Livros

Livros de Harry Potter podem virar ferramenta da Igreja

De acordo com o This is Lancashire, um vigário britânico está querendo usar a ficção do bruxo Harry Potter como uma ferramenta promocional da Igreja. No meio de tantas pessoas achando que a série trata assuntos satânicos, aparentemente isso não faz sentido algum, não é mesmo?
Mas para o reverendo Kevin Logan, da Igreja de Cristo que fica na rua Cannon, em Accrington, o herói adolescente de J. K. Rowling tem muitas similaridades com a figura religiosa Jesus Cristo – mas as referências da autora ao paganismo ainda poderiam deixar as crianças em perigo.

A Igreja da Inglaterra vem encorajando comparações entre as admiráveis qualidades de Harry Potter e Jesus, com o objetivo de criar uma rota moderna para os jovens no Cristianismo.

CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE

Mas, falando em sua newsletter da igreja, o Reverendo Logan disse: “Harry Potter tem uma riqueza de virtudes como lealdade, amizade, honestidade, verdade; a lista não tem fim. Resumindo os encorajamentos da igreja: Jesus ensinou com histórias, pessoas ainda as amam hoje – não sejamos deixados para trás.”

Para saber mais sobre esse caso, clique em notícia completa.

Thanks, Wizard News.

HARRY POTTER
Vigário chama para debate sobre Harry Potter

This is Lancashire ~ Sally Henfield
19 de setembro de 2007
Tradução: Raisa Garcia

Um Vigário está convocando para um debate sobre o uso do bruxo fictício Harry Potter como uma ferramenta de promoção para a Igreja.

O Reverendo Kevin Logan, da Igreja de Cristo com Cannon Street, em Accrington, disse que o herói adolescente de JK Rowling tem várias semelhanças com a figura religiosa Jesus Cristo – mas as referências da autora ao paganismo poderiam deixar crianças em perigo.

Cristãos comentam sobre o assunto estar sendo procurado enquanto o Reverendo Logan se prepara para atualizar seu livro sobre Paganismo e o Oculto. A Igreja da Inglaterra vem encorajando comparações entre as admiráveis qualidades de Harry Potter e Jesus, com o objetivo de criar uma rota moderna para os jovens no Cristianismo.

Mas, falando em sua newsletter da igreja, o Reverendo Logan disse: “Harry Potter tem uma riqueza de virtudes como lealdade, amizade, honestidade, verdade; a lista não tem fim. Resumindo os encorajamentos da igreja: Jesus ensinou com histórias, pessoas ainda as amam hoje – não sejamos deixados para trás.”

Muitos críticos literários acreditam que os sete livros de JK Rowling são alegóricos e cenas chave no livro final, Harry Potter e as Relíquias Mortais, imitam a ressurreição de Jesus Cristo.

O Reverendo Logan adicionou: “Missionários mais modernos agora parecem ter um mito pré-fabricado, o qual se baseia na conversão da mais jovem geração, hoje majoritariamente pagã”.
No entanto, o reverendo está preocupado que o fato de o livro se dar no mundo de bruxaria poderia ser prejudicial para qualquer mensagem Cristã.

“O épico Potter encoraja crianças a serem curiosas em uma área que Deus proíbe”, ele disse. “Isso é também um encorajamento para os vulneráveis e menores de idade aprenderem mais sobre paganismo e o oculto, os quais têm uma trilha de dano emocional e espiritual.”

JK Rowling admitiu ser Cristã e que os livros têm sim um tom religioso. Em uma entrevista no ano de 2000 ela disse: “Em todas as vezes que eu fui perguntada se acredito em Deus, eu disse que sim, porque eu acredito. Se eu falar muito livremente sobre isso, eu acho que o leitor inteligente, tenha ele 10 ou 60 anos, será capaz de adivinhar o que está por vir nos livros.”