Não categorizado

[ATUALIZADO]Nova entrevista com Rupert Grint para o NY Daily News

Em uma nova entrevista para o NY Daily News, o ator Rupert Grint, que interpreta Rony Weasley nas adaptações cinematográficas dos livros Potterianos, falando sobre como são as gravações e o elenco de Harry Potter:

“Eles estão esperando você se tornar o estereotipado ator-criança e aprontar alguma “, diz o “Potter” veterano Rupert Grint, 20. “Mas eu não estou planejando isso. Estamos ocupados demais para irmos muito loucos(pressa), afinal, estamos filmando a maior parte do ano.”

O artigo pode ser visto, originalmente, aqui.

CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE

E, dando continuidade, o ator que interpreta Draco Malfoy, Tom Felton, também teve uma pequena reportagem sobre ele na Now Magazine, onde disse:

”Quando vc fala fala com Rupert Grint, percebe que ele é como Ron – ele é um garoto amável e engraçado. E o Dan Radcliffe é como Harry – um amigável nerd!”

Em breve estaremos disponibilizando Você já pode coferir a tradução do primeiro artigo aqui no Ish.

Atores de Harry Potter e o Enigma do Príncipe enfrentam o desafio de manter mágicas suas carreiras
NY Daily News ~ Ethan Sacks
Tradução: Juliana Poli Bonil

Atores de Harry Potter e o Enigma do Príncipe enfrentam o desafio de manter mágicas suas carreiras.

Ethan Sacks

Esta foi uma vez em que Tom Felton, uma das estrelas de Harry Potter e o Enigma do Príncipe, poderia realmente ter usado um feitiço protetor.

Levado por um motorista particular para uma recente aparição na abertura de uma loja, o ator de 21 anos encontrou uma multidão de jubilosos admiradores esperando por ele.

“Nos sentimos como os Beatles porque havia pessoas gritando,” diz Felton que ainda está com suas madeixas tingidas de loiro devido à sua volta como o vil Draco Malfoy. “Achamos que abriríamos a loja e seria como ‘Oi, é bom vê-los!’”

“Nós abrimos a loja e essa mulher entrou e puxou meu cabelo,” diz ele encenando o momento em que se retorcia enquanto a fã o agarrava. “Fechem as portas, fechem as portas!”

Bem-vindos à vida de um estudante da Escola de Magia e Bruxaria de Hogwarts, onde os jovens atores estão aprendendo sobre a pressão de uma produção que já arrecadou mais de $4,5 bilhões nas bilheterias do mundo todo.

Mas com o sexto episódio da série chegando aos cinemas e os dois últimos filmes sendo gravados simultaneamente, uma grande encruzilhada espera pelos jovens atores da franquia. Sobrará mágica suficiente em suas carreiras depois de Harry Potter?

“O sucesso que eles tiveram em oito anos seria uma carreira completa para a maioria das pessoas, mas eles se transformaram em atores muito bons durante os últimos anos e espero que essa habilidade os ajude a transcender esses papéis,” diz Paul Dergarabedian, analista do Hollywood.com.

Mas a indústria cinematográfica está entulhada com destroços de carreiras de ex-atores mirins que não conseguiram fazer a transição para papéis adultos. Para cada Jodie Foster há uma dúzia de Lindsay Lohans e Macaulay Culkins.

“Estão esperando que você seja o estereótipo do ator mirim e saia um pouco da linha,” diz o veterano de Potter, Rupert Grint, 20. “Mas não estou planejando isso. Afinal estamos muito ocupados para enlouquecer porque filmamos o ano inteiro.”

Os jovens astros do filme também têm uma grande vantagem em relação a atores mirins do passado:

Eles estão trabalhando com um elenco cheio de veteranos britânicos ganhadores de prêmios, como Alan Rickman e a dama Maggie Smith. O próprio Harry, Daniel Radcliffe, disse que concordou em aceitar seu papel tormentoso em Equus seguindo o conselho do colega de elenco, Kenneth Branagh.

“Você pode imaginar como deve ter sido intimidador para eles quando começaram?” diz o diretor David Yates. “Eles provavelmente aprenderam muito por osmose porque os únicos atores com os quais eles trabalharam até agora foram esses veteranos incríveis que são os melhores no que fazem.”

Também há o inevitável problema de se ficar preso ao personagem, o que ocorre com quem participa de uma das maiores franquias de todos os tempos – até Sean Connery teve dificuldades para se livrar de James Bond.

“Bem, eu não me importaria de ser o Bond,” diz Felton, “Aí seria ‘até mais Potter.’”

Mas será difícil para eles deixarem Potter para trás.

Em uma coletiva de imprensa em Nova Iorque na semana passada, Radcliffe relembrou a gravação de uma cena de Enigma do Príncipe que ele tem certeza que será um dos pontos altos de sua careira. É uma sequência cheia de ação na qual ele emerge da água cercado de chamas e de um exército de Inferi para testemunhar Dumbledore desencadeando um inferno de sua varinha para derrotar as criaturas geradas por computador.

“E aí eu tenho de escalar para chegar até a ilha central e eu vejo o Michael Gambon lá, parecendo Deus ou Moisés fazendo um redemoinho de fogo em torno de sua cabeça,” diz Radcliffe. “Foi um daqueles momentos nos quais pensei…’Não importa quantos filmes mais eu faça, eu nunca mais vou fazer essa cena ou qualquer coisa parecida.’”

Tanto Radcliffe quanto Felton dizem que se inspiram em um ex-colega mais velho que trabalhou em Harry Potter e o Cálice de Fogo. O novo gato de Hollywood, Robert Pattinson, está atualmente filmando Crepúsculo:Lua Nova, o segundo filme da nova franquia sobre vampiros que faz fãs gritarem e puxarem os cabelos.

Agora é a vez de Crepúsculo, porém isso não significa que o sol esteja se pondo no mundo de Harry Potter.

“Será provavelmente devastador quando acabar porque nossas vidas literalmente giraram em torno disso desde que tínhamos 9 ou 10 anos,” diz Emma Watson. “Só Deus sabe como me sentirei, mas ainda me resta um tempo filmando. Ainda tenho dois filmes para promover, então ainda não tenho que me preocupar com isso.”

“Eu simplesmente sinto que isso nunca vai terminar totalmente para nós…acho que Harry Potter é grande demais.”