Livros

Rock Bruxo: Entrevista com Joe DeGeorge

A partir de um sonho um grupo de amigos montou uma banda de Rock Bruxo e começou a fazer sucesso, sendo famosa em toda a Latinoamérica. Fazendo muitos rir e chorar esta banda é um fenômeno em expnsão.O site Blog Hogwarts fez uma entrevista com Joe DeGeorge da banda pioneira de Rock bruxo, Harry and the Potters que está em seu 4º ano da banda. Com um começo singelo a banda já conquistou muitos corações de fãs, simpatizadores e não-fãs de Harry Potter com suas músicas que são inspiradas em cenas e/ou capítulos dos filmes de Harry Potter.

HATP: Essa canção se chama “Vomit”. É sobre a parte do livro 7 em que gente do Ministério desaparece sobre muitos vômitos [referente á cena que antecede entrada do Trio no Ministério]! Hahahaha!

CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE

HATP: Porque não se atrevam? Façam tudo o que podem!! Se colocam amor á sorte será grandioso! Sempre e quando provém do coração, as pessoas os reconhecerão e aprovarão! Se querrm fazê-lo, pois FAÇA-NO! Não deveria ser difícil fazer a coisa que amam, porque pois amam fazê-la!

Se divirtam com esta entrevista que fala sobre a banda e seus objetivos de um modo bem humorado, em uma linguagem fácil e de um ponto de vista bem de Fã.

Veja a tradução em sua íntegra na extensão.

Obrigado, Blog Hogwarts.

Rock Bruxo
Entrevista con Joe DeGeorge de “Harry and the Potters”

Blog Hogwarts ~ Lunis
09 de julho de 2008
Tradução: Ohanna Schmitt Bolfe

BlogHogwarts: Conta-nos sobre a tua banda. Como lhes ocorreu a idéia de criar uma banda de Harry Potter?
Harry and the Potters: Meu irmão e eu havíamos lido os primeiros livros de Harry Potter no ano 200. Nós gostamos e pensamos que seria genial que Harry Potter tivesse uma banda sobre si mesmo. Também nos gostou a idéia de ter shows de rock em lugares tão comuns e começar uma banda sobre Harry Potter, nos permitiu divertimento fazendo bons espetáculos de Rock em bibliotecas.

BH: Como defines tua banda?
HATP: Imagina o Harry Potter desde o ano 7 [em Hogwarts] viajando no tempo até o ano 4 para começar uma banda deles sobre eles mesmos. Este é o conceio por de trás da banda.

BH: O que lhes agrada mais em estar no “Harry and the Potters”?
HATP: Mai me agrada é estar no “Harry and the Potters”, é interpretar músicas para pessoas que se emocionam com elas. As pessoas que assistem os nossos shows se divertem muito e asseguramos que nós também nos divertimos! É o melhor trabalho do mundo.

BH: Das tuas canções, qual é a tua favorita?
HATP: Eu amos interpretar a nossa canção “The Weapon” (A Arma). É sobre um dos temas mais importantes dos livros de Harry Potter. E o coro diz: “the weapon we have is LOVE” (a arma que temos e o amor). Tocamos ela uma vez numa base militar dos Estados Unidos. Mas não creio que eles particularmente desfrutaram muito.

BH: Alguma vez pensaram que isso ia ser tão grande?
HATP: Sabíamos que Harry Potter é algo grande, mas nunca pensamos em converter-nos numa banda do qual se falaria na América Latina. Quando começamos simplesmente pensamos que iríamos tocar em pequenos shows nas bibliotecas da nossa área, e talvez uma festa de crianças, mas isso era tudo. Não sabíamos que iríamos ser tão bem recebidos fora da nossa terra local.

BH: Vocês também realizaram atos de caridade. Quais causas de caridade vocês apóiam e por quê?
HATP: Já que passamos tanto tempo tocando em bibliotecas do Estados Unidos, nos damos conta que os atos de caridade relacionados com a leitura seria o apropriado para trabalhar. Temos trabalhado para uma instituição chamada First Book, encarregado a doar livros para famílias de crianças com poucos recursos. Meu irmão Paul também é co-fundador da Harry Potter Alliance, que é uma instituição de nível mundial. Sua missão é organizar os fanáticos de Harry Potter do mundo inteiro com relação aos problemas de justiça social e política, em especial áqueles que tem semelhança com os problemas expostos nos livros de Harry Potter. Poe exemplo, o genocídio em Darur tem uma semelhança com as missões de genocídio do Voldemort dos livros e Harry Potter. A Harry Potter Alliance ajudou em uma campanha faz alguns meses para que as pessoas doassem dinheiro com o objetivo de que uma mulher em Darfur tivessem acesso á vida segura para suas famílias, pois do contrário estariam em perigo de violação ou assassinato.

BH: Todos os fanáticos Latinoamericanos querem mais Wizard Rock. Aonde podem obter sua música?
HATP: Nossa mússica está no site do iTunes. Também podem escutar nossos CDs em nosso website.

BH: Tens planos de visitar a Latinoamérica algum dia (realmente esperamos isso!)?
HATP: Atualmente não temos planos de viajar pela Latinoamérica, Mas se alguém quer nos levar, estaremos encantados de ir tocar lá!

BH: Tens planejado algum lançamento de novo CD?
HATP: Estaremos lançando alguns pequenos EPs como parte do EP de Rock Bruxo no Month Club. É um clube por subinscrição que apoia a Harry Potter Alliance.

BH: Podem mostra-nos em exclusiva algo do lançamento?
HATP: Essa canção se chama “Vomit”. É sobre a parte do livro 7 em que gente do Ministério desaparece sobre muitos vômitos [referente á cena que antecede entrada do Trio no Ministério]! Hahahaha!

BH: Finalmente, poderiam dar alguns conselhos aos fanáticos Latinoamericanos que sonham, para que eles não se atrevam a montar uma banda de Rock Bruxo?
HATP: Porque não se atrevam? Façam tudo o que podem!! Se colocam amor á sorte será grandioso! Sempre e quando provém do coração, as pessoas os reconhecerão e aprovarão! Se querem fazê-lo, pois FAÇA-NO! Não deveria ser difícil fazer a coisa que amam, porque pois amam fazê-la!