Não categorizado

Nova entrevista com Dan, Emma e Rupert

O site da Comingsoon realizou três extensas entrevistas com os atores que interpretam o trio, nos livros da série. Quem havia pedido por mais destaque do trio, agora pode ficar sossegado, todos os detalhes delas podem ser vistos na notícia completa.

Daniel Radcliffe, Emma Watson e Rupert Grint contam todo o processo de envolvimento com este quinto filme, o relacionamento com o diretor, assuntos referentes ao sexto e sétimo livro, além de possíveis projetos futuros. Não deixe de conferir. Abaixo uma prévia:

CS: Você tem uma cena em que a personagem de Emma joga você na parede. Como foi filmá-la? Você estava com alguma corda ou algo assim?
Rupert: Sim (rindo), foi divertido fazer, engraçado. Toda vez que temos que fazer cenas assim é sempre legal. Eles me amarraram e basicamente, o que eles fazem, é pegar um carinha bem pesado para subir uma escada com uma corda amarrada e puxar e assim fazer a cena. Eu não sabia que faziam isso. Foi muito legal.

CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE

Para ler as entrevistas completas, clique aqui.

Este artigo contém spoilers!
Para mais informações ou dúvidas, consulte nossa Política Anti-Spoilers.

Atualizado: Temos 11 novos vídeos – com cenas inéditas – de Harry Potter e a Ordem da Fênix extraídos do site alemão RTL e disponíveis para visualização completa em duas partes pelo YouTube.
Para vê-los clique aqui e aqui.
Thanks, HPANA.

Atualizado 2: Você já pode visualizar uma série de novas vídeo entrevistas que circulam pela rede: cenas inéditas e uma entrevista com Daniel na CBBC Newsround, entrevistas com Rupert e Daniel na CBS, aqui e aqui, além do trio no Current Affair. Thanks HPFZ!

DANIEL, EMMA E RUPERT
Comingsoon ~ Heather Newgenww
25 de junho de 2007
Tradução: Paula

Visita ao set de Harry Potter 5 – Daniel Radcliffe


Daniel Radcliffe literalmente cresceu em frente a milhares de fãs sendo o personagem título dos filmes de Harry Potter. O ator conversou com a ComingSoon.net no set de Harry Potter e a Ordem da Fênix e nos falou o que podemos esperar desse quinto filme.

CS: Esse é um filme mais sombrio para seu personagem em particular, você está com raiva e tendo que lidar com muitas coisas. Pode falar sobre isso?
Daniel: Eu acho que Harry passa por muita coisa que muitos adolescentes passam nessa época. É claro que os sentimentos de Harry estão a flor da pele pelo fato que ele tem todos esses problemas na vida e tem pessoas tentando matar ele inúmeras vezes (rindo). Ele está incrivelmente revoltado o tempo todo. Nós fizemos uma cena no outro dia em que ele confessa a Sirius o que ele realmente sente, como ele se sente chateado por estar constantemente revoltado e como ele pensa que é possível estar se tornando uma pessoa má. Tem muita coisa acontecendo em sua mente e eu acho que, para mim como ator, faz algo mais interessante e acho que o público vai perceber que ele é um personagem carismático de se assistir.

CS: No filme anterior, uma grande sequência que você fez foi debaixo dágua. Tem alguma coisa comparada nesse filme que você precisou fazer ou não tem nada desse tipo nesse filme?
Daniel: Em um nível emocional, tem tantas coisas maiores faço no quinto filme, obviamente, o que acontece com Sirius e a reação de Harry com isso. Mas a maior cena de ação acontece entre Harry e Voldemort e Harry e os Comensais da Morte e a Ordem da Fênix. Vai ser algo espetacular.

CS: Você ficou triste porque o quadribol não vai fazer parte desse filme?
Daniel: Eu não fiquei particularmente chateado porque quadribol é uma parte muito muito dolorida de se fazer, então toda vez que leio um novo livro de Harry Potter e tem uma parte em que Harry é banido do time ou é jogo cancelado, parte de mim diz SIM (rindo). Mas espero que os fãs não sintam tanta falta porque está no livro, Harry para de jogar quadribol e quase já caiu de uma vassoura, acho que ele já superou isso.

CS: Suas cenas com Umbridge são apropriadamente pesadas?
Daniel: Sim, sem dúvida. Elas são muito sombrias e também excitantes e brilhantes. Imelda Staunton é uma das razões porque fazer esse filme tem sido meu favorito. Ela é uma atriz incrível e uma mulher maravilhosa.

CS: Ouvimos dizer que ela é tão legal que era difícil criar uma atmosfera de tensão perto dela?
Daniel: Acontece que, ela é uma atriz tão incrível que faz você a odiar em uns segundos. De verdade. Ela torna-se uma personagem bem desagradável. Então não… essa parte não foi tão difícil.

CS: Me desculpe perguntar sobre isso, mas você sabe que temos que perguntar sobre..
Daniel: Sobre o beijo?

CS: O grande beijo.
Daniel: Certo (rindo).

CS: Você pode dizer como foi filmar isso? Como foi pra você?
Daniel: Tem saído recentemente nos jornais da Inglaterra que eu havia dito Oh tive de beijar Katie 30 vezes e eu gostaria de deixar claro que você normalmente tem que fazer mais ou menos 30 takes de qualquer cena. Se é uma cena em que Darla tem que subir as escadas ou qualquer coisa porque acabou fazendo em vários ângulos. Então o que fizemos foi divertido. No início Katie e eu estávamos nervosos mas depois de quatro ou cinco takes nem nos importávamos mais, então foi tranqüilo.

CS: Durante as filmagens, você relê partes dos livros para ajudar a entender melhor seu personagem em algumas cenas? Você deixa seu conhecimento dos eventos que irão acontecer no sexto livro influenciar sua reação?
Daniel: Não. Eu nunca fiz isso porque simplesmente na vida real ninguém sabe o que vai acontecer daqui a uns anos, então seria errado interpretar Harry com um certo conhecimento do que vai acontecer com ele. Se reler o livro, tendo a não a fazer isso. O tempo que tenho para mim ler o livro é no período de pré-produção, então eu recebo o roteiro e leio e se tem algo que foi cortado vou até eles e digo tem uma cena que acho fantástica e adoraria que estivesse no filme e se é apropriado, será trabalhado. Ler os livros durante as filmagens é algo que não faço, simplesmente porque estou ocupado lendo o roteiro e decorando as falas.

CS: Você pode falar sobre como foi trabalhar com David Yates e como ele é comparado aos diretores anteriores? Todos tem estilos diferentes…
Daniel: Sim. David é outra razão para o filme ter sido o mais divertido de se fazer, na minha opinião. Ele meio quee exigia mais e mais do que qualquer outro diretor fez e não por culpa deles. Porque se eles tentavam exigir algo, provavelmente não conseguiam porque eu era mais novo e menos experiente. Agora estou em um estágio de vida em que posso fazer isso e David está tirando vantagem. É fantástico. Eu adorei trabalhar com ele.

Visita ao set de Harry Potter 5 – Ruper Grint

Rupert Grint ficou conhecido sendo Rony Weasley, o melhor amigo do jovem bruxo mais famoso do mundo, Harry Potter, nos filmes. A ComingSoon.net conversou com Rupert sobre o que seu personagem fará em Harry Potter e a Ordem da Fênix.

CS: Esse é o quinto filme. Como você faz para manter um clima legal e ainda se divertir fazendo?
Rupert: Definitivamente sim. Eu até sinto falta quando não estamos fazendo porque tenho grandes amigos nisso. É uma ótima atmosfera no set e é esse o motivo. Tem tido muitas mudanças nesse, novo diretor, novo roteirista e isso ajuda muito para mantê-lo empolgante. Esse está muito bom.

CS: Como a direção de David Yates tem sido diferente dos diretores anteriores?
Rupert: Comparado com Mike Newell, que dirigiu o quarto,é completamente diferente. Mike Newell é mais barulhento e não tem medo de gritar com você, mas ele era legal. David Yates é muito mais tranqüilo e calmo. Ele é ótimo.

CS: Você tem uma cena em que a personagem de Emma joga você na parede.Como foi filmar essa cena?Você estava com alguma corda ou algo assim?
Rupert: Sim (rindo), foi divertido fazer, engraçado. Toda vez que temos que fazer cenas assim é sempre legal. Eles mee amarraram e basicamente, o que eles fazem, é pegar um carinha bem pesado para subir uma escada com uma corda amarrada e puxar e assim fazer a cena. Eu não sabia que faziam isso. Foi muito legal.

CS: Você fez muitas cenas de ação?
Rupert: Sim, tem algumas partes que é a cena, mas tem mais para vir. Tem a cena dos testrálios. Eles colocaram uns adesivos em minhas pernas para fazer o efeito especial como se eu estivesse montando nos testrálios.

CS: Você gosta de fazer suas próprias cenas?
Rupert: Depende o que realmente seria. Se vai ser muito complicado, eu provavelmente deixo para os profissionais. Mas sempre que podemos fazemos, o que é bem divertido.

CS: Quantas vezes eles jogaram você contra a parede?
Rupert: Algumas vezes. Depois de fazer uma vez você meio que se acostuma.

CS: Você teve hematomas?
Rupert: Deu alguns machucados, mas tirando isso foi legal.

CS: Ouvimos falar que você gosta de video-game.
Rupert: Sim, adoro.

CS: Ouvimos falar que vocês foram ser modelos do jogo .Como foi para você?
Rupert: Foi muito legal. É estranho, meio que ver você em um jogo. Eu jogo ele bastante.

CS: Vocês fizeram as vozes também?
Rupert: Não. O que é uma pena, seria bem legal.

CS: Seu camarim é um em que todo mundo adora ficar.
Rupert: É bem legal. Tenho mesa de ping pong, dardos, sinuca e uma TV grande.

CS: Quais são suas impressões de quadribol e o fato dele ter sido cortado do filme?
Rupert: É uma certa pena. Eu estava ansioso para fazer quadribol mas virá depois. Tem muita coisa boa nesse filme, quer dizer, não dá pra colocar tudo.

CS: Qual sua cena favorita até o momento ou você está ansioso para fazer depois?
Rupert: Estou ansioso para os testrálios. E a Sala Precisa também é bem legal.

CS: No Hall das Profecias, no Ministério da Magia, é tudo um set digital, então você estava atuando em um cromaqui(fundo de tela verde em que se coloca imagens feitas no computador)? Você estava apreensivo sobre isso porque não é nada que fez antes?
Rupert: É uma novidade. Nós trabalhamos no cenário azul antes então já somos meio acostumados com isso. É até legal. Hoje nós fizemos umas cenas de luta e foi um tanto quanto interessante.

CS: Na última vez que nos falamos,você era bem interessado no rock.Que tipo de música você está ouvindo agora?
Rupert: Basicamente as mesmas coisas. Eu fui ao show do Foo Fighters dois meses atrás no estádio de Wembley. Gosto de Strokes.

CS: Você já fez alguma cena do Largo Grimmauld?
Rupert: Sim, elas também foram ótimas cenas de fazer. Todos os Weasley estavam juntos então era legal.

CS: Você teve cenas com Evanna?
Rupert: Sim, bastante até. Ela é muito legal. Tem bastante personagens novos nesse.

CS: Esse é o primeiro trabalho dela então como ela tem sido com todo mundo no set?
Rupert: Muito bem. Ela é perfeita para isso.

CS: Levou algum tempo para ela se adaptar com as coisas?
Rupert: Claro, isso tem isso assustador porque todo mundo conhece todo mundo. Mas ela se adaptou logo.

CS: Nós conversamos com os gêmeos e eles estão com projetos de trabalhar atrás das câmeras.Você já pensou nisso?
Rupert: Nunca cheguei a pensar nisso. Eu quero terminar os filmes Harry Potter e não sei. Eu fiz um filme depois do quarto chamado “Lições de Vida” de baixo orçamento e sem efeitos especiais e foi bem interessante. Eu gostaria de fazer outras coisas, então é esperar pra ver.

CS: Você tem algum projeto sem ser Harry Potter para o futuro?
Rupert: Ando muito ocupado agora. Normalmente você tem que tentar e fazer entre os filmes, mas depois desse nós vamos dar uma pausa porque Dan tem o teatro. Eu não sei, nós vamos esperar pra ver o que surge.

CS: Você já leu o sexto livro?
Rupert: Sim, já sim

CS: O que você acha do romance de Rony com Lilá?
Rupert: Bastante intenso! Isso vai ser divertido, bem interessante de fazer.

CS: Quando J.K Rowling foi para os estúdios, você teve a oportunidade de se encontrar com ela?
Rupert: Sim. Ela apareceu algumas vezes. Ela é muito legal, muito centrada. Sempre tem uma empolgação quando ela aparece.

CS: Ela chegou a dizer a você coisas para entender melhor seu personagem?
Rupert: Não. É sempre bom ver ela. Ela é sempre legal e ótima de conversar.

CS: Ela fez algum comentário sobre sua atuação do personagem?
Rupert: Não. Mas eu acho que ela está satisfeita.

CS: Nesse filme vemos você e Harry Potter fazerem a transição de crianças para adultos. Agora que você é mais velho tem algo que você se pode melhorar no seu personagem?
Rupert: Definitivamente. De uma certa maneira fica mais fácil, eu acho. Nesse último foi uma grande coisa a gente ter crescido e todos os momentos estranhos da adolescência eu acho. Tem muito mais agora.

Visita ao set de Harry Potter 5 – Emma Watson

Os fãs de Harry Potter viram Emma Watson interpretar Hermione Granger desde 2001 quando ela teve sua estréia no filme “Harry Potter e a Pedra Filosofal” e ela tem dando continuidade de mostrar suas habilidades de atuar nas sequencias do grande sucesso.

ComingSoon.net conversou com a jovem atriz no set de Harry Potter e a Ordem da Fênix sobre o que fãs podem esperar nesse quinto filme.

CS: Esse é um filme mais sombrio para você.Você e Ron tem algumas pendências…você jogou ele contra a parede?
Emma: Sim, sim eu fiz isso. Ele tem o grande erro de padronizar ela. Ele diz “Derroto você bem fácil.” quando eles estão duelando e ela fala : Certo..é isso. Você está acabado! e joga ele contra a parede. Isso foi um momento de total poder feminino,um de muitos desse filme.

CS: Você pode falar sobre filmar essas cenas?
Emma: Foi bem divertido. Muitas risadas.

CS: Você gostou de filmar as cenas de Defesa Contra Arte das Trevas?
Emma: Elas foram bem divertidas. Nós formamos um grupo e fizemos uns feitiços. Foi bem divertido.

CS: Nesse quinto filme você trabalhou com todo mundo agora, todos crescidos. O que foi divertido nesse tempo?Como você faz para ser divertido?
Emma: Eu acho que David Yates está fazendo ser divertido para mim. É incrível. Esse é meu quarto diretor e eles são tão diferentes. Ele é muito quieto, muito calmo. Pensa muito e sensível. Ele é muito fiel aos personagens e a atuação. Um verdadeiro diretor de ator. O que foi legal para mim. Ele faz a gente dar o melhor de si.

CS: Você se cansou de todo mundo que trabalhou depois desse anos?
Emma: Não. É legal. Nós tivemos uma longa pausa depois do quarto filme. Então foi ótimo voltar e rever todo mundo novamente.

CS: Enquanto o filme segue,você acha que sua personalidade foi tomada pela personagem ou vice-versa?
Emma: Todo mundo brinca comigo porque fui muito bem nas minhas provas. É meio que uma brincadeira nas últimas semanas, mas acho que isso é um elogio. Eu gostaria de pensar que ela é um modelo a seguir, definitivamente. Eu acho ela incrível. Eu não acho que todo mundo na tela pode competir com ela. Ela é a heroína na inteligência.

CS: Tirando o fato de ter atirado Rupert,qual foi sua cena favorita do filme?
Emma: Eu me diverti muito trabalhando com o treinador de movimentos (ele na verdade é um coreógrafo)na última cena de luta contra os Comensais da Morte. Ele incorporou algumas coreografias nos movimentos, na luta, nas cenas de ação. É muito interessante, na verdade, e foi muito divertido. As cenas de luta de Voldemort contra Dumbledore. Fiquem de olho.Será muito muito muito bom.

CS: O que acabamos de assistir você filmar?
Emma: Eles acabaram de pedir a Harry para fazer a Armada de Dumbledore e ele vai ensinar todo mundo o que fazer. É apenas a conversa e eu acho que David estava tentando colocar uma certa energia sensação de excitação de fazerem algo rebelde. Tem uma fala em que Hermione fala “É divertido quebrar as regras.” e Ron fala “O que você fez com Hermione Granger?”(rindo)

CS: Você pode falar da preparação que David fez para você nesse filme?Você tem sido essa personagem por um tempo.O que ele fez fez para você se desenvolver e ficar mais profunda?
Emma: Nós apenas conversamos. Eu acho que ele vê isso como algo bem valioso, ter três personagens que trabalham juntos e cresceram juntos. E que tem estado no mesmo filme por tantos anos. Ele adora isso porque ele adora a história e a profundidade de tudo que tem por trás. Cada personagem tem uma história agora. Então é algo realmente útil para dar total potencial.

CS: No quarto filme você teve de se vestir toda e dançar e ser bem feminina.Você tem alguma coisa assim nesse filme?
Emma: Não. Ela está de volta. Na verdade, Jany(Temime) que é a responsável do figurino disse que nesse filme Hermione é mais moleca. Ela quer ser um dos meninos. É um tanto quanto poderoso para Hermione. Ela é uma das que faz as coisas acontecerem. É bem similar ao que ela estava no terceiro filme, ela é algo como “Certo, nós faremos isso e vocês virão comigo” (rindo). Ela leva todos em todos os lugares então é bem legal. É uma personagem feminina poderosa.

CS: Agora que você passou nos testes,você pode pensar depois de Harry Potter?
Emma: Infelizmente, na Inglaterra, exames nível A são o próximo projeto. Eu não sei ainda. Eu tenho ainda um tempo para terminar eles.

CS: Você está olhando para outros projetos ou considerando aceitar outros projetos?
Emma: Sim, talvez. Nada que eu possa falar. Eu quero encontrar algo que realmente me faça querer fazer e seja especial. Veremos.

CS: Quando J.K Rowling foi ao set,você a encontrou?
Emma: Eu, infelizmente ,não estava lá. Eu a vi na celebração do aniversário da rainha onde fizemos aquela apresentação e tivemos uma boa conversa.

CS: Ela disse alguma coisa sobre o futuro de Hermione?
Emma: Não. Não disse nada.

CS: O que você acha que vai acontecer?
Emma: Bem, tem uma grande diferença do que poderá acontecer e que irá realmente acontecer. Eu gosto de pensar que Hermione e Rony acabarão juntos. Tem sido cinco filmes. Eu espero que ela use mais sua inteligência, sua determinação e força. Tudo que é legal nela e fazer algo incrível. Eu espero que ela encontre um trabalho que a desafie e a faça trabalhar muito.

CS: Tem momentos estranhos entre Hermione e Rony nesse filme?
Emma: Sim, tem sempre. Eu acho que o fato dela ter colocado Rony contra a parede foi algo do tipo. Ela estava muito zangada com aquilo e se descontando nele. É algo comum que eles tem. Ela dá a ele trabalho e vice-versa.

CS: Como são os novos atores que você trabalhou? Imelda? Evanna?
Emma: Evanna é Luna Lovegood. É até assustador. Não posso dizer, mas é incrível. Ela é um doce e muito divertida. Foi muito legal. Imelda Staunton, incrível atriz. Eu estava muito empolgada de trabalhar com ela. E também é muito engraçada. Ela faz todo mundo rir entre cenas o que é legal e sempre bom de ter ela por perto.

CS: Como foi tirar uma temporada durante os filmes, fazer seus exames e voltar?O tempo tirou sua concentração?
Emma: Não, me fez querer voltar. Voltar com vontade.

CS: Com que frequência você é reconhecida nas ruas?
Emma: Depende onde vou e o que estou fazendo. Algumas vezes. Eu ainda pego transporte público. Estou correndo por ai e fazendo minhas coisas. Algumas vezes, se você está no ônibus ou algo assim, pessoas vão até mim e “Haha..que engraçado, você parece a garota do Harry Potter.” As pessoas tem tanta certeza que algumas vezes me fazem rir, me fazem sorrir.