As Relíquias da Morte ︎◆ Livros

Comunicado de Lia Wyler

A tradutora oficial dos livros de Harry Potter no Brasil, Lia Wyler, entrou em contato conosco para prestar esclarecimentos sobre alguns comentários da entrevista que nós publicamos no dia 29. Lembramos que o nome do capítulo em questão está com a cor de fundo do site, portanto é necessário selecioná-lo para lê-lo.

Ontem, compactando os arquivos do sétimo Harry Potter, percebi que o capítulo que mais gostei — A história do príncipe — é o capítulo 33.

Aproveito a correção para esclarecer que a tradutora conhece palavrões em português e em inglês; no entanto a série Harry Potter NÃO PODE conter palavrões, porque é comprado pelo MEC para uso em escolas da rede pública. “Bitch” foi traduzido por “VACA!”

CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE

Outra questão: Antes de ler o original de um livro não é possível dar títulos, mas apenas palpites. Insígnias teria sido coerente com a lenda arturiana de onde a autora extraiu muitos mitos (a espada de Gryffindor é um deles). Lendo o livro ficou óbvio que não se aplicaria. No entanto, o título atual não é melhor. A Morte (com letra maiúscula) não tem relíquias. Personagens recebem dons, dádivas, presentes, prendas de personificações do bem, do mal, da criaçao da extinção.