Filmes e peças ︎◆ O Enigma do Príncipe

McCrory explica sua motivação em participar de Potter

A atriz Helen McCrory, que interpreta Narcisa Malfoy em Harry Potter e o Enigma do Príncipe, foi entrevistada pelo Coutts Women. Ela falou sobre sua carreira e o que leva em consideração ao escolher um papel. A conversa acabou passando pela franquia Potter.

Fazer Harry Potter foi prazeroso de muitas maneiras, ela disse. Em primeiro lugar, é um filme de grande orçamento em uma indústria britânica dificultada pela falta de finanças. Criativamente, a Warner Brothers deixou a liberdade artística à equipe britânica de David Heyman e David Barron, algo que é muito incomum nos filmes da indústria norte-americana. E depois, há um número elevado de atores britânicos renomados trabalhando juntos em um único filme – algo praticamente nunca visto antes.

CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE

Helena está em Doc Martins, com cabelo desgrenhado e revirando os olhos, Alan Rickman como Snape que, se ele estivesse mais relaxado, seu coração poderia parar. Depois Jim Broadbent vai em sua direção abrindo a porta. É surreal. Esses são os atores que normalmente interpretam papéis importantes, e alguns têm quatro linhas aqui. Portanto, é incrivelmente criativo tanto a frente de atuação quanto de produção. Existe essa liberdade para criar, o que é bastante incomum para a Grã-Bretanha.

A tradução da parte que aborda a série escrita por JK Rowling pode ser lida em notícia completa.

HARRY POTTER E O ENIGMA DO PRÍNCIPE
Helen McCrory

Courtts Women
07 de julho de 2008

O próximo projeto de Helen é outra grande escolha. Ela interpreta Narcisa Malfoy no próximo filme Harry Potter, o Enigma do Príncipe, que chega em novembro. Originalmente escalada como Belatriz Lestrange no filme anterior, Helena Bonham Carter assumiu o papel quando a gravidez e a atuação agitada deixou Helen de fora.

Mas Narcisa se encaixa muito melhor. Ela é a irmã de Belatriz, a esposa de Lúcio, e a mãe devotada de Draco, por quem ela está disposta a sacrificar tudo – algo com o qual McCrory agora pode se identificar.

Fazer Harry Potter foi prazeroso de muitas maneiras, ela disse. Em primeiro lugar, é um filme de grande orçamento em uma indústria britânica dificultada pela falta de finanças. Criativamente, a Warner Brothers deixou a liberdade artística à equipe britânica de David Heyman e David Barron, algo que é muito incomum nos filmes da indústria norte-americana. E depois, há um número elevado de atores britânicos renomados trabalhando juntos em um único filme – praticamente nunca visto antes.

“Helena está em Doc Martins, com cabelo desgrenhado e revirando os olhos, Alan Rickman como Snape que, se ele estivesse mais relaxado, seu coração poderia parar. Depois Jim Broadbent vai em sua direção abrindo a porta. É surreal. Esses são os atores que normalmente interpretam papéis importantes, e alguns têm quatro linhas aqui. Portanto, é incrivelmente criativo tanto a frente de atuação quanto de produção. Existe essa liberdade para criar, o que é bastante incomum para a Grã-Bretanha.”

Narcisa é o papel que vai trazer Helen de volta nos dois próximos filmes Harry Potter, ao lado de uma aclamação maior, sem dúvidas.