J. K. Rowling

JK Rowling ajuda órfãos do Leste Europeu

Conforme viemos acompanhando, JK Rowling dedica parte de sua fortuna para ajudar crianças carentes ao redor do mundo, dentre elas, os órfãos que eram mantidos em camas com grades em instituições psiquiátricas na República Tcheca.Após grande mobilização em 2005, a autora, juntamente com a Baronesa Emma Nicholson, da Romênia, fundou o Children’s High Level Group, que trabalha em grande escala para garantir os direitos infantis definidos na Convenção das Nações Unidas e outros órgãos internacionais.

O jornal The Sun noticiou que Jo vai conversar hoje com a primeira-dama da Romênia, Ioana Tariceanu, no número dez da Downing Street para promover a causa do Leste Europeu, e também mostrou os sentimentos e planos de Jo e Sarah Brown, esposa de Gordon Brown (Primeiro-Ministro do Reino Unido).

Continue after the AD

O plano é ajudar equipamentos que cuidam de problemas de saúde nos países do Leste Europeu, que podem liderar as deficiencias. O Sr. Brown também quer apoiar esforços para parar com o abandono de bebês em hospitais.

Um pertencente às atividades da Downing Street disse: “Esse é um assunto pelo qual Sarah e JK são apaixonadas. Elas estão gratas pela disposição do governo romeno em engajar discussões sérias sobre isso.

Outra grande ajuda da autora em 2007 foi leiloar o sétimo exemplar de Os Contos de Beedle, o Bardo e doar o valor arrecadado (£1.95 milhão – aproximadamente R$ 7.028.229) à campanha de caridade The Children’s Voice, realizada pelo Children’s High Level Group.

Aos interessados, clique em notícia completa para saber mais sobre a causa.

JK ROWLING
Lançamento do Children’s High Level Group

JKRowling.com ~ Novidades
25 de janeiro de 2006

Nos dias 25 e 26 deste mês estarei em Bucareste, capital da Romênia, para ajudar no lançamento do Children’s High Level Group. Esta será uma breve viagem na qual irei também ajudar a arrecadar fundos para o Grupo num jantar de caridade.

Em 2003 eu li um artigo no Sunday Times britânico sobre o uso de camas com grades em instituições psiquiátricas na República Tcheca. O artigo alegava que crianças de dois anos de idade eram mantidas nestas camas, sem contato físico ou conforto, durante a maior parte do dia e da noite. A foto que acompanhava o artigo – de um garotinho olhando através de uma rede de fios para câmera – ainda está clara em minha mente; de fato, foi tão perturbador que quando meus olhos caíram sobre ela, meu instinto imediato foi virar a página imediatamente para não ver aquilo.

No entanto, envergonhada do meu impulso covarde, eu peguei o jornal e li o artigo do começo ao fim, jurando que se o texto estivesse compatível com a figura, eu tentaria fazer alguma coisa sobre o problema.

Não é preciso dizer, a história detalhando o aperto de crianças mentalmente desfavorecidas presas em jaulas deixou a leitura terrível. Então comecei a escrever cartas, primeiramente para todos os Membros do Parlamento Europeu da Escócia e depois para o Embaixador, Primeiro-Ministro e Presidente da República Tcheca.

Esta agitação com as cartas me fez conhecer a Baronesa Emma Nicholson, que vem trabalhando com problemas semelhantes na Romênia, resultando em melhoras importantes no bem-estar e proteção infantil naquele país. Ela me pediu para entrar no Children’s High Level Group que irá trabalhar numa escala bem maior para garantir os direitos infantis definidos na Convenção das Nações Unidas e outros órgãos internacionais.

Os problemas sociais que levam ao alojamento de crianças em instituições são complexos e não serão resolvidos rapidamente; mas esta é uma boa razão para começar o mais rápido possível. Atualmente há um grande acordo entre os especialistas da saúde infantil que danos irreparáveis são causados às crianças que vivem nestas instituições sem os pais. O Children’s High Level Group irá dividir o conhecimento e experiência acumulados nos últimos anos na área de proteção dos direitos infantis e irá trabalhar com outros órgãos internacionais para realizar mudanças significativas para o maior número de crianças possível.

JK ROWLING
Sobre o The Children’s Voice

Catálogo do livro de contos ~ Potterish.com
13 de dezembro de 2007
Tradução: Renata Grando

A campanha de caridade The Children’s Voice é realizada pelo Children’s High Level Group, que foi co-fundada em 2005 por J.K. Rowling e MEP Emma Nicholson.

Nós lutamos por direitos infantis nas Europa, particularmente Europa leste, onde cerca de um milhão de crianças e adolescentes estão crescendo em instituições, às vezes em condições inaceitáveis. Um dos nossos principais objetivos é tirar crianças das instituições e colocá-las em famílias amáveis, através da construção de sistemas que assegurem que os pais possam cuidar de suas próprias crianças e melhoras e encorajamento de programas de programas de adoção nacional para crianças que são separadas de suas famílias.

A campanha The Children’s Voice é mantida inteiramente através de doações públicas. Ajudando-nos arrecadar dinheiro você está fazendo uma grande diferença. Você também esta ajudando a mudar a vida de vulneráveis crianças agora e no futuro.