Filmes e peças ︎◆ Parques temáticos

Conheça alguns detalhes do parque O Mundo Mágico de HP

O site Orlando Weekly publicou um novo artigo falando das novidades que serão vistas na Walt Disney, no SeaWorld e na Universal Orlando. Dentre as atrações, logicamente eles não poderiam deixar de comentar sobre o parque temático Mundo Mágico de Harry Potter.O site diz que pode acontecer uma pré-estréia do parque no Natal de 2009 e a sua abertura oficial aconteceria apenas no verão de 2010. Também fala sobre o que poderá ser visto dentro do castelo de Hogwarts:

Para se ter uma idéia do que poderia ter dentro do espaço enorme, leia E.U. Patent Nº 6796908, que descreve uma obscura e interativa montanha russa de Harry Potter na qual os turistas usam eletrônicos RDIF habilitados como “varinhas mágicas” para “lançar feitiços” que afetam o resultado da atração.

CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE

Também comenta sobre as atrações que serão remodeladas ou destruídas para dar lugar à enorme estrutura composta não apenas por Hogwarts, mas também por Hogsmeade:

Em outro lugar no mundo Potter, você encontrará o bar-restaurante Três Vassouras e outra oportunidade de gastar dinheiro, tudo por trás da neve (artesanal) cobrindo as fachadas do Vilarejo de Hogsmeade. O navio infantil Flying Unicorn receberá uma nova temática para uma das criaturas mágicas de Hagrid, e o elaborado castelo Dueling Dragons será redecorado (esperançosamente não destruído) em torno de uma competição bruxa.

Atualizado: A tradução na íntegra já pode ser lida em notícia completa!

PARQUE TEMÁTICO
Rumores das atrações

Orlando Weekly
22 de agosto de 2008
Tradução: Daniel Mählmann e Virág Venekey

Quando o “General Eletric” comprou o “Vivendo”, em 2004, para criar a “NBC Universal”, muitos previram para os parques temáticos um destino similar ao de “Flit This House”. Em vez disso ele investiu: os preenchimentos do formulário 10-K para o SEC (Comissão da Secretaria de Câmbio) revelam gastos de um capital de cerca de 150 milhões de dólares em 2008, com um total de 275 a 310 milhões de dólares de orçamento para atrações recentes e futuras. Isso inclui o novo e bem sucedido simulador dos Simpsons, dos Estúdios Universal de Orlando, que vai ser seguido no próximo verão pelo “Hollywood Rip, Ride, Rockit”, a montanha-russa nomeada com o código “Projeto Romble”. A licença de número 20080021590 do “Orange County Comptroller” revelou a firma alemã “Maurer Söhne” como o nomeado improvável para criador dos trilhos, que vão passar entre o palco do “Blue Man Group” e a estação Jimmy Nêutron. A atração vai começar com uma queda vertical de 167-pés (tornando-o a mais alta da cidade) e vai apresentar partes inovadoras como: o loop não-invertido, um mergulho atravessando a fachada da casa de bombeiro de “Twister” e um impressionante “surf com a multidão” próximo do novo palco de concerto em estilo Boliche de Hollywood (não sobre a “City Walk” como reportado anteriormente pelo porta-voz). O que não vai ter é algum prendedor sobre os ombros; barras laterais vão ser suficientes para manter os participantes nos seus lugares. Outras inovações nos carrinhos de “X-car” incluem trilhas sonoras selecionáveis individualmente, e câmeras internas permitindo aos visitantes levarem para casa vídeos musicais dignos de You Tube, documentando suas sobrevivências. E baseando-se na localização da estação de abastecimento, certifique-se de estar disponível para um pós-recarregamento, digno daqueles que procuram por grandes emoções noturnas.

Mas o grosso daquele um quarto de bilhão está sendo gasto no Mundo Mágico de Harry Potter. Esta enorme reformulação da Ilha da Aventura do Continente Perdido pode pré-estrear mais cedo, no Natal de 2009, e ser oficialmente aberto no verão de 2010. O trabalho está caminhando bem: o barco do “Flying Unicorn” está por trás das paredes de construção, o belíssimo restaurante “Enchanted Oak” está aos escombros, e a enorme superestrutura do Castelo de Hogwarts já possui torres ao longo da parte de trás do “Jurassic Park”. Embora o quadro indique um enorme volume, ele ainda não se aproxima da altura do Castelo da Cinderela; a fim de alcançar o efeito planejado na arte conceitual, eu prevejo os convidados entrarem através do penhasco na base da escola de magia, com o próprio castelo sendo em grande parte uma perspectiva reforçada de uma enorme miniatura montada acima da construção mostrada. Para uma idéia do que poderia estar dentro do espaço enorme, leia o patente de número 6796908 dos E.U.A., que descreve uma montanha russa Harry Potter obscura e interativa, na qual os turistas usam “varinhas mágicas” eletrônicas habilitadas com “RDIF” para “lançar feitiços” que afetam o resultado da atração. A patente é da Denise Chapman Weston da “Creative Kingdoms” e constrói o popular jogo de fantasia MagiQuest de sua empresa, encontrada na “Myrtle Beach” e no “Great Wolf Lodges”. O conceito antecipa os planos da Universal, e ambas as partes recusaram a confirmar qualquer parceria; mas o dinheiro a ser arrecadado vendendo varinhas, que coletam digitais esplendidamente, parece irresistível.

Em outro lugar no mundo Potter, você encontrará o pub-restaurante Três Vassouras e outras oportunidades de gastar dinheiro, tudo por trás das fachadas do Vilarejo de Hogsmeade cobertas por neve (produzida pela loja de artes cênicas local Nassal Co.). O navio infantil “Flying Unicorn” vai ser re-tematizado para uma das criaturas mágicas de Hagrid, e os contornos do elaborado castelo “Dueling Dragons” serão re-decorados (esperançosamente não destruídos) em torno de uma competição de bruxos. O que é menos certo: os detalhes do “Projeto Strongarm”, a próxima geração do “RoboCoaster” que se supõe ser a nova área de E-Ticket. Depois que a Universal contratou Kuka para a exclusividade da atração na sua última tecnologia na linhagem de robôs, Hill agitou as notícias com uma corrida de “carro voador” baseado no Ford Anglia dos Weasleys da Câmara Secreta. Mais recentemente, a American Scenic lançou brevemente (e rapidamente retirou) desenhos descrevendo um veículo com assentos navegando na Floresta Proibida, um ninho de Acromântula, o covil do Basilisco e outros ambientes do segundo livro. Aumentando as especulações, a Universal está enfaticamente silenciosa sobre o futuro da apresentação de dublês “Sinbad” (lado do projeto com rumores) e a arte oficial da concepção é artisticamente vaga nessa área.

Enquanto os detalhes permanecem encobertos, nós podemos colher alguma coisa das duas novas atrações em potencial examinando fichários de patentes para os efeitos de limite projetados por Scott Trowbridge, ex-presidente da “Universal Creative” (recentemente seduzido para a “Disney Imagineering”). Eles incluem infinitamente destrutíveis “cenários que se transformam” (Número 11457160), uma cascata “de atravessar impulsionado por alta velocidade” (Número 114557160) e um “multiplex de tempo repartido” (Número 11565185) que exibe diferentes imagens 3D, para diferentes espectadores, numa mesma tela. Eu estou mais intrigado com a “corrida baseada em cinema” que mistura uma montanha russa parecida com o filme Múmia, juntamente com um simulador no estilo do Homem-Aranha. Apesar de nenhuma dessas idéias serem certas de germinar, eles mostram o uso de um tipo de engenharia da próxima geração.

É esperado que a Universal libere mais informação nos próximos meses, o que só vai alimentar o fogo dos fás. Para acompanhar o frenesi por conta própria, vai para o “Screamscape.com” e os fórums no “IOACentral.com”, “WDWMagic.com” e “OrlandoUnited.com”. Apenas tenha certeza de trazer com você uma boa dose de mistério.