de Londres. Seu namorado vai-e-vem, o financista Jay Barrymore, já foi visto no Campus, mas lá dentro alguns se perguntam se seu romance irá durar enquanto ela se foca nos estudos e conhece outros estudantes. “Ser famosa complica um pouco mais as coisas,” ela admite. “Eu acho que alguns garotos se sentem intimidados por mim e ficam na sua.”

As esperanças de permanecer anônima em Brown tiveram vida curta. Ela mal esteve lá, por um mês, quando foi a um jogo de futebol contra a Universidade de Harvard e se viu sendo perseguida por estudantes de Harvard nas arquibancadas.

Ela faz seu melhor para se enturmar, até se vestiu com macacões de bermuda e camiseta ou blusões largos. Mesmo assim ela tem mais do que um interesse passageiro em moda. Há alguns anos ela tem marcado presença em desfiles de primavera de designers e desenhou uma linha de roupas para a marca People Tree. Ainda assim ela diz: “Eu não tenho planos de ser uma estilista. Eu estou fazendo isso porque eu realmente me importo com moda ética e de comércio justo.”

Seu cargo como o rosto da Burberry, que continua até julho, pôs as vendas nas alturas enquanto capas de chuva e bolsas de mão voavam das prateleiras depois que ela apareceu. Mas ela diz: “Eu não compro coisas de estilista. Eu tenho algumas coisas legais, mas eu não tenho tantas ocasiões assim para usar muita alta costura. Quando estou em uma situação onde eu realmente preciso me vestir bem normalmente me emprestam algo, o que significa que eu tenho que devolver à meia noite, como a Cinderela.”

Em casa, no Reino Unido ou na América ela fica igualmente confortável nas avenidas da França, tendo nascido como Emma Charlotte Duerre Watson em Paris, onde ela viveu até os cinco anos de idade com seus pais advogados que se divorciaram.

Ela tinha nove anos de idade, na escola Dragon em Oxford, quando ela e várias outras colegas foram escolhidas para fazer uma audição em uma busca nacional por Hermione. Depois de seis meses e oito rodadas de testes ela foi selecionada para atuar como um dos personagens mais adorados da literatura contemporânea. Apesar de uma agenda agitada de filmagens ela conseguiu tirar notas A em seus quatro níveis-A.
Escapando dos braços de Potter, estrelou em “Dançando para a Vida”, um drama da BBC em 2007 e fez a voz da Princesa Pea na animação “O corajoso ratinho Desperaux”, mas apesar de recentemente ter dito “Eu não quero atuar novamente”, ela ainda não pode desistir.

Os produtores de Potter agendaram as filmagens de um jeito que ela pudesse ir à faculdade e filmar as cenas que restam durante suas férias. O último dia de filmagens de Harry Potter se aproxima, no entanto.

“Eu estarei… incontrolável,” ela diz, imaginando o último dia nos sets de filmagens. “Foi metade de nossas vidas. Nos fez, nos formou. É uma parte tão grande da minha vida então vai ser realmente triste.”

Emma ainda está decidindo se continuará atuando. “Eu apenas quero ter certeza de que é o que eu quero. Eu era tão jovem e eu não acho que realmente conhecia a grandiosidade do que eu estava me comprometendo a fazer. Eu realmente quero estudar. Eu adoraria tentar fazer teatro. Eu preciso testar as coisas. Mas eu digo isso agora, eu tenho certeza de que estarei aqui em 10 anos, fazendo o Harry Potter 30.”

No final do último roteiro de Harry Potter fala de um epílogo que se passa mais de 20 anos no futuro, mostrando Harry, Rony e Hermione adultos.
“Vamos parecer ter 40 anos,” ela disse, com a Parte 1 tendo lançamento marcado para Novembro e a Parte 2 para Julho de 2011. “Eu mal posso esperar para ver isso.”

Por enquanto ela está feliz em se concentrar nos seus estudos e, na maior parte do tempo, deixar que outros cozinhem.