J. K. Rowling

Rowling sabia “muito antes” que Dumbledore era gay

JK Rowling esteve hoje em Toronto, no Canadá, fazendo a última parada do “Open Book Tour” do livro Harry Potter and the Deathly Hallows. O The Star publicou um artigo baseado na coletiva de imprensa realizada esta manhã, durante a qual a autora foi questionada várias vezes sobre a opção sexual de Dumbledore.

Não estou brincando,” Rowling contou em uma conferência terça-feira no Festival Internacional de Autores.“Eu sei que foi uma coisa positiva eu ter dito isso por pelo menos uma pessoa, porque um homem ‘se revelou’ no Carnegie Hall.” 

A Reuters também publicou um artigo, por sua vez, dando mais detalhes sobre as declarações de Jo durante a coletiva:

CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE

Com certeza nunca foi novidade para mim de que um homem corajoso e brilhante poderia amar outros homens.

Rowling recusou-se a dizer se a “opção sexual” de Dumbledore poderia afastar aqueles que desaprovam homossexualidade. “Ele é meu personagem. Ele é o que é e eu tenho o direito de dizer o que digo sobre ele,” disse ela.

As pessoas queriam tanta informação antecipadamente à história, que só para manter minha sanidade e minha atenção na minha própria trama, eu não deixei escapar muita coisa antes da hora.

Leiam a tradução na íntegra dos dois artigos clicando em notícia completa!

Atualizado: A CBC divulgou um vídeo que mostra grande parte da coletiva em Toronto. Para assistí-lo, clique aqui.

Este artigo contém spoilers!
Se mesmo assim deseja lê-lo integralmente, clique no link acima.
Para mais informações ou dúvidas, consulte nossa Política Anti-Spoilers.

J. K. ROWLING
Rowling sabia antes que Dumbedore era gay

The Canadian Press ~ Victoria Ahern
23 de outubro de 2007
Tradução: Renata Grando

JK Rowling diz que sua repentina revelação sobre Alvo Dumbledore, um dos personagens chave na sua série Harry Potter, fez pelo menos um fã sair do armário.

“Eu sei que foi uma coisa positiva eu ter dito isso por pelo menos uma pessoa, porque um homem ‘se revelou’ no Carnegie Hall,” Rowling contou em uma conferência terça-feira no Festival Internacional de Autores. “Não estou brincando.”

Rowling revelou a sexualidade de Dumbledore semana passada, enquanto respondia a perguntas de fãs na lendária New York Avenue. Na terça-feira, a autora disse que sabia “muito antes”, enquanto escrevia, que Dumbledore era gay, mas não sentiu que precisasse contar isso aos leitores.

A bomba de Dumbledore tem espantado fãs Potter pelo mundo inteiro e deixou muitos se perguntando porque Rowling esperou até a conclusão de sua série de sete livros para revelar a sexualidade do diretor de Hogwarts.

Questionada sobre a revelação do momento, Rowling disse: “Me fizeram uma pergunta bem direta no Carnegie Hall.”

A autora, moradora do Reino Unido, elegantemente vestida em um vestido marrom e botas combinando, ficou impaciente com os repórteres que persistiam no assunto, dizendo que não sentiu que precisasse ser explícita sobre as preferências sexuais de Dumbledore porque queria focar no desenvolvimento do personagem.

“Se você fosse um autor então você entenderia que quando você escreve o fim, chega no fim,” ela disse.

Dumbledore, Rowling agora revelou, já foi apaixonado pelo bruxo das trevas Grindewald, algo que alguns fãs de cannon Potter já suspeitavam.

“O enredo é o que é,” disse Rowling. “(Dumbledore) de fato teve, como eu digo, essa trágica paixão cega, mas essa foi uma parte chave para o final da história, então aí está. Por que eu colocaria a parte chave do fim da minha história no Livro 1?”

Rowling disse terça-feira que achou “libertador” contar sobre Dumbledore, acrescentando que as passagens sobre ele vão ter diferente significados para diferentes leitores.

“Eu acho que uma criança vê uma amizade e eu acho que um adulto sensível pode muito bem entender que foi uma paixão tola,” ela disse.

Após a conferência com a imprensa, Rowling leu trechos de “Harry Potter and the Deathly Hallows” para centenas de jovens fãs em um teatro no centro da cidade.

Durante a leitura, Rowling recebeu perguntas cobre os livros, mas o assunto da sexualidade de Dumbledore não foi levantado.

Em vez disso, perguntaram-na qual morte foi a mais difícil de escrever – Dobby o elfo, veio a resposta – e sobre as complicadas regras do jogo de Quadribol.

Rowling brincou dizendo que apenas uma mulher poderia ter inventado o jogo porque requer tantas tarefas múltiplas, gerando risadas na multidão reunida, que incluía jovens crianças, adolescentes e membros da indústria de publicação e religiosos.

Ela também brincou dizendo que teve a idéia do Quadribol após uma discussão com um ex-namorado, levando-a a fazer um jogo um tanto quanto violento.

Quando Rowling foi perguntada sobre o que ela estaria fazendo hoje se não fosse famosa, ela respondeu que ainda estaria ensinando e escrevendo no seu tempo livre porque ela ama muito escrever.

“Foi realmente interessante – e ela foi realmente engraçada,” disse Danielle McNally, 17 anos.

“Ela leu uma parte onde ela estava lendo as vozes e sendo Hermione e Rony e ela realmente entrou nisso. Ela lê as vozes deles muito bem, e ela tem um grande senso de humor. Eu não esperava isso.”

J. K. ROWLING
Dumbledore corajoso, brilhante; por que não gay: Rowling

Reuters ~ Martin Roberts
23 de outubro de 2007
Tradução: Renan C.C. Silva

TORONTO (Reuters) – J.K. Rowling, cuja série Harry Potter fez dela a primeira autora bilionária, disse na terça-feira que estava surpresa com o alvoroço em torno de seu anúncio de que o principal professor do menino bruxo, Alvo Dumbledore, era gay.

“Com certeza nunca foi novidade para mim de que um homem corajoso e brilhante poderia amar outros homens,” contou Rowling numa conferência de notícias em Toronto, onde ela está participando de um festival de autores.

Rowling, mãe de três filhos, fez a revelação inesperada em Nova York na sexta-feira, durante sua primeira visita aos EUA em sete anos.

Ela disse que Dumbledore já esteve apaixonado pelo bruxo agradável Gellert Grindelwald, mas os dois se tornaram rivais quando Grindelwald acabou se mostrando mais interessado nas artes das trevas do que nas boas. Dumbledore seguiu em frente para destruir Grindelwald.

As reações têm sido principalmente de apoio nos sites de fãs, como o The Leaky Cauldron (www.leakynews.com), onde a notícia da opção sexual de Dumbledore provocou mais de 3.000 comentários.

Rowling recusou-se a dizer se a “opção sexual” de Dumbledore poderia afastar aqueles que desaprovam homossexualidade.

“Ele é meu personagem. Ele é o que é e eu tenho o direito de dizer o que digo sobre ele,” disse ela.

Rowling disse que não fez revelações sobra a sexualidade de Dumbledore antes da sexta-feira, porque nunca a tinham questionado diretamente.

“As pessoas queriam tanta informação antecipadamente à história, que só para manter minha sanidade e minha atenção na minha própria trama, eu não deixei escapar muita coisa antes da hora”, disse ela.

O sétimo e último livro na saga do menino bruxo, “Harry Potter e as Relíquias da Morte” tornou-se o livro mais rápido a ser vendido na história depois de lançado em Julho, vendendo mais de 11 milhões de cópias nas primeiras 24 horas na Grã-Bretanha e nos Estados Unidos.

O quinto filme da série, “Harry Potter e a Ordem da Fênix” recebeu três indicações na segunda-feira para a premiação dos filmes da Grã-Bretanha, o Baftas.

Rowling disse que “provavelmente não” escreverá um capítulo anterior da série, mas não descartou isso.

“Não é (um capítulo anterior) um pouco como ‘Star Wars Episódio I’?”, ela ironizou. “Eu não vou dizer ‘nunca’, porque ‘nunca’ na minha vida age de forma contraditória e eu tenho imediatamente querido fazer tudo o que eu tenha dito que nunca faria.”

Rowling disse que pode trabalhar em uma enciclopédia de Potter para caridade, mas só depois de um longo intervalo.

“É como o fim de um casamento. É uma boa idéia não ver um ao outro por um tempo, então talvez vocês possam ser bons amigos depois,” disse ela.