Não categorizado

Jason Isaacs acha insuportável o fim de Harry Potter

Jason Isaacs tem dado várias entrevistas para promover o seu novo filme “Good”. Na mais recente à Press Association, o ator responsável pelo papel do frio Lúcio Malfoy na série Potter citou a jornada de sua personagem após a sua prisão em Azkaban.

Uma das coisas mais encantadoras sobre esses dois filmes é que Lúcio passou do homem mais maligno da série para ser o mais completamente humilhado e desmoralizado pelo Lord Voldemort. Ele é reduzido a pouco mais do que o homem que corre por aí com um pano de prato limpando o chão. É bom ter esse tipo de jornada como uma personagem e vê-la sendo merecidamente reprimido.

CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE

E também comentou sobre o fim da série.

Acho que é insuportável, eu estou absolutamente temendo o fim – eu sou um velho e bobo sentimental que, apesar de eu não terminar de filmar até abril, eu já sinto como se eles estivessem tocando Leaving On a Jet Plane em meu ouvido.

A tradução do artigo pode ser lida na íntegra em notícia completa

JASON ISAACS
Isaacs “temendo” o fim de Potter

Press Association
08 de setembro de 2009
Tradução: Daniel Mählmann

Jason Isaacs conferrou ser “insuportável” se preparar para dizer adeus ao seu papel em Harry Potter.

O ator explicou que ele é muito sentimental, então vai sentir saudade de interpretar o inimigo Lúcio Malfoy do bruxinho nos filmes de magia.

Ele disse: “Acho que é insuportável, eu estou absolutamente temendo o fim – eu sou um velho e bobo sentimental que, apesar de eu não terminar de filmar até abril, eu já sinto como se eles estivessem tocando Leaving On a Jet Plane em meu ouvido.”

Jason, 46 anos, não poderia estar mais feliz de estar retornando para as duas últimas partes dos filmes Potter.

“Uma das coisas mais encantadoras sobre esses dois filmes é que Lúcio passou do homem mais maligno da série para ser o mais completamente humilhado e desmoralizado pelo Lord Voldemort”, ele disse.

“Ele é reduzido a pouco mais do que o homem que corre por aí com um pano de prato limpando o chão. É bom ter esse tipo de jornada como uma personagem e vê-la sendo merecidamente reprimido.”

O filme mais recente do ator, Good, se passa na Alemanha de 1930 e mostra um alemão acadêmico chamado John Halder (Viggo Mortenson) e o relacionamento com seu bonito e melhor amigo judeu Maurice, interpretado por Jason. Está para sair agora em DVD.