J. K. Rowling ︎◆ Livros

JK Rowling se opõe a classificação de livros infantis

De acordo com o The Scotsman, JK Rowling se uniu a vários autores, como Phillip Pullman, Anthony Horowitz, Terry Pratchett e Alan Garner, para protestar contra o plano de algumas editoras de incluir rótulos nos livros infantis indicando a idade apropriada para sua leitura.A autora assinou a petição ontem, cujo texto alega que o plano é “mal concebido, prejudicial aos interesses dos jovens leitores e altamente improvável de fazer a mínima diferença para as vendas.

A romancista Anne Fine declarou: “Estou absolutamente encantada por JK Rowling ter acrescentado seu apoio à campanha, mas não estou surpresa, pois todos nós sabemos que a idade dos leitores de seus romances é extremamente ampla.

CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE

As editoras infantis agora se dividem em três campos. Walker Books, que era oposta ao movimento desde o início, tem se juntado à editora de Rowling, Bloomsbury, e cerca de oito outras grandes editoras. Contra elas tem a Random House, Scholastic e Egmont. O resto da indústria editorial – dentre eles Puffin, Orion e Macmillan – é a favor de associar idades, a menos que os autores façam objeção.

A medida certamente privaria muitas crianças de lerem livros interessantes e que, injustamente, foram censurados para sua idade. Tomando Harry Potter como exemplo, dificilmente a série receberia classificação livre.

É um tanto injusto pensar na possibilidade das crianças serem privadas de sua leitura, quando muitos de nós viramos fãs nessa fase.