A Câmara Secreta ︎◆ A Pedra Filosofal ︎◆ Filmes e peças ︎◆ Não categorizado ︎◆ Produtos

Conheça as diferentes versões das Edições Definitivas

Os fãs de Harry Potter sempre se sentem tentados a comprar os boxes e edições especiais dos DVDs da série. Dessa vez, a grande atração criada pela Warner Bros. são as Edições Definitivas dos dois primeiros filmes, Pedra Filosofal e Câmara Secreta.Na intenção de facilitar a escolha dos nossos visitantes na hora de fazer a compra, o nosso crítico de cinema Arthur Melo escreveu uma matéria explicando as diferenças entre as edições Blu-ray e DVD, as versões norte-americana e brasileira, e se vale a pena ou não comprar o produto agora frente ao preço do mercado.

A embalagem do DVD brasileiro, para variar, é inferior à americana. A versão nacional só contém a caixa exterior, uma segunda embalagem para os discos e o livro. A caixinha intermediária estilizada e os dois cards colecionáveis não estão presentes na versão brasileira.

CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE

Confira o texto na íntegra clicando em notícia completa! Mais adiante estaremos publicando uma resenha especialmente sobre os extras, portanto continuem ligados!

Harry Potter: A Pedra Filosofal & A Câmara Secreta – Edições Definitivas
As edições americana e brasileira em DVD e a versão Blu-Ray americana

Potterish.com ~ Arthur Melo
12 de dezembro de 2009

Em 2009, a tão apedrejada pelos fãs Warner Bros. resolveu atender a um apelo deles e lançou o seu maior produto em home vídeo do ano no formato widescreen. Um avanço? Sim, e isto já fora comentado aqui. Para surpresa de muitos, colocou nas prateleiras brasileiras as edições definitivas de Harry Potter e a pedra Filosofal e Harry Potter e a Câmara Secreta em DVD juntamente com o lançamento de tais produtos no mercado norte-americano. O resultado são dois giftsets que viraram alvo de desejo dos fãs. Mas aí surgem aquelas perguntas obrigatórias de quem já comprou os discos duplos (quando estes ainda eram comerciados) ou já tem as versões em Blu-Ray: “os outros filmes terão suas edições definitivas?”; “as versões brasileiras são iguais às americanas e, ainda, possuem o mesmo conteúdo?”; “O que é novo ali?”; “a versão em DVD e em Blu-Ray possuem o mesmo conteúdo?”; “e o preço, vale a pena?”; “devo comprar agora?”. O intuito dessa matéria é responder todas essas perguntas.

1. Os outros filmes terão suas edições definitivas?

De início já dizemos que sim, todos os filmes ganharão suas edições definitivas, cada um com um documentário especial que falará bastante sobre a produção dos filmes. Ao total, serão oito documentários. Os dois primeiros, logicamente, já estão nos atuais boxes: “Criando o Mundo de Harry Potter” Parte 1 (“A Magia Começa”) e Parte 2 (“Personagens”), respectivamente em Pedra Filosofal e Câmara Secreta. As outras seis partes virão nas próximas edições definitivas que ainda não tem data de lançamento prevista (especula-se que as edições de Prisioneiro de Azkaban e Cálice de Fogo serão lançadas próximas ao Natal do ano que vem, logo após o lançamento de Relíquias da Morte – Parte I nos cinemas). É válido que todos saibam que, antes das Edições Definitivas dos demais filmes chegarem às lojas, as versões comuns também chegarão ao mercado, e isso vale para os DVD’s dos dois últimos filmes que encerrarão a saga. Ou seja, os dois filmes de Relíquias da Morte chegarão primeiro em DVD e Blu-Ray em versões comuns, como todos os outros filmes da série e, só depois de algum tempo, ganharão as Edições Definitivas.

Respondida a pergunta número 1, vamos às demais. Para isso, melhor fragmentar. “O que é novo ali?”. Pouca coisa, se formos atentar para a quantidade de conteúdo. Mas isso se torna muito se olharmos para a qualidade. Contudo, o fã que quiser comprar o produto tem que prestar atenção.

2. As versões brasileiras são iguais às americanas e, ainda, possuem o mesmo conteúdo?

Vamos por partes:

A – As embalagens das edições em DVD e Blu-Ray americanas são idênticas.
B – A embalagem do DVD brasileiro é diferente da embalagem do DVD americano.
C – A versão em Blu-Ray contém 3 discos. A em DVD contém 4 discos.

Edição Brasileira – Pedra Filosofal

Edição Norte-americana – Pedra Filosofal

Por quê?

A – Não há diferença. Ambas as versões (DVD americano ou Blu-Ray americano) vem com a caixa externa que possui uma segunda embalagem estilizada dentro. Dentro desta segunda caixa contém uma terceira embalagem só para os discos + o livro com imagens exclusivas + 2 cards colecionáveis (cada edição dos filmes virá com 2 cards que serão completados com a última edição).
B – A embalagem do DVD brasileiro, para variar, é inferior à americana. A versão nacional só contém a caixa exterior, uma segunda embalagem para os discos e o livro. A caixinha intermediária estilizada e os dois cards colecionáveis não estão presentes na versão brasileira.
C – O Blu-Ray só tem 3 discos por conta da capacidade de armazenamento. Como muitos devem saber, dentro de um disco de Blu-Ray é possível colocarmos muito mais conteúdo do que em um disco de DVD. Portanto, todo o conteúdo dos discos 1 e 2 da versão em DVD estão juntos no disco 1 da versão em Blu-Ray. Lembrando mais uma vez que a Edição Definitiva em Blu-Ray dos dois filmes não está disponível ainda no Brasil, só nos Estados Unidos. O lançamento deve acontecer em breve e a Warner Home Video provavelmente notificará o público.

Edição Brasileira – Câmara Secreta

Edição Norte-americana – Câmara Secreta

O conteúdo dos discos da versão brasileira em DVD é o mesmo da versão americana. Contudo, as embalagens são diferentes. Portanto, a pergunta número 2 está respondida.

3. O que é novo ali?

Para responder esta, vamos dividir nas versões em DVD’s e Blu-Ray. Lembrando que o conteúdo das versões americanas e brasileiras em DVD é o mesmo. Só a embalagem é que muda.

A – Versão em DVD
PF e CS – Disco I:
O filme exibido nos cinemas e presente nos DVDs comuns que todos já tem. Não houve remasterização* do filme, sem melhoria de som e imagem. A aplicação é a mesma dos DVDs antigos.

*Obviamente a versão em Blu-Ray tem qualidade de som e imagem incrivelmente superiores, mas não é uma questão de tratamento dado ao filme, e sim da possibilidade da tecnologia da mídia utilizada, que proporciona maior qualidade. De qualquer forma, tratamos aqui de dois filmes relativamente recentes, que não necessitam de uma nova passagem de imagem (mas, no quesito som, seria sempre benvindo).

PF e CS – Disco II: O filme em sua versão estendida, com trechos que não foram exibidos nos cinemas, mas que já estavam presentes nas cenas deletadas dos discos bônus nos DVDs duplos de Pedra Filosofal (lançado em 2002) e de Câmara Secreta (lançado em 2003). Ou seja, não há novidade alguma, não há cena jamais vista. Apenas foi feita uma montagem diferente, de modo que as cenas deletadas estivessem presentes no decorrer do filme no momento em que originalmente elas aconteceriam se não tivessem sido cortadas da edição final quando os longas foram para o cinema. Em outras palavras, é a mesma coisa que o SBT fez quando exibiu A Pedra Filosofal pela primeira vez: rodou o filme original intercalando as cenas deletadas nos momentos em que elas deveriam se passar.

PF e CS – Disco III: É o mesmo disco II das versões comuns lançadas em 2002 (Pedra Filosofal) e 2003 (Câmara Secreta). Sem acréscimos.

Disco IV: Documentário “Criando o Mundo de Harry Potter” – Parte I (Pedra Filosofal) e Parte II (Câmara Secreta). A real novidade das edições definitivas.

O conteúdo destes documentários tem sido bem elogiado por mostrar como nenhum outro DVD bônus da série o processo de criação dos filmes da franquia Harry Potter. O Potterish realizará uma segunda matéria dedicada exclusivamente a estes documentários em breve.

B – Versão em Blu-Ray (ainda não disponível no Brasil)
PF e CS – Disco I:
Todo o conteúdo dos discos I e II da versão em DVD das edições definitivas (motivo já explicado aqui). Entretanto, a versão em Blu-Ray já traz uma excelente novidade já no disco I, que faz a compra desta versão muito mais lucrativa do que em DVD:

– In-Movie Experience com o diretor Chris Collumbus. Uma experiência interativa na qual você assiste o filme e, vez ou outra, surge na tela um PIP (Picture in Picture, aquele quadradinho que aparece no canto da tela com um outro vídeo sendo exibido) com o diretor explicando como aquela cena foi pensada e realizada, desde storyboards, imagens conceituais em uma galeria anexa.

– Acesso direto à internet para eventos mundiais, comunidades e mais.


PF e CS – Disco II:
O mesmo disco II das versões comuns em DVD ou Blu-Ray de ambos os filmes.

PF e CS – Disco III: Corresponde ao disco IV da versão em DVD.

A novidade destas edições definitivas em DVD reside unicamente no documentário do disco IV, além do livro com imagens exclusivas. Portanto, a pergunta número 3 está respondida.

4 – As versões em DVD e Blu-Ray possuem o mesmo conteúdo?

Para quem comprar a versão em Blu-Ray (em breve no Brasil), ainda terá a oportunidade de assistir aos comentários do diretor em áudio e vídeo durante a execução dos filmes. Provavelmente a versão brasileira em Blu-Ray terá exatamente o mesmo conteúdo da versão americana.

5 – E o preço, vale a pena?

Esta questão é relativa. O valor do produto nacional está longe de valer a pena. E mais: não vale adquirir uma edição definitiva em DVD quando o mercado e a tecnologia estão investindo no Blu-Ray agora. Por quê?

As duas Edições Definitivas no Brasil custam R$129,90. Elas são versões em DVD cuja embalagem não é tão bacana quanto à versão americana do mesmo produto. Já as Edições Definitivas em Blu-Ray (que possuem a mesma embalagem da versão americana em DVD, porém, tem mais conteúdo), custa US$32,99. Agora, vejamos. Se a edição em DVD custa R$129,90, quanto custará a versão em Blu-Ray quando ela for lançada por aqui? Fatalmente, mais do que R$200,00. E provavelmente com a embalagem inferior à versão americana. Se você comprar hoje a sua versão americana em Blu-Ray através do Amazon.com gastará por volta de R$75,00 com o frete já incluso. Uma economia de praticamente R$130,00, e ainda terá uma embalagem mais arrojada e completa.

De fato, pouquíssimas pessoas possuem um aparelho de Blu-Ray em casa. Mas é o tipo de equipamento que abaixa de preço a cada dia e que todos terão em seu lar em bem menos tempo do que imaginam (o custo estava em torno de R$2 mil há pouco menos de um ano. Hoje, já há aparelhos a R$899. Caro? Sim. Mas é uma diminuição de mais de R$1 mil reais). Se o empecilho para alguns é o idioma, não há problema, em termos. Diferente dos DVDs, os Blu-Rays não sofrem com a questão da região de gravação, em que um filme comprado nos EUA não roda em um aparelho brasileiro que não seja multiregião ou destravado. E, ainda, o Blu-Ray da Edição Definitiva de Câmara Secreta possui áudio e legendas em português. Já Pedra Filosofal, infelizmente, conta apenas com áudio e legendas em inglês e espanhol. Provavelmente os demais filmes deverão seguir o padrão do Blu-Ray de Câmara Secreta, com áudio e legendas daqui inclusos.
Portanto, para os fãs que querem o maior conteúdo possível e uma qualidade maior da embalagem e, ainda, economizar, vale bem mais a pena comprar a versão em Blu-Ray das edições definitivas – isso se a pessoa estive disposta a esperar ter o aparelho em casa um dia. Caso contrário, vai ter de desembolsar bem mais.

6 – Devo comprar agora?

A quem acredite que a Warner ainda lançará outras versões dos filmes. Não acredito nisto. As edições definitivas reúnem todos os materiais presentes das versões antigas e ainda trazem completos documentários sobre a produção dos filmes, campanhas em vídeo de marketing e os cobrados comentários do diretor (e sim, o DVD também é widescreen). O que deve acontecer futuramente é o lançamento de um mega giftset box contendo todas as oito Edições Definitivas em uma embalagem única de luxo que vai custar muito caro (vide o castelo de Hogwarts com gaveta para os DVDs lançado nesse mês ou o malão de viagem do Harry contendo os 5 blu-rays/DVDs + DVD game, todos duplos, lançado em 2007). Mas até lá ainda tem muito tempo. E se alguém acha que o mundo vai mesmo acabar em 2012, é melhor comprar tudo agora pra dar tempo de assistir.

Talvez o que vai definir para alguns se vale ou não comprar agora é a dúvida entre Blu-Ray ou DVD nacional. Ou quem prefere esperar o lançamento do Blu-Ray brasileiro para ver como vai ser. A sugestão já foi dada.