As Relíquias da Morte ︎◆ J. K. Rowling

Artigo na Time Magazine

A revista Time Magazine trouxe um artigo interessante sobre o fim da série potteriana. O artigo comenta, dentre outras coisas, o impacto que o lançamento do sétimo e último livro trará. O scan do mesmo já está disponível em nossa galeria. Para vê-lo, clique aqui. Abaixo você confere um trecho do artigo.

(…) E mesmo depois da última página, os efeitos posteriores vão repercutir. O filme da Ordem da Fênix estréia dia 13 de Julho. Bandas de Rock Bruxo como the Remus Lupin (o álbum é Feitiços de uma Varinha Partida) fazem músicas potterianas. A web está tomada por gigabytes de fan fictions. O que começou com um livro, terminou com um movimento.

Para lê-lo na íntegra, clique aqui.

CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE

Obrigado, TLC.

ELA DIZ HALLOWS, ELE DIZ ADEUS

Foi há quase 10 anos que J.K. Rowling publicou Harry Potter e a Pedra Filosofal, tempo o bastante para que os leitores completamente tomados pela série não se lembrem de um mundo onde as corujas não faziam parte do sistema postal. Não é preciso o dom de adivinhação de Firenze para deduzir que haverá muito rebuliço no dia 21 de Julho, quando o sétimo e último livro da série, Harry Potter and the Deathly Hallows, será publicado. Rowling tem sido bastante reservada no que se refere a dar alusões envolvendo Hallows (uma vez, ela mencionou que a última palavra do livro será cicatriz, embora possa haver mudança), mas podemos ter certeza que ela continuará no mundo profundo e sombrio de Harry. A brincadeira acabou: não há passagens de quadribol em Hallows. Mais mortes seguirão a de Dumbledore. E mesmo depois da última página, os efeitos posteriores vão repercutir. O filme da Ordem da Fênix estréia dia 13 de Julho. Bandas de “Rock Bruxo” como The Remus Lupins (o álbum é Spells from a Broken Wand [Feitiços de uma Varinha Quebrada]) fazem músicas potterianas. A web está tomada por gigabytes de fan fictions. O que começou com um livro, terminou com um movimento.