O Enigma do Príncipe

Revista ‘The Mag’ entrevista atores de Harry Potter

Em virtude do lançamento do DVD de Enigma do Príncipe nos Estados Unidos semana passada, a revista The Mag divulgou uma matéria que consta de várias entrevistas curtas com alguns atores da série, como Jessie Cave, Tom Felton, Bonnie Wright, os gêmeos Phelps e Dave Legeno.
Jessie, intérprete de Lilá Brown, afirma que sua personagem retornará em Relíquias da Morte e que terá participação na Batalha de Hogwarts. Sobre o beijo em Rony, no sexto filme, diz:

Foi muito estranho… Era o meu terceiro dia de gravações e tive que mergulhar num abismo sem fim. Tinha tanta gente na sala. Então foi meio que assustador, por causa das pessoas, dos sets e tudo o mais. Mas assim ficou mais fácil de fingir que eu pertencia àquele mundo por um minuto, então também foi engraçado.

Tom Felton diz que um homem já o confundiu com o personagem Draco e lhe propôs algo bastante inusitado:

CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE

Não quero ser mal, mas existem algumas pessoas que não enxergam a diferença entre a realidade e o filme. Havia um homem que mudou seu nome na justiça para Lúcio Malfoy e queria me adotar. Ele me mandou o formulário de adoção e queria que eu mudasse meu nome para Draco para podermos viver juntos!

Bonnie Wright revela que, como fã, está ansiosa para conhecer o parque temático de Harry Potter:

Acho que a ideia é que seja diferente de quando você vai à Disney e vê o Mickey Mouse… Vai ter bruxos, dragões e outras experiências diversificadas.

Você pode ver os scans da revista neste álbum e ler a entrevista na íntegra em notícia completa.

JESSIE CAVE, TOM FELTON, BONNIE WRIGHT,
OLIVER E JAMES PHELPS, DAVE LEGENO
Hogwarts fala!

Revista THE MAG
Dezembro de 2009
Tradução: Renan Lazzarin

Para celebrar o lançamento de Harry Potter e o Enigma do Príncipe em DVD e Blu-ray, a THE MAG foi convidada para conversar com alguns atores de Harry Potter sobre suas experiências durante a produção do sexto filme.

Jessie Cave (Lilá Brown)

Foi estranho entrar numa série pré-estabelecida na qual os atores cresceram juntos?
Sim! Foi muito estranho porque eu os via nos filmes e lia os livros desde pequena… Não tem como deixar de imaginá-los como seus personagens, sabe? Mas quando os conheci foi algo muito tranquilo e percebi que, na verdade, eles são bem normais. Quer dizer, são tão normais quanto alguém que cresceu num tipo de ambiente como esse pode ser, mas todos me adoraram. Foram muito simpáticos; foi uma experiência incrível.

Como foi beijar Rony?
Foi muito estranho… Era o meu terceiro dia de gravações e tive que mergulhar num abismo sem fim. Tinha tanta gente na sala. Então foi meio que assustador, por causa das pessoas, dos sets e tudo o mais. Mas assim ficou mais fácil de fingir que eu pertencia àquele mundo por um minuto, então também foi engraçado.

Enquanto lia os livros de Harry Potter, você se imaginava como o personagem?
Definitivamente não – foi o contrário! Na verdade eu li Enigma do Príncipe cerca de seis meses antes de ser chamada para fazer os testes. Quando li o livro pela primeira vez, eu definitivamente não gostava de Lilá. Eu a achava muito irritante. Quando o li novamente, me pus encarnando a personagem na minha mente e, de repente, percebi que ela simplesmente tinha essa atração enorme por um rapaz e que ela era meio que jovem e tinha os hormônios à flor da pele. Ela também fica de coração partido, então agora tenho mais empatia em relação a ela, diferente de antes, quando a odiava.

Você já agarrou um pretendente?
Não, mas já tentei! Não tive tanto sucesso quanto Lilá. Lembro de ter essas atrações enormes por garotos na escola. Teve uma vez em que encontrei a tabela de horários de um deles e fiquei literalmente seguindo o garoto com minha amiga… costumava passar pela janela achando que ele me veria! Que patético! Não me vejo repetindo isso.

Você vai estar no próximo filme?
Sim, vou estar na parte dois. É ótimo, porque logo voltarei.

Você está envolvida naquela cena da batalha?
Acho que sim. Não tenho certeza se posso dizer muita coisa sobre o que acontece no último filme, mas com certeza estarei lá. Estou ansiosa para ver como vão retratar a batalha.

Como foi encontrar JK?
Na verdade, ainda não me encontrei com ela. Eu a vi na leitura do roteiro, que foi numa mesa como essa… Adoraria conhecê-la algum dia. Espero que tenha feito jus a Lilá. Mas uma borboleta entrou na sala e pousou no roteiro dela; depois, veio e pousou no meu e eu pensei (suspiros)… Então, sim, tenho muito respeito em relação a ela. Estou muito empolgada para ver os especiais do DVD sobre quando ela estava escrevendo Relíquias da Morte.

Você já entrou na internet e viu o que as pessoas falam de você?
Infelizmente, sim. Digitei meu nome e apareceram todas essas fotos minhas na mesma pose! Fiquei muito envergonhada. Não sei como foram parar lá… mas não vou fazer isso de novo. Jamais. Mas minha família já fez isso; fiquei muito envergonhada.

Qual foi a coisa mais estranha que você leu sobre si mesma na internet?
Que pratico ginástica rítmica. É óbvio que não sou uma ginasta. Foi engraçado.

Tom Felton e Bonnie Wright (Draco Malfoy e Gina Weasley)

As pessoas já confundiram você com Draco na vida real?
Tom:
Sim. Não quero ser mal, mas existem algumas pessoas que não enxergam a diferença entre a realidade e o filme. Havia um homem que mudou seu nome na justiça para Lucius Malfoy e queria me adotar. Ele me mandou o formulário de adoção e queria que eu mudasse meu nome para Draco para podermos viver juntos!
Bonnie:Felizes para sempre.
Tom: Por sorte, minha mãe resistiu à oferta e ainda estou em casa. Esse caso foi o mais estranho, mas geralmente as outras pessoas que confundem são legais.

Vocês já leram algo sobre vocês mesmos que não era verdade?
B: Acho que tem muita coisa falsa, apesar de não serem todas maliciosas.
T: Semana passada, eu estava em Crepúsculo. E na próxima, estarei fazendo uma campanha para a Burberry. Até onde eu sei, essas duas histórias são falsas.
B: Quando você lê coisas sobre alguém sabendo que tem coisas falsas é que você percebe as falhas de uma revista. Se você não acredita em algo que dizem de você mesmo e começa a ler sobre Brad Pitt, como você vai acreditar?

Quais são as suas primeiras lembranças de Harry Potter?
T: Uma das minhas lembranças mais antigas foi das audições. Meu primeiríssimo teste, no qual todos fomos atendidos… filas de dezenas de crianças… Emma estava sentada perto de mim. Fizemos o teste, não juntos, e ela também tinha conseguido o papel, então foi algo meio que empolgante. Sempre me pego pensando que se alguém me dissesse naquele dia que ainda conheceríamos um ao outro dali a dez anos e que ainda estaríamos trabalhando juntos, eu não teria acreditado…

O que vocês ouviram sobre o parque de diversões de Harry Potter?
T: Vamos em maio?
B: Estou muito ansiosos para ver como está indo… Eles estão fazendo, então, como fã dos livros, fico com vontade de ir lá e ver… Acho que a ideia é que seja diferente de quando você vai à Disney e vê o Mickey Mouse… Vai ter bruxos, dragões e outras experiências diversificadas.

James e Oliver Phelps (Fred e Jorge Weasley)

Vocês percebem alguma grande diferença entre os fãs norte-americanos e os britânicos?
Oliver:
Todos os fãs de Harry Potter são basicamente iguais… Mas uma diferença dos fãs norte-americanos é provavelmente a de que são mais sociáveis… Nunca tive nenhuma experiência ruim com algum deles.

Vocês conseguiram levar alguma lembrança da loja de logros?
James:
É, bem, algumas acabaram parando na minha mochila. Estávamos viajando para promover Enigma do Príncipe pela Europa quando eu tirei meu laptop da pasta no aeroporto e encontrei uma Vomitilha. O cara que trabalhava lá ficou perguntando, “O que é isso? Por que você está com isso?” Então falei “Você não acreditaria se eu dissesse…”, e ele ficou meio chocado quando eu contei.

Os penteados de vocês mudaram bastante durante os filmes. De qual vocês mais gostaram?
O: Na verdade, isso foi meio que um acidente, principalmente em relação ao tamanho que eles atingiram entre o terceiro e o quarto filmes. Foi pura coincidência. Hoje, olhando as fotos antigas, fico pensando em por que… eu achava isso bonito? Mas na época eu me achava ótimo… A cor natural do nosso cabelo é castanho e tiveram que tingi-los de novo há pouco tempo; levou quatro ou cinco horas para que voltasse ao tom laranja… Então acho que ficarei contente quando não precisar mais tingir meu cabelo a cada três semanas.
J: Se teve algo que aprendemos com os filmes, foi como tingir cabelos.

De qual sabor dos Feijõezinhos de Todos os Sabores vocês mais gostam?
J: Eu lembro de quando eles faziam e é sempre como uma roleta russa. Você pega um e pode ser que goste. E não sei de quais eu gosto e de quais não gosto.
O: Acho uma vez que peguei um com pimenta vermelha ou chili, algo bem picante, e tenho de dizer que fiquei revoltado depois de comer aquilo.

É difícil para vocês se reverem nos primeiros filmes?
J: Um pouco. Certamente os dois primeiros. Parece que eles passam na televisão todo Natal. Terminamos de comer a ceia e recebo uma mensagem dizendo, “Hahaha, como você era engraçadinho!”

Dave Legeno (Fenrir Greyback)

Seu personagem é assustador. O que assusta você?
(Risos) Acho que aranhas. Lembro de assistir As Bodas de Satã e isso meio que me assustou. Eu era bem jovem… o filme já era muito mal feito para a época, mas tem uma tarântula gigante que aparece e enche a tela. Você conseguia ver todos os pontos nos quais ela foi costurada.

É estranho ver um boneco de si mesmo?
Um pouco, especialmente quando você percebe que é anatomicamente igual, porque eles usam uma espécie de laser para produzi-lo. Fiquei pensando, ‘será que minhas pernas têm esse formato mesmo?’ E elas têm… mas não fiquei tão contente quando vi. Acho que não fizeram o rosto direito.

Qual dos atores jovens mais o surpreendeu?
Todos, mas provavelmente o que mais me deixou surpreso foi Tom Felton (Draco Malfoy). Bom, digamos que toda a garotada me surpreendeu porque são muito legais. Quer dizer, elas são muito boas e não se deixam levar; são crianças muito centradas. São os adolescentes que mais fizeram dinheiro na história e mesmo assim são decentes, felizes, bem-ajustados. Eles têm sempre boas atitudes, o que é uma surpresa agradável, porque poderia ter acontecido de eles deixarem a fama subir à cabeça e acabar com tudo isso, poderiam ter estragado as suas vidas. Mas são realmente ótimas.