As Relíquias da Morte

Deathly Hallows em papel reciclado

O site do MSN postou uma notícia falando um pouco sobre como serão impressas o recorde de 12 milhões de exemplares da edição Americana de Deathly Hallows:

Imprimir tudo isso exige quase 16,7 mil toneladas de papel, mas pelo menos 65 por cento do total virá de origens que tiverem o selo do Forest Stewardship Council, dado a florestas social e ambientalmente bem manejadas, disse a editora Scholastic, numa parceria com a Rainforest Alliance.

CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE

Esse é o maior lote de papel com tal certificação já comprado para uma única impressão.

É realmente um grande passo para o setor editorial ter um livro deste tamanho, e que esse número, esse volume absurdo de páginas e (a respectiva) impressão possam ser em papel certificado pelo FSC, disse Kyle Gold, vice-presidente de comunicações corporativas da Scholastic.

A editora já usou papel reciclado antes, mas Good insiste que Harry Potter and the Deathly Hallows apresenta um desafio particularmente grande, devido ao gigantesco número de exemplares.

[ … continua]
E como sempre, Harry Potter and the Deathly Hallows nem foi lançado ainda e continua batendo muitos recordes. Ótima idéia da editora deicidir imprimir HP em papel reciclado.

Harry Potter está pondo sua mágica a serviço do setor editorial. O sétimo e último episódio da série, Harry Potter and the Deathly Hallows, sairá com uma primeira edição recorde nos Estados Unidos, de 12 milhões de exemplares.

Imprimir tudo isso exige quase 16,7 mil toneladas de papel, mas pelo menos 65 por cento do total virá de origens que tiverem o selo do Forest Stewardship Council, dado a florestas social e ambientalmente bem manejadas, disse a editora Scholastic, numa parceria com a Rainforest Alliance.

Esse é o maior lote de papel com tal certificação já comprado para uma única impressão.

É realmente um grande passo para o setor editorial ter um livro deste tamanho, e que esse número, esse volume absurdo de páginas e (a respectiva) impressão possam ser em papel certificado pelo FSC, disse Kyle Gold, vice-presidente de comunicações corporativas da Scholastic.

A editora já usou papel reciclado antes, mas Good insiste que Harry Potter and the Deathly Hallows apresenta um desafio particularmente grande, devido ao gigantesco número de exemplares.

Para ela, ter 65 por cento do material certificado já é um feito. Outras editoras não tiram um milhão de exemplares de um só livro. Então conseguir papel suficiente para imprimir 12 milhões de exemplares de um só livro ao mesmo tempo. É muito difícil adquirir essa quantidade.

Uma diretora da Rainforest Alliance, que participou da busca pelo papel certificado com a Scholastic, disse ter havido uma notável expansão das florestas ambientalmente bem manejadas nos últimos dois anos.

Uma das coisas realmente notáveis nisso é que, nos prazos bem apertados que (a editora) trabalhou para identificar quem conseguiria qual papel para eles, conseguimos encontrar quantidades significativas no mercado, disse Liza Murphy, gerente-sênior da Rainforest Alliance para o desenvolvimento de mercados de florestas sustentáveis.