As Relíquias da Morte ︎◆ Filmes e peças

Nostalgia acomete elenco ante proximidade do fim

A série cinematográfica Harry Potter está caminhando lentamente para o seu fim, e alguns fãs estão se dando conta apenas agora do quão próximos estamos do ponto final. Porém, não é somente a nós que a nostalgia está atingindo.Em entrevista à CNN para promover o lançamento do DVD Enigma do Príncipe, o elenco Potter demonstrou sinais de saudade antes mesmo de deixar definitivamente os estúdios. Daniel Radcliffe comentou sobre seu primeiro dia no set na estação ferroviária de Goathland.

Era 29 de dezembro de 2000. Eu, Emma e Rupert tínhamos viajado naquele dia em um microônibus, e nos sentamos no banco de trás – que foi, sem dúvida, influência minha – fingindo que éramos DJs em uma estação de rádio.

CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE

Tom Felton relembrou sua audição e a coincidência que ocorreu naquele dia.

Eu nunca vou esquecer como foi andar por esses corredores maravilhosos pela primeira vez, assim como nós fizemos várias outra vezes desde então. Também me lembro da audição aqui. A loucura sobre a audição foi que, na minha primeiríssima audição – quando eles tinham milhares de crianças aparecendo, dia após dia – Emma Watson estava ao meu lado e nós a fizemos juntos. E eu voltei em duas semanas e ela tinha sido escalada!

E sobre como será o último dia de gravações?

Lágrimas serão derramadas, tenho certeza”, disse Felton. “Lágrimas de alegria e lágrimas de deixar tudo isso para trás também. Sei que estamos todos muito animados para ver o que vai acontecer depois e para onde todos nós vamos. Mas tendo dito isso, acho que a maioria de nós está agora simplesmente tentando apreciar o tempo que nos resta.

Rupert e Dan ainda falaram sobre a animação de poder estar com a agenda disponível para trabalhar em outros projetos. A tradução na íntegra do artigo feita pela nossa equipe vocês conferem em notícia completa!

HARRY POTTER E AS RELÍQUIAS DA MORTE
Astros de Harry Potter voltam o olhar para nove anos de magia

CNN ~ Teo Kermeliotis
09 de dezembro de 2009
Tradução: Daniel Mählmann

Londres, Inglaterra (CNN) – Eles podem ter sido treinados para montar vassouras voadoras e misturar poções, mas a vida após Hogwarts ainda é um enigma para os jovens mágicos da série Harry Potter.

Com as filmagens na última parte da série – “Harry Potter e as Relíquias da Morte: Parte II” – bem encaminhadas, o elenco da franquia com vendas multimilionárias parece obrigado a olhar para trás e refletir seu passeio mágico com nove anos de duração.

“Era 29 de dezembro de 2000”, Daniel Radcliffe, agora com 20 anos, disse à CNN com uma pitada de nostalgia sobre seu primeiro dia no set na estação ferroviária de Goathland, no norte da Inglaterra.

“Eu, Emma Watson e Rupert Grint tínhamos viajado naquele dia em um microônibus, e nos sentamos no banco de trás – que foi, sem dúvida, influência minha – fingindo que éramos DJs em uma estação de rádio.”

Certamente, não muitos dos presentes na primeira filmagem poderiam ter previsto o nível de sucesso sem precedentes de Harry Potter nos anos seguintes.

A série de filmes, cuja sexta parte “Harry Potter e o Enigma do Príncipe” foi lançada em DVD e Blu-ray em 8 de dezembro, tornou-se a franquia de maior sucesso da história, esmagando várias bilheterias recordistas e acumulando bilhões em renda.

Os seis primeiros filmes Harry Potter arrecadaram $5.4 bilhões de acordo com o Livro dos Recordes, tornando-se a franquia de filmes de maior sucesso de todos os tempos.

Espera-se que a marca suba ainda mais alto quando o sétimo capítulo chegar aos cinemas em novembro de 2010, seguido pela oitava e última parte no verão de 2011.

“Eu nunca vou esquecer como foi andar por esses corredores maravilhosos pela primeira vez, assim como nós fizemos várias outra vezes desde então”, Tom Felton, que interpreta Draco Malfoy, o vilão de Harry Potter, disse à CNN.

“Também me lembro da audição aqui. A loucura sobre a audição foi que, na minha primeiríssima audição – quando eles tinham milhares de crianças aparecendo, dia após dia – Emma Watson estava ao meu lado e nós a fizemos juntos. E eu voltei em duas semanas e ela tinha sido escalada!”

Olhando para o futuro, você não precisa ser um bruxo para adivinhar que os sentimentos estarão nas alturas no set Potter quando o diretor David Yates gritar “corta” pela última vez.

“Vai ser muito, muito triste pensar que eu não posso vir aqui todos os dias e trabalhar com meus melhores amigos o tempo todo. Eu passeo 90% do meu tempo aqui rindo todos os dias e é maravilhoso”, disse Radcliffe.

As filmagens de “Harry Potter e as Relíquias da Morte: Parte II” está prevista para terminar em maio de 2010. Ela vai marcar uma importante mudança no capítulo das vidas dos jovens astros da saga.

“Antes desse filme, você nunca realmente pensava sobre a série terminar, você meio que trabalhava como se ela fosse continuar para sempre. Vai ser um grande momento, eu acho, porque a minha infância inteira foi realmente nesse lugar”, disse Rupert Grint, 21 anos, que passou a última década interpretando o amigo leal de Harry Potter, Rony Weasley.

Mas Grint rapidamente enfatiza que está pronto para deixar os portões de Hogwarts para trás e seguir para novos empreendimentos – desta vez sem a ajuda de poções mágicas. “Acho que estou pronto para seguir em frente e ir para o mundo real e ver como é”, ele disse à CNN.

Todos os jovens astros parecem animados sobre o quê o futuro reserva para eles, ajudados pelo fato de que eles têm em seus cintos papeis na maior franquia do mundo.

“Vai ser muito empolgante não ter que dizer, ‘Desculpe, eu não estou disponível para os próximos três anos, você pode esperar?’ se um roteiro fantástico aparecer”, disse Radcliffe, que usou suas férias na atuação de Harry para participar de projetos na Broadway e West End.

O final da série Harry Potter certamente não é o fim da estrada para as estrelas mundiais da saga, embora eles admitam que podem não ficar com os olhos secos quando tiverem que deixar o set pela última vez.

“Lágrimas serão derramadas, tenho certeza”, disse Felton. “Lágrimas de alegria e lágrimas de deixar tudo isso para trás também. Sei que estamos todos muito animados para ver o que vai acontecer depois e para onde todos nós vamos.”

“Mas tendo dito isso, acho que a maioria de nós está agora simplesmente tentando apreciar o tempo que nos resta.”