J. K. Rowling ︎◆ Livros

RUMOR: Bush negou medalha à JKR pelos livros “encorajarem a bruxaria”

Graças ao TLC, tomamos conhecimento de que o livro SPEECH-LESS: Tales of a White House Survivor, cujas páginas contam os bastidores da vida na administração presidencial do ex-presidente norte-americano George W. Bush, traz uma pequena citação à série Harry Potter e à criadora desse fenômeno literário.Segundo Matthew Latimer, o autor do livro, uma vez o nome de JK Rowling foi considerado para receber uma medalha presidencial, mas em seguida foi negado porque os livros “encorajavam a bruxaria”. Confiram abaixo a tradução do trecho acerca desse assunto presente na página 201 da versão original do livro:

[O chefe de criação dos discursos do Presidente Bush] Marc [Thiessen] gostava de incentivar uma ampla gama de opiniões dos outros, enquanto eles concordassem com a sua. Quando Ted Kennedy foi diagnosticado com um tumor no cérebro, eu sugeri que o presidente pudesse ao menos considerar premiar o Kennedy com uma Medalha Presidencial da Liberdade. Marc se opôs com a diplomacia gentil pela qual era conhecido. ‘Isso é loucura!’, ele trojevou… esse foi o mesmo tipo de pensamento que levou as pessoas na Casa Branca a realmente impedir dar à autora JK Rowling uma medalha presidencial porque os livros de Harry Potter incentivavam a bruxaria.

CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE

A Medalha Presidencial da Liberdade é a maior condecoração civil dos Estados Unidos – podendo ser concedida a pessoas de outras nacionalidades – e foi criada para premiar os indivíduos que fizeram “uma contribuição especial meritória à segurança ou interesses nacionais dos Estados Unidos, paz mundial, cultural ou outras imporantes iniciativas públicas e privadas”.

Em 2003, durante o seu mandato, a esposa de George W. Bush, Lara Bush, incluiu Harry Potter em sua decoração de Natal na Casa Branca, e alegou ser um dos seus livros favoritos da época; já lera todos os cinco publicados até então e “foi como encontrar uma ótima escritora de mistério e ter todo aquele material para ler de uma vez. Eu realmente os amei.

O presidente ficou no poder de 2001 a 2009, ou seja, durante boa parte do processo de publicação dos livros da autora – e inclusive durante o lançamento dos dois últimos, cujas vendas bateram todos os recordes e sua história atingiu níveis nunca antes imaginados na literatura infantil.