Livros

Falece famosa autora de “O Livro Mágico – Harry Potter”

Hoje faleceu a famosa autora italiana do livro “O Livro Mágico – Os Segredos do Mundo de Harry Potter“, Edi Vesco, que fez sucesso em todo mundo, inclusive no Brasil, contando segredos, receitas, dicas e outras informações sobre a série Harry Potter.

O filho adolescente da autora e tradutora que popularizou o mundo de Harry Potter na Itália supostamente confessou tê-la atingido com uma garrafa de vinho e cometido o homicídio contra sua mãe.

Recentemente, Edi Vesco, 52, a famosa escritora e editora da Sperling and Kupfer Editori, tinha feito algumas alusões em seu famigerado blog, de forma benigna, sobre suas dificuldades no relacionamento com seu filho de 18 anos, com quem ela dividia um apartamento em Milão.

Continue after the AD

A senhora Vesco escreveu uma série de livros e traduziu as biografias de Catherine Deneuve e Gerar Depardieu, mas ficou mais conhecida por seu trabalho, em 2002, intitulado “Il Magico Libro Del Mondo de Harry Potter” (“O Livro Mágico – Os Segredos do Mundo de Harry Potter“), anunciado como o guia mais completo do mundo sobre o menino bruxo de J.K. Rowling.

O trabalho, que foi publicado no Brasil pela José Olympio Editora, inclui excertos que a senhora Vesco traduziu dos livros de Harry Potter e explanações sobre a bruxaria nos títulos, assim como quizzes, jogos e palavras cruzadas.

Desde já o Potterish deseja os mais sinceros votos de pêsames a família de Edi Vesco sobre este terrível acontecimento e lamenta pelo ocorrido. Confira mais informações em notícia completa.

EDI VESCO
A mestra italiana de Harry Potter é “morta pelo filho com uma garrafa de vinho”
The Independent – John Phillips
04/01/2008
Tradução: Bruna Moreno

O filho adolescente de uma tradutora que popularizou o mundo de Harry Potter na Itália supostamente confessou tê-la atingido com uma garrafa de vinho e cortado sua garganta.

Recentemente, Edi Vesco, 52, a famosa escritora e editora da Editora Sperling and Kupfer, tinha feito algumas alusões em seu famigerado blog, de forma benigna, sobre suas dificuldades no relacionamento com seu filho de 18 anos, com quem ela dividia um apartamento em Milão.

A polícia disse que o estudante, identificado somente por suas iniciais LG, trancou o apartamento depois do assassinato na terça-feira e tomou um trem para o norte da cidade da Brescia. Aparentemente, ele se entregou à polícia “em um estado confuso” posteriormente naquela mesma noite e confessou o assassinato.

Ele foi acusado de homicídio doloso e de tentativa de abuso sexual, de acordo com as fontes judiciais. O jornal Corriere della Sera disse que o jovem contou às autoridades que ele tentou estuprar sua mãe e depois a acertou com uma garrafa de vinho espumante, mas que “não conseguia se lembrar” por que ele a teria matado.

Um investigador descreveu o caso como “uma história realmente assustadora – um drama familiar apavorante” e disse que o assassinato aconteceu no clímax de uma briga, causada quando o garoto contou à mãe que planejava deixar a escola e estudar sozinho para os exames finais.

A senhora Vesco escreveu uma série de livros e traduziu as biografias de Catherine Deneuve e Gerar Depardieu, mas ficou mais conhecida por seu trabalho, em 2002, intitulado “Il Magico Libro Del Mondo de Harry Potter” (“O Livro Mágico – Os Segredos do Mundo de Harry Potter”), anunciado como o guia mais completo do mundo sobre o menino bruxo de J.K. Rowling.

O trabalho inclui excertos que a senhora Vesco traduziu dos livros de Harry Potter e explanações sobre a bruxaria nos títulos, assim como quizzes, jogos e palavras cruzadas.

Em seu blog, a Senhora Vesco recentemente mencionou que tinha “vários probleminhas sérios para resolver”, mas aparentemente não os levou a sério, comparando-os a sua perícia como cozinheira.

“O que eu sei fazer direito? Quando eu perco a cabeça, sou tentada a falar desastres. Meu filho fala ‘desastres’ mas também lasanha, nhoque de batata e molho de marisco,” ela escreveu.

Os vizinhos descreveram a escritora e seu filho como personalidades “calmas”. A polícia disse que o adolescente não tinha antecedentes criminais, mas que era uma figura “introvertida”. Segundo boatos, ele falou sobre seus planos de deixar a escola em um e-mail intitulado “Delírio de Onipotência” que mandou a seu pai, que era separado da senhora Vesco.

A mensagem incluía citações de Sócrates, Einstein e Nietzche, e descrevia o que o garoto chamou de seu “esclarecimento” perante o caminho que tinha escolhido seguir pela vida.

Por alguns anos, na época do Natal e das férias de verão, a Itália tem sofrido com violentas tragédias familiares, que estouram sem nenhuma razão evidente.

A Ministra da Família do país, Rosy Bindi, disse aos repórteres estrangeiros recentemente que a onda de assassinatos insensíveis era “um sinal de que a família se tornou frágil” na Itália, apesar da predominante reputação do país católico de sustentar valores familiares.

“As famílias geralmente são isoladas e necessitam de ajuda”, ela disse.