Filmes e peças ︎◆ O Enigma do Príncipe

Mais um set report de Enigma do Príncipe!

Depois de diversos set reports de sites internacionais sobre a visita aos Estúdios Leavesden no final de janeiro, é a vez do The Leaky Cauldron publicar uma prévia do que puderam ver sobre o sexto filme da série. Confiram um trecho abaixo:

Um monitor colorido mostrava caixas dos produtos Weasley; um anel pesado de pedra com uma quebra em forma de raio no meio; o esfarrapado e manchado livro de poções, os pequenos frascos cristalinos de líquido claro marcados como memórias…

CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE

A tradução na íntegra pode ser conferida em notícia completa!

HARRY POTTER E O ENIGMA DO PRÍNCIPE
Prévia do set report do TLC

The Leaky Cauldron ~ Melissa Anelli
31 de julho de 2008
Tradução: Daniel Mählmann
Revisão: Virág Venekey

Eu visitei o set de Harry Potter e o Enigma do Príncipe em Leavesden no final de janeiro desse ano; as filmagens estavam em curso a semanas, mas o futuro não era claro: o filme estava no meio da greve dos roteiristas, e ao mesmo tempo que o estúdio não tinha cortado a comunicação com o roteirista Steve Kloves, eles não estavam autorizados a falar com ele sobre os filmes Harry Potter, de acordo com o produtor David Barron.

Ainda assim os primeiros rumores sobre a divisão de Relíquias da Morte em dois filmes estavam por aí e vivos, e enquanto o estúdio se mantinha em silêncio, a perspectiva da divisão vazava em todas as conversas. Ficou claro naquela época que todos eram a favor da divisão.

“Tem sido discutido tanto por todos que trabalham aqui como tem sido por vocês, pessoal”, disse Dan Radcliffe. “Não existem subtramas óbvias que você possa tirar… se alguém poderá fazê-lo, é Steve Kloves. Depois que a greve dos roteiristas termine.”

O diretor David Yates disse que ele estava focado demais em EdP para pensar muito sobre isso, mas afirmou que a divisão em dois filmes poderia, “finalmente dar aos fãs uma experiência maior e mais enriquecida que abrange todos os cantos adoráveis aos quais Jo chega.”

Existe uma sensação iminente e horrípilante ao redor também: quase todos que nós entrevistamos para o nosso set report completo que virá em breve – que inclui Dan Radcliffe, Emma Watson, Rupert Grint, Tom Felton, Bonnie Wright, Matthew Lewis, Evanna Lynch, Jessie Cave, David Barron e David Yates – comentaram brevemente sobre a forma como a saga de filmes Potter será completa.

“Vai ser muito triste,” disse Rupert Grint. “Foram nove anos, e eu realmente gostei disso… vou sentir falta.”

Eu tenho visitado os sets desde o final de 2003, e em cada ano eles se baseiam nos anos anteriores: a Sala Comunal da Grifinória agora ostenta mais livros e jogos com temas mágicos em pequenos cantos que jamais serão vistos no filme; a Toca (que era nova para mim dessa vez, mas ainda assim ligeiramente diferente do que era em Câmara Secreta) parece estar mostrando o seu interior como uma poltrona velha, com pequenas explosões das parafernalhas dos Weasley em todos os lugares (Bonnie Wright as chama de “emaranhados”). A grande extensão de tela verde colocada no local utilizado para a casa era um dos maiores sets e, em seguida, tinha uma imensidão de rochas cristalinas que nós descobrimos serem o chão da caverna.

Antes disso, porém, temos Enigma do Príncipe vindo, e julgando apenas o que nós pudemos ver no set significa que estamos indo para, de novo, o melhor dos filmes Potter já produzidos. Um monitor colorido mostrava caixas dos produtos Weasley; um anel pesado de pedra com uma quebra em forma de raio no meio; o esfarrapado e manchado livro de poções, os pequenos frascos cristalinos de líquido claro marcados como memórias…

David Yates uma vez caracterizou esse filme como sendo o mais “sexo, drogas e rock’n roll” do que os Potters anteriores; ele alterou isso durante a nossa visita para “sexo, poções e rock’n roll.”

Emma Watson (Hermione Granger) concordou com a caracterização do filme feita por um repórter como a “comédia romântica de Harry Potter”, citando especificamente algum humor físico interpretado por Córmaco McLaggen durante a festa de Slughorn. “Eles estão ambos em negação sobre seus sentimentos”, diz ela sobre a dinâmica muitas vezes ciumenta entre sua personagem e Rony.

O vírus do romance está fazendo a sua volta nesse filme, com Dan falando sobre um rumo do roteiro indicando um momento de “cobrança estranha” entre Harry e Gina, quando eles se vêem pela primeira vez na Toca. Enquanto isso, Jessie Cave, que interpreta Lilá Brown, lançou-se literalmente, em beijar Rupert como Rony. Grint disse que ele estava comendo um monte de balas de menta se preparando para o momento, enquanto –

“Eu estava mais preocupado com uma rachadura de dente”, Cave disse.

“Ela está absolutamente se atirando nessas linhas”, Radcliffe disse da novata. “Aquelas falas que ela teve de dizer como Lilá Brown poderiam, se você fizesse algo menos do que se comprometer a elas absolutamente 100%, elas ficariam terríveis.”

Durante o dia, visitamos o cenário da caverna, o escritório de Dumbledore, a Toca “emaranhada” (disse Bonnie Wright), e muito mais. Observamos Rony enquanto andava tremulamente pelo Salão Principal imediatamente antes do seu primeiro jogo de Quadribol. Vimos o vestido de árvore de Natal de Luna; os ternos momentos entre Harry e Gina e as reflexões dos atores sobre eles; Draco passando o tempo na Sala Precisa, enviando pássaros através do Armário Sumidouro enquanto praticava; Lilá quase estiçalhando um dente quando beijou Rony; o enorme e cabeludo Fenrir e os zumbis secos e com mutações distorcidas que vão acabar como os Inferi.

Se o primeiro trailer é alguma indicação, esse é o filme de Harry Potter que vai começar a dirigir a série para o seu final natural e épico. Ao voltar atrás, visitando com o jovem Tom Riddle de olhos sombreados e crescendo a história voltando as suas raízes, estamos na direção de uma realização completa do âmbito da história. E isso será notável.

Fique ligado, pois isso é apenas o começo: à medida que nos aproximarmos do filme, nós vamos ter mais informações sobre o nosso tempo nos sets, e os detalhes deles, para compartilhar.