J. K. Rowling

Rowling é premiada por grupo de ativistas homossexuais

Quando JK Rowling contou ao mundo que Dumbledore era gay, em resposta à pergunta de uma fã em Nova York durante a turnê do livro Harry Potter e as Relíquias da Morte pelos Estados Unidos, talvez não fizesse idéia da repercussão que isso iria gerar.Já vimos dezenas de notícias mostrando as conseqüências; reação dos atores, editoras, outros autores e diversos jornais e revistas conceituados.

As opiniões são das mais diversas, mas parece haver uma certeza; Jo, com essa declaração, ajudou a tentar criar uma nova imagem da homossexualidade. Em razão disso, o grupo ativista homossexual Fondation Emergence de Quebec, no Canadá, concedeu o prêmio de “Luta Contra a Homofobia” à autora.

CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE

A entrega foi realizada no dia 16 de maio como parte do evento em comemoração ao Dia Internacional Contra a Homofobia, mas Jo infelizmente não pôde estar presente; em seu lugar, três fãs homossexuais de Harry Potter receberam o prêmio.

JK ROWLING
Autora de Harry Potter ganha Prêmio Antihomofobia de Quebec

Life Site News ~ Thaddeus M. Baklinski
20 de maio de 2008

Ativistas homossexuais no Canadá estão se esforçando na tentativa de achar uma nova maneira de promover a sua agenda.

Joanne Kathleen Rowling, autora da série Harry Potter, recebeu o prêmio “Luta Contra a Homofobia” pelo grupo homossexual Fondation Emergence de Quebec, por conta do seu pronunciamento, no outono passado, de que o professor Dumbledore, o “bom” bruxo de suas histórias, era um homossexual.

Quando acusada de usar a declaração politicamente correta para gerar mais publicidade após a conclusão da série, Rowling disse “Dumbledore é o meu personagem. Ele é o que é e eu tenho o direito de dizer o que disse sobre ele”, e que qualquer um que discorde pertence à “orla lunática” do cristianismo.

Rowling explicou à mídia que a revelação foi muito “libertadora” para ela e que apenas certas pessoas vão ver Dumbledore de forma diferente em função dos novos detalhes sobre seu personagem. Referindo-se à amizade da juventude de Dumbledore com o mau Grindelwald, Rowling disse “Eu acho que uma criança verá uma amizade, e acho que um adulto sensível pode entender bem que se tratava de uma paixão cega.”

Rebecca Traister, colunista no salon.com, chamou o pronunciamento de Rowling “fazer isso foi um truque puramente filosófico, mas também econômico, uma vez que todas as crianças que poderiam ter sido afastadas do material que já haviam lido.”

Quando convidada pela Fondation Emergence para receber o prêmio, Rowling encaminhou seus agradecimentos, mas disse que lamenta estar impedida de comparecer a cerimônia. Três fãs homossexuais de Harry Potter vão receber o prêmio em seu nome.