Livros

Série de Harry Potter poderá ser digitalizada

Já imaginou levar toda a história de Harry Potter num único bolso? Não, não estamos falando dos pocketbooks (livros de bolso), e sim de uma nova tecnologia em criação na Europa, segundo o site Tech News World.O Amazon e a Sony têm planos de revelar em breve um leitor de livros eletrônico wireless, um tipo de iPod literário que será vendido inicialmente no Reino Unido, onde se poderá armazenar cópias digitais de até 80 livros, ou 7.500 páginas.

Uma fonte próxima à Bloomsbury, que publica os livros de Harry Potter no Reino Unido, disse que a companhia também está pronta para adaptar trabalhos literários para a nova tecnologia, o que faz da série um grande alvo da publicação digital.

CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE

Para saber mais sobre a novidade, clique em notícia completa

Thanks, Wizard News.

HARRY POTTER
Harry Potter Pronto para ser Transfigurado para Digital

The Independent ~ Tony Glover
14 de setembro de 2007
Tradução: Raisa Garcia

O apetite do público por conteúdo digital, combinado com um livro eletrônico sem fio, vai permitir que vendedores de livros ofereçam downloads digitais instantâneos de todos os tipos de literatura em cafés, aeroportos, e claro, em livrarias, disse Jeremy Ettinghausen, diretor digital da Penguin (editora de livros). A Penguin começou o processo de digitalizar todos os seus livros e já oferece uma seleção limitada de downloads digitais em seu Website.

Harry Potter e seus amigos bruxos podem estar prestes a fazer um salto a sua publicação digital. O vendedor online de livros Amazon tem planos de revelar um leitor de livros eletrônico wireless, um tipo de iPod literário, que já tem editores do Reino Unido “se mexendo” para digitalizar sua linha inteira de títulos.

O aparelho, o qual fontes afirmam que poderia ser lançado tão cedo quanto mês que vem, iria seguir o recente lançamento Americano do Sony eBook Reader, uma máquina do tamanho de um livro, que armazena cópias digitais de até 80 livros e dura 7.500 páginas quando carregado.

Sony Também Planeja Lançamento
“Com Amazon e Sony, ambos informaram estar planejando lançamentos de leitores eletrônicos de livros no Reino Unido, nós estamos altamente positivos sobre o mercado para livros digitais,” disse Jeremy Ettinghausen, diretor digital da Penguin.

Uma fonte próxima à Bloomsbury, que publica os livros de Harry Potter no Reino Unido, disse que a companhia também está pronta para adaptar trabalhos literários para a nova tecnologia.

Uma Prateleira de livros em Seu Bolso
Ettinghausen acredita que viajantes não mais serão forçados a escolher que livros eles querem levar consigo em uma viagem. Eles poderão fazer o download de dezenas de volumes para um dispositivo, ocupando na bagagem um espaço de um só livro. Estudantes poderão colocar vários livros em um bolso no casaco.

Embora a transferência de conteúdo em formato eletrônico tenha resultado em grandes perdas para gravadoras como um resultado da expansão da pirataria, Ettinghausen é confiante que livros eletrônicos não irão tomar o lugar dos de papel, mas aumentar o apetite do público para a leitura.

Pequena Ameaça ao Tijolo-e-Cimento
Ele acredita que livros de papel têm uma essencial atração para seus donos, e também cita como o lançamento do Amazon, serviço de vendas na internet, nos anos 90, antecedeu a abertura de enormes livrarias em Londres, como Borders na Oxford Street e Waterstones na Picadilly. As predições da indústria na época foram de que as vendas na internet iriam forçar as grandes livrarias de rua a fecharem.

Amazon está atualmente guardando seu livro eletrônico, que acredita-se ser denominado “Kindle” e custar mais de 400 dólares, recusou a comentar sobre sua existência. No entanto, fontes da indústria americana estão prevendo um lançamento em outubro para um dispositivo que poderia fazer para a leitura o que o iPod fez pela música móvel.