O Enigma do Príncipe

Última parte da entrevista de Tom Felton ao Feltbeats

Os fãs do ator Tom Felton só tem o que comemorar, afinal hoje nossa equipe tem o prazer de publicar a parte final da tradução de uma entrevista conduzida pelo site Feltbeats com o ator, para falar sobre o que ele tem feito e responder algumas questões.Conforme o prometido, nesta parte final, Tom discute sobre linguagem explícita, seu maior medo, e sua versão de esportes radicais, além de especular sobre como Draco reagiria se Jack Osbourne o dissesse para pular de um penhasco

Confira alguns trechos abaixo:

CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE

Qual foi a coisa mais assustadora que você fez?
Bungee jump, sem dúvida. Foi aterrorizante. Nunca estive mais assustado na minha vida.

Agora, imagine por um momento que Draco Malfoy estivesse envolvido nesse projeto ao invés de você. O que você acha que ele faria se Jack Osbourne dissesse para ele pular de Bungee Jump de um penhasco?
Posso me atrever a dizer que ele diria para ele cair fora ou algo desse tipo? Não consigo vê-lo sendo persuadido do mesmo jeito que eu fui,de jeito algum.
Agora, se a varinha estivesse em mãos, não seria um desafio muito grande, seria? Eu poderia ver Jack saindo da ponte sem nenhum bungee preso a ele, se esse fosse o jogo.

A tradução na íntegra pode ser lida, como sempre, em notícia completa!

TOM FELTON
A definitiva entrevista feita por fãs: parte final

Feltbeats
11 de novembro de 2008
Tradução: Dérick Moreira

Então, Celebrity Adrenaline Junkie…
Tom: Sim, irá ao ar em breve! Estou muito ansioso para assistir.

Sim, estamos ansiosos para assistir também!

Tom: Ah, vocês assistem isso lá? Eu não sabia que passava nos Estados Unidos.

Não, não, não passa. Mas nós o teremos no Feltbeats.com, com alguns truques de internet…
Tom: Ah, está bem, sim, sim. Muito bem, muito bem. Há maneiras…

Sim, sabe com SoccerAid, nós tivemos uma espécie de festa no Feltbeats.com, e uma pessoa do Reino Unido [Becka, membro do Feltbeats army! Representante do FA!] foi capaz de disponibilizar sua tela na internet, para que pudéssemos assistir todos juntos! Foi muito divertido! E, a propósito, você foi excelente!
Tom: (ri) Ahh, obrigado.

Baseado no que você havia me dito de antemão, nós estávamos esperando que você fosse envergonhar a si mesmo. E você não fez isso de jeito algum!
Tom: Eu concordo, eu não fiz nenhuma besteira por completo, então estou agradecido por isso. Mas, é, eu aprecio sua boa vontade.
Jade: E vocês fizeram uma festa? Que divertido!
Tom: Sim, muito! E se eu soubesse que vocês estavam dando uma festa, eu teria aparecido!

Acho que talvez você estivesse um pouco ocupado no momento…
Tom: (ri)

Então, de volta a “Celebrity Adrenaline Junkie”… Nós temos uma enquete no Feltbeats.com nesse exato momento perguntando qual manobra os fãs mais gostariam de ver; até agora, todos querem ver o que você faz com o avestruz!
Tom: Ahh, Eu não vou mentir, essa foi definitivamente a mais engraçada. Eu tenho de alertá-lo, no entanto, de que foi bem explicito!

Eu estava prestes a perguntá-lo sobre isso. Eu fiquei muito, você sabe, chocado com a linguagem de Elijah no programa…
Tom: Sim, bem isso acontece. A coisa é, eu quero explicar, você não consegue se lembrar do que você diz lá. Você perde o controle, e você se encontra em um estranho estado mental. E você esquece completamente que as câmeras estão em você.
Mas, eu não me lembro o que eu disse, e não há razão em perguntar-me isso, também. Estou um pouquinho nervoso pelo que eu disse lá em cima. Na verdade, Jade e eu assistimos um pequeno corte do Bungee Jump e não foi tão mal. Houve alguns comentários grosseiros. Mas pareceu estar bem decente, para ser honesto.

Eu apenas achei que foi engraçado, quando Elijah saltou no Bungee jump, acho que ele gritou “P**a que pariu!” a decida inteira.
Tom: Sim, sim, sim. Há muito disso acontecendo. É basicamente conversa de Adrenaline Junkie, entende o que eu quero dizer?

Qual foi a coisa mais assustadora que você fez?
Tom: Bungee jump, sem dúvida. Foi aterrorizante. Nunca estive mais assustado na minha vida.

Como é a sensação no final?
Tom: Incrível! Nunca me senti mais alto na minha vida! Foi uma subida e decida completa!
Mas sim, eu fiquei bem e completamente pressurizado da melhor maneira possível. As pessoas ficavam atrás de mim o tempo inteiro dizendo, “Você tem que fazer isso! Você tem que fazer isso!” E eu meio que dizia “Eca.” Mesmo no segundo antes de eu pular, eu disse a mim mesmo, “eu não quero fazer isso.”
Mas é, obviamente, o momento em que você cai da ponte, foi muito bom. E deve ser bem divertido vê-lo na televisão, eu acho, pois eu estava genuinamente borrando as calças. Eu não sei como você irá editar isso!

Eu apenas colocarei umas estrelas no lugar das letras!
Tom: (ri)

Agora, imagine por um momento que Draco Malfoy estivesse envolvido nesse projeto ao invés de você. O que você acha que ele faria se Jack Osbourne dissesse para ele pular de bungee jump de um penhasco?
Tom: Posso me atrever a dizer que ele diria para ele cair fora ou algo desse tipo? Não consigo vê-lo sendo persuadido do mesmo jeito que eu fui,de jeito algum.
Agora, se a varinha estivesse em mãos, não seria um desafio muito grande, seria? Eu poderia ver Jack saindo da ponte sem nenhum bungee preso a ele, se esse fosse o jogo.

Você ficou interessado por esportes radicais depois do programa?
Tom: Bem, levemente. Quero dizer, eu subo colinas.
Acho que você não pode chamar isso de esporte radical – ou até mesmo de esporte, nesse momento. É mais um passatempo. Eu gosto de levar Timber para caminhar, e é um grande jeito de diminuir seu ritmo, porque ela quer correr a todo vapor. Nós temos uma colina perto de casa, e nós subimos até o topo dela.
Jade: (ri) Essa é a sua versão de Adrenaline Junkie?
Tom: (ri) Sim, essa é a minha versão de Adrenaline Junkie.

Bem, isso parece ser bem calmo.
Tom: Bem, temo dizer que não é muita coisa, não é? Não diga a Jack, ele ficará muito desapontado.

Tudo bem, não direi a ninguém. Falando em Jack, ele fala abertamente sobre vencer seu medo de altura nos episódios introdutórios do programa. Você possui algum medo que você teve de vencer para o programa?
Tom: Bem, quero dizer, não sou fã de altura. Não sou fã dela – mas você sabe, eu irei à montanha russa ou qualquer coisa em que me sinta seguro. Como skydiving (queda-livre sem pára-quedas), eu me senti relativamente confortável fazendo aquilo. Nem pareceu tão errado.

Você possui outros medos que por sorte você não teve de enfrentar no programa?
Tom: Outros medos… Não estou certo, na verdade. Eu sempre penso em comer algo – isso soa loucura- mas você sabe como eles fazem você comer coisas em alguns desses programas? Eu simplesmente não poderia fazer isso. Eu diria “Não.”

Jack discutiu sobre seu desejo de que o programa sirva de estímulo para que os participantes aprendam mais sobre si mesmos e façam mudanças em suas vidas. O que você aprendeu sobre você mesmo, e que impacto o programa teve na sua vida?
Tom: Sim, completamente! Completamente. Quando eu estava lá eu senti muito isso. Eu tenho de admitir, porém, que eu fiquei um pouco desapontado por ficarmos em um hotel. Era tudo muito felpudo e belo. E após cada evento que fazíamos nós voltávamos ao hotel.
Eu estava meio que esperando, você sabe, pegar o velho violão, sentar em volta da velha fogueira de acampamento, cantar alguns cumbayas e me achar de verdade. E isso não acontece em um hotel! Por isso, eu tenho de admitir, eu não senti que eu “descobri a mim mesmo” de verdade, fazendo isso.
Por outro lado, eu realmente senti que, sabe, ficar sentado em casa assistindo TV não é jeito de se viver a vida quando você pode estar lá fora fazendo todas essas coisas malucas.
Mas, dizendo isso, eu não fiz nada radical desde que voltei para casa. Você pode chamar isso talvez de revelação, se quiser, ao invés de um momento de mudança de vida.

Você viu nossa entrevista com Craig Pickes [Produtor executivo e diretor de Celebrity Adrenaline Junkie] onde ele disse ter sido capaz de ouvir você tocando violão pelas paredes de seu hotel às 5 da manhã?
Tom: Sim, sim, Eu me senti culpado por isso. Eu tomei alguns drinques e voltei ao hotel e fiquei tocando algumas músicas hardcore. Não é minha culpa se as paredes do hotel são finas! Não, é verdade, os violões de seis cordas realmente fazem barulho, então eu pedirei desculpas a Craig. Eu não tinha idéia – ele nunca mencionou isso para mim! Isso é novidade para mim. Novamente, vocês [no Feltbeats.com] estão descobrindo mais sobre coisas desconhecidas, é ótimo.

Os fãs de Tom Felton estão, é claro, muito cientes de seus incríveis talentos musicais. Jack e sua família também estão envolvidos com o ramo musical – vocês discutiram sobre música no tempo em que você passou com ele? Ele sabe sobre Feltbeats? Podemos esperar por uma colaboração Ozbourne/Felton em breve?
Tom: (ri) Não, não, na verdade não. Na verdade não. Eu não sou de falar muito disso. Ele sabia que eu tinha um violão comigo, e ele tinha uma gaita com ele, e nós íamos tocar juntos, mas isso nunca aconteceu realmente. E eu certamente não sou do tipo que impõe minha música assim. Eu preferiria levá-la relativamente de uma maneira discreta.

Você vai a algum lugar sem um violão?!
Tom: Na verdade não. Eu estive em alguns lugares recentemente sem ele. Mas quero dizer, fora isso, não. Eu tenho um pequeno violão de três – quartos de tamanho, um pequeno azul, e eles me deixam levá-los na bagagem de mão, então eu gosto de levá-los comigo.

Feltbeats.com gostaria de agradecer Tom Felton por tirar um tempo (e foi um longo tempo, na verdade!) para falar com a gente. Somos eternamente gratos, apreciativos, agradecidos, e assim por diante. Blá blá, como diria Tom.