Livros

Guerra bane edições árabes da série Potter de Israel

Há alguns anos Israel tem importado a edição árabe dos livros Potter da Síria e do Líbano. Agora a AFP noticiou que os livros foram banidos do país de acordo com o decreto de 1939, cujo texto declara que Israel não pode importar livros de países com os quais está em guerra.A editora árabe-israelita Salah Abassi contou a uma rádio pública na segunda que as autoridades os ordenaram parar de importar livros dessas áreas.

Os ministros do comércio e da indústria e o ministro do tesouro me alertaram que a importação desses livros é ilegal”, disse Abassi, que importou os livros através da Jordânia.

CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE

Se eles fossem impressos na Jordânia ou no Egito, que mantêm relações amigáveis com Israel, eu não perderia tempo ao comprá-los lá. Agora, o significado é que o público leitor árabe em Israel não poderá desfrutar o melhor da literatura”, ele disse.

Outros títulos banidos incluem Pinocchio e clássicos árabes.