A Ordem da Fênix ︎◆ Filmes e peças

Três novas fotos de OdF!

E a Warner recomeçou com a generosidade. A MSNBC disponibilizou três fotos novas dos quinto filme, em que o diretor de arte Stuart Craig discute suas inspirações. Para ler a tradução dos textos da matéria da MSNBC, clique aqui. Para conferir as fotos, clique abaixo:

O Átrio do Ministério da Magia

Corredor do Departamento de Mistérios

CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE

Harry na sala do Snape

Thanks MSNBC and TLC.

Tradução dos textos da MSNBC.

Primeira Página
O quinto filme de Harry Potter, Harry Potter e a Ordem da Fênix, não será lançado até 13 de julho, mas a NEWSWEEK conseguiu dar uma olhada exclusiva em alguns do sets, criados pelo diretor de arte ganhador do Oscar, Stuart Craig. Em Fênix, Harry (Daniel Radcliffe) deve defender ele, e Hogwarts, das restrições que induzem medo do governo bruxo, a insidiosa professora de Defesa Contra as Artes das Trevas Dolores Umbridge e o crescente poder de Lord Voldemort, que não está apenas infiltrando o ministério com seus seguidores, os Comensais da Morte, mas invadindo a mente de Harry também. Craig fez o design de todos os cinco filmes de Potter, e disse que uma das suas alegrias em criar um mundo mágico é que “o tempo não tem consequência. A Escola de Magia e Bruxaria de Hogwarts é parte medieval, parte vitoriana. As crianças se vestem com jeans e camisetas, como em 2007, mas eles estão cercados por tecnologia dos anos 50. Eles vão para a escola de trem a vapor. Todas essas coisas de períodos diferentes estão meio que espremidas juntas.” Ele está atualmente trabalhando no design do sexto filme, Harry Potter e o Enigma do Príncipe, que começa a ser filmado esse ano.

Dumbledore e a Suprema Corte dos Bruxos
Na corte na masmorra do Ministério da Magia, Professor Dumbledore (Michael Gambon) defende Harry, que está em julgamento perante o Wizengamot (Suprema Corte dos Bruxos) por ter usado mágica no mundo dos trouxas. Durante o verão, Harry, e seu primo que parece porco, Duda, foram atacados por dementadores na cidade de Little Whinging, e Harry os defendeu com um feitiço do patrono. É também nessa cena que Harry vê sua futura adversária, Professora Umbridge, pela primeira vez. Esse set fez uma aparição anterior em uma breve cena de julgamento no quarto filme, Cálice de Fogo.

Harry na sala do Snape
Voldemort esteve invadindo a mente de Harry, dando a Harry pesadelos em que ele é uma cobra, deslizando pelos corredores do Ministério da Magia, e atacando o Sr. Weasley, pai do seu melhor amigo Rony. Para ajudar Harry a se defender desses jogos mentais, Dumbledore ordena que Harry tome aulas secretas de Oclumência, no período noturno, do detestado professor de poções, Severo Snape. Nessa cena, que acontece no escritório de Snape, Snape tenta ensinar a Harry que ele deve limpar sua mente do mente do medo e da raiva para se proteger, mas as emoções de Harry estão tão fortes, que ele revela mais para Snape do que pretendia.

O Átrio do Ministério da Magia
Como uma escura e cintilante catedral enterrada abaixo das ruas de Londres, o átrio do Ministério da Magia é o cenário mais largo já construído para um filme de Harry Potter. Esse cenário para a climática batalha do filme é de enormes 210 pés de comprimento, e será aumentado digitalmente para parecer ainda maior. ´´É uma cidade subterrânea, realmente“ disse o designer de produção Stuart Craig. “É absolutamente cavernosa” O ministério é o centro do governo bruxo, o equivalente ao nosso (Estados Unidos) Capitol Hill. Tinha que parecer imponente. Filas de lareiras, aonde bruxas e bruxos chegam como viajantes na Grand Central Terminal, são decoradas com folhas de ouro, e Craig e sua equipe cobriram as altas paredes e arcos em azulejos cerâmicos em verde e vermelho escuro, similares aos azulejos de verdade usados nas estações de metrô de Londres no começo do século XX. “Elas eram cores vitorianas bem populares” diz Craig. “Muitas pessoas as vêem como pesadas e opressivas, e elas são.” Mas os escritórios curvados (na parte direita ao longe da foto) que têm vista para o átrio tiveram uma origem mais, uh, moderna. “Eu estava dirigindo perto de um Burger King no final de Oxford Street e Tottenham Court Road–um lugar bem não-inspirador–e eu olhei pra cima e lá estava essa incrível fachada vitoriana de trabalho com tijolos decorativos e janelas salientes.” ele diz. “Esse foi a semente da idéia”.

O Corredor do Departamento de Mistérios
Nessa cena, tirada próxima do final do filme, Harry está nas profundezas do ministério e vê, pela primeira vez, o longo corredor do Departamento de Mistérios, brilhando em azulejos de cerâmica preta, que esteve assustando seus sonhos o ano todo. Esse sonho guiará ele e seus leais amigos pelo corredor, até uma sala repleta de bolas de vidro –um cenário que será completado digitalmente no filme. Uma dessas bolas de vidro guarda a profecia que liga Harry com Lord Voldemort e que sela o destino de Harry. Esse corredor irá também no final levar Harry até sua maior batalha, e à morte de alguém muito próximo dele.