A Ordem da Fênix ︎◆ A Ordem da Fênix ︎◆ Livros

Michael Goldenberg fala sobre trabalhar com JK Rowling

Depois de um certo tempo afastado, Michael Goldenberg, roteirista de Harry Potter e a Ordem da Fênix, falou recentemente em um artigo publicado no site Variety como foi a experiência de ter trabalhado um filme como este, algo muito mais complicado do que aparenta ser…

“Fui realmente encorajado a encontrar a melhor forma de fazê-lo funcionar como um filme, e, com freqüência, isso exigiu a sugestão de algo que não estava no livro. Acabei escrevendo muito mais material original que esperava.”

CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE

Ele dá ênfase à relação entre Harry e Sirius Black, que conduz a um momento crucial para o personagem principal. Também ressalta a a diferença entre fazer um livro e adaptá-lo para os cinemas.

“Não há uma cena real no livro na qual eles têm uma conversa sincera,” diz o roteirista. “Em um livro de 870 páginas, Rowling pôde fazê-lo feito gradativamente com uma pincelada aqui e uma fala ali, e isso tem um efeito acumulativo. Mas não temos esse tipo de oportunidade no filme. Rowling tem visto o que faz de um filme, bom; um processo de tradução que dá mais valor à capturar do espírito que de uma letra tem mais sucesso.”

Thanks, SS.