Filmes e peças

Cherrybomb tem lançamento garantido por fãs

Os fãs de Rupert Grint ficaram de olho nas novidades sobre o filme Cherrybomb desde o dia 2 de julho do ano passado, quando foi confirmado que o intérprete de Rony havia sido escalado. Porém, o filme aguardado ansiosamente por muitos destes fãs, tinha o risco de não ser lançado nos cinemas.
Apesar ter sido lançado no Festival de Filmes de Berlim, o longa ainda não havia conseguido nenhuma distribuidora. Em protesto a isso, uma petição online, que contou com a participação de mais de 10 mil pessoas no Facebook, foi criada e garantiu resultados positivos.

Os produtores declararam que já garantiram uma distribuidora na Grã-Bretanha e afirmaram estar em fase de negociação com uma americana. Rupert declarou ao jornal britânico Independent sua gratidão aos fãs.

CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE

Estou emocionado com o grande apoio que o filme recebeu na página do Facebook e outros sites na web e tão agradecido aos meus fãs em particular, que viajaram ao redor do mundo para apoiar o filme em festivais e estreias

As datas do lançamento de Cherrybomb serão anunciadas na próxima semana. Não há previsão para estreia no Brasil. Confiram a tradução do artigo em notícia completa!

RUPERT GRINT
Estrela do filme Potter assegura estreia depois da campanha no Facebook

The Independent ~ Arifa Akbar
5 de outubro de 2009
Tradução: Jenifer Cestari

Para os fãs de Harry Potter, ele é o amigo cabeça de fogo do garoto-mago que atraiu um exército de fãs e sites dedicados. Mas quando o ator Rupert Grint seguiu de seu papel pueril como Ron Weasley em Hogwarts e decidiu estrelar um filme de quase adultos que exibe sexo e drogas em Belfast, ele ainda manteve o mesmo número de fãs.

Depois do filme independente Cherrybomb, que teve sua premiere no Berlin Film Festival, falhou ao atrair uma distribuidora, os apoiantes de Grint fizeram uma campanha para solicitar sua estreia nos cinemas. Cinéfilos do México a Los Angeles contataram o The Little Film Company, seu agente de compras, para investigar sua estréia. E a campanha do “poder do povo” acaba de dar resultados.

Apoiado por um site de petições e o grupo do Facebook, conseguindo mais de 10,000 adeptos, incluindo mais de 1,000 Britons, produtores asseguraram uma grande distribuidora na Grã-Bretanha. Detalhes da estréia, planejada para o começo do ano que vem, serão anunciados essa semana. O The Little Film Company também está negociando com uma distribuidora americana.

Grint disse que ele ficou encantado com o espírito lutador de seus fãs. “Eu apóio essa campanha de todo o coração” disse ele. “Estou encantado com o grande prestígio que o filme já conseguiu na página oficial do Facebook e de outros sites na web e sou tão agradecido especialmente aos meus fãs que viajaram o mundo para apoiar o filme no festival e suas prévias.”

No elenco do drama, também estão James Nesbitt, Kimberley Nixon – que apareceu em Angus, Thongs and Perfect Snoggin, – e Robert Sheehan.

Situado na Belfast pós-problemas, o filme estrela Grint como um adolescente irlandês que usa drogas e é mostrado em cenas íntimas num quarto com Nixo, papéis de longe parecidos com os infantis em Harry Potter. O poster do filme o mostra deitado sem camisa num lilo, com a tagline “Dois caras. Uma garota. Começa o jogo.” Trabalhar em Cherrybomb “foi um mundo longe de Harry Potter, um que nunca esquecerei,” disse ele.

Robbie little, o co-presidente do The Little Film Company, disse que a campanha da internet ajudou inquestionavelmente o sucesso do filme ao atrair uma distribuidora. Mais cedo, nesse ano, ele foi inundado de emails de pessoas que viram o trailer do filme online e que queria saber quando ele poderia ser visto nos cinemas.

Um fansite de Grint chamado Ice Cream Man veio com a ideia de uma campanha online. Quando Little percebeu o nível de interesse que estava atraindo, ele também organizou a página do Facebook.

“Nós fomos contatados por pessoas querendo saber quando poderiam vê-lo. Eles eram, no começo, fãs de Rupert Grint, procurando o que ele fazia. Nós conseguimos uma quantidade incrível de emails dizendo como o filme parecia ser legal e que eles adoraram a música. Nós reagimos à busca que vimos, e organizamos a campanha. “Ajudou termos uma campanha online quando falávamos com distribuidoras,” disse ele.

Lisa Barros D’Sa, que co-dirigiu o filme com Glenn Leyburn, disse que ficou admirada com o fervor dos fãs que construiram a energia da campanha. “Começou com Rupert. Nós nos abismamos com isso. Mesmo quando eles ouviram que filmaríamos o filme em Belfast ano passado, os fãs da internet ficaram interessados no papel de Rupert”, disse ela.

A Srta. Barros D’Sa disse que ficou encantada – e admirada – por quantos seguidores fizeram seu caminho através dos oceanos para ver a premiere do filme em Berlin. “Alguns deles vieram da America para ver a premiere em Berlin” disse ela.

Ela confirmou que há uma cena num quarto com Grint, e disse que “o mundo o verá de um jeito diferente”.

Aidan Elliott, um executivo da Generator Entertainment, que produziu o filme, disse que incorporou o uso de mensagens de texto e tecnologia moderna, o que evidentemente apelou para a “geração Facebook” e ajudou a jornada até a telona.