J. K. Rowling ︎◆ Livros

Ganhador de prêmio literário britânico acha Potter entediante

O ganhador do prêmio Children’s Laureate, Michael Rosen, comentou sobre escritores em destaque da atualidade na sua turnê pela Escócia para incentivar a leitura entre estudantes, e passou pelo nome de nossa autora favorita, JK Rowling.
Rosen disse ao The Times que a série criada por Rowling merece créditos pela vontade que produz nas crianças e adolescentes para ler, mas foi seu único comentário positivo.

Enquanto autores como Enid Blyton são narradores de mão cheia que levam as crianças a ambientes seguros, JK Rowling é mais uma escritora adulta em que o deixa pendurado no ar no fim dos capítulos sem idéia do que vai acontecer a seguir.

CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE

Pessoas aparecem e você não sabe se elas são boas ou más, tradicionalmente você pensaria ‘Isso é para um leitor mais velho’, porque as crianças jovens muitas vezes não podem lidar com isso. Minha filha de sete anos assiste aos filmes, mas eles tendem a encantar um pouco mais. Eu não tenho lido os livros para ela, eu não iria querer entendiar meus filhos.”

Leia em notícia completa o artigo na íntegra.

HARRY POTTER
Vencedor de prêmio Children’s Laureate fala sobre livros de Rowling

The Sunday Times ~ Stuart MacDonald
18 de maio de 2008
Tradução: Daniel Mählmann
Revisão: Thaís Urano

O Children’s Laureate clama que a série de JK Rowling é “entediante” e os personagens ambígüos

No ano passado, por um painel de figuras liderantes em uma indústria editorial, ele disse que não sentiu conexão emocional com os livros e acreditava que a maioria das crianças jovens lutariam para lidar com desafios dos livros e, muitas vezes, temas sinistros.

“Pessoalmente, eles não me prenderam”, disse ele. “Eu estou longe deles enquanto eu leio alguns livros infantis e sou completamente atraído emocionalmente a eles.”

“Enquanto autores como Enid Blyton são narradores de mão cheia que levam as crianças a ambientes seguros, JK Rowling é mais uma escritora adulta em que o deixa pendurado no ar no fim dos capítulos sem idéia do que vai acontecer a seguir.”

“Pessoas aparecem e você não sabe se elas são boas ou más, tradicionalmente você pensaria ‘Isso é para um leitor mais velho’, porque as crianças jovens muitas vezes não podem lidar com isso. Minha filha de sete anos assiste aos filmes, mas eles tendem a encantar um pouco mais. Eu não tenho lido os livros para ela, eu não iria querer entendiar meus filhos.”

Rosan sucedeu Jacqueline Wilson como o quinto Children’s Laureate. O posto, que atrai uma quantia de £10.000, envolve campeonatos de leitura e escrita para crianças. O autor de 62 anos começou sua nomeação atacando ensaios e sintéticas da teoria do som, o programa extremamente bem sucedido que foi pioneiro na Escócia.

Falando durante uma excursão à Escócia para promover a leitura entre escolas de crianças na semana passada, Rosen disse que enquanto os livros de Harry Potter merecem créditos por incentivar uma geração de crianças a ler, ele temeu que o seu sucesso pudesse impedir que os mais jovens descobrissem outros autores.

Shami Crackabarti, diretora do grupo de direitos humanos Liberty e presidente do grupo de juízes que escolheram Rosen como Children’s Laureate, disse que os livros abrangeram temas universais, que os tornam leituras ideais para todos os grupos etários.

“Eu concordo que as crianças não devem terminar sua leitura com JK Rowling, mas a prova final é que muitas tem começado com seu o trabalho”, ela disse.

“As histórias são atadas com temas contemporaneos que têm ressoado com leitores de todas as idades na última década. Racismo, os desafios de diversidade e os dilemas da guerra no terror estão todos para ser encontrados ocultos no mundo mágico de Harry Potter.”

Randall Stevenson, professora de Literatura Inglesa na Universidade de Edimburgo, também elogiou os romances: “Eles não são exatamente um Senhor dos Anéis, mas acho que merecem seu sucesso.”