Não categorizado

Chat do Matthew Lewis

Há alguns dias, o ator Matthew Lewis (Neville Longbottom) participou de um bate-papo no MuggleNet. Ele falou como começou a atuar, curiosidades de bastidores, discutiu uma teoria sobre seu personagem e falou das fan fics. Para ler a tradução completa da transcrição clique aqui.

MATTHEW LEWIS
Bate-papo com Matthew Lewis

Tradução: Júlio

Como você vê o desenvolvimento do seu personagem em relação à habilidade no livro 5 e você espera interpretar este Neville no cinema?
Matthew: Eu acho incrível que o Neville tenha se livrado de sua imagem de bobo. É muito bom vê-lo finalmente como alguém útil do que alguém que piora as coisas, eu estou esperando pelo quinto filme, será interessante fazer quase um personagem diferente.

CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE

Você pretende continuar na carreira de ator após Harry Potter?
Matthew: Eu não tenho idéia. O quinto filme começará em fevereiro e tem mais dois livros que podem virar filmes. Eu terei que esperar e ver porque esse é um negócio instável e acho que se eu tiver oportunidade, provavelmente continuarei mas você nunca sabe como vai ser, vamos esperar pelo melhor.

Qual o último filme que você viu no cinema e gostou?
Matthew: O último filme que vi foi A Fantástica Fábrica de Chocolate, eu acho muito bom. No começo eu estava preocupado com Johnny Depp porque eu era um grande fã de Gene Wilder. Mas logo eu simpatizei com ele e achei seu Willy Wonka muito divertido e bem feito.

Como você e o resto do elenco original se adaptaram aos novos membros no Cálice de Fogo?
Matthew: Muito bem. Mike Newell decidiu que seria uma boa idéia fazer um grupo de discussão antes de começar a filmar. Pudemos conhecer Katie (Cho), Rob (Cedric), Stan (Krum) e os outros. Eles eram grandes pessoas e nos divertimos muito durante aquele período. Eu acho que aquilo ajudou bastante porque a gente se conheceu ao invés de ficarmos apenas juntos por horas filmando e eles se encaixaram perfeitamente. Espero vê-los no próximo ano.

O que ou quem o inspirou para começar a atuar?
Matthew: Bem, eu diria que foi meu irmão. Ele começou a atuar em peças na escola e o professor dele disse aos meus pais que ele deveria pensar em ir à aulas de drama e até ter um emprego de verdade. Então foi isso exatamente o que ele fez e como ele tinha menos de 16 anos, minha mãe teve que acompanhá-lo e eu sendo mais novo, tive que ir junto. A partir daí, eu sabia que queria fazer isso também, então eu entrei ao mesmo grupo de drama que meu irmão estava e o resto veio de lá.

No fórum do seu site oficial, você postou: “Quem quer saber meu nome do meio? Se querem mesmo saber então vou dizer mas tem que ter 20 pedidos começando agora!” Você nunca respondeu! Qual é seu nome do meio?
Matthew: Meu Deus, eu lembro disso e quando eu li a pergunta outro dia me senti mal por ter esquecido. Para todos aqueles que postaram respostas para aquele tópico, POR FAVOR ME PERDOEM!! Bem, como prometido, meu nome do meio é…… David.

Você se acha parecido com o Neville? Se sim, de que forma?
Matthew: De mais formas do que eu gostaria. Eu sou desajeitado e muito esquecido. Eu odeio isso, eu posso estar falando com alguém e de repente paro e pergunto “Sobre o que falávamos?” As pequenas coisas me distraem, pelo menos eu não tenho a mesma disposição nervosa que o Neville 🙂

Quais são algumas das coisas que acontecem no set que nós não vemos?
Matthew: haha, eu gosto desta pergunta. Bem, ano passado eu tive uma experiência de trabalho no estúdio como Assistente de Diretor, abridor de cartas e filmei e dirigi um documentário sobre o que fazemos fora do set. Não tenho certeza se irão assisti-lo algum dia, nem eu ainda assisti. Nós jogamos futebol nos corredores às vezes quando os tutores estão longe e temos uma sala com piscina e tênis de mesa, nada melhor do que bater Alfie Enoch na piscina e assistir Neighbours ao mesmo tempo.

Como é interpretar um bobo que todos gostam de tirar onda? As pessoas acham você igual ao Neville?
Matthew: É bom interpretar um personagem assim porque eu não era assim na escola (todos os meus colegas são bons) então é interessante saber como é alguém que é tratado com gozação. É bom também porque apesar de ser tratado assim, ele ainda faz a coisa certa e ajuda quando pode. Muitas pessoas me dizem que têm problemas na escola mas assistir o Neville serve como ajuda para eles e para mim isso é um trabalho bem feito, é a melhor recompensa pelo meu trabalho.

Sem contar que você se divertiu muito com a Gina no Baile de Inverno, Neville Longbottom não tem particularmente um papel glamuroso nas telas — de fato, é mais um papel cômico/atrapalhado — e você o faz muito bem. O que você faz para se preparar para fazer o Neville e ele é mais difícil ou mais fácil do que os outros papéis que você fez antes?
Matthew: Neville é interessante porque, como você disse, ele faz “um papel atrapalhado” mas ele não é idiota. Ele apenas tem dificuldade para se expressar devido aos seus medos. Até agora tem sido muito fácil fazer o Neville. No entanto, eu acredito que começará a ser mais desafiador no quinto filme com o lado emocional dele aparecendo. Iremos saber porque ele tem esses medos e o veremos em sua forma mais forte.

Por que todos os garotos de Harry Potter (você, James, Oliver, Dan, Rupert, Tom) deixaram o cabelo crescer? É como se isso fosse um novo estilo no mundo de Harry Potter?
Matthew: Eu não tenho idéia. Só me disseram para deixar o cabelo crescer pelo Alfonso Cuarón. Eu acho que ele gostou, e também o Mike Newell. Você está certa. É estranho, né?

Como você se sente ao assistir a si mesmo nas telas e ver o quanto cresceu desde Harry Potter e a Pedra Filosofal?
Matthew: Eu não consigo assistir a Pedra Filosofal, é terrível. Eu não acho que aquele hélio podia deixar minha voz mais alta. No futuro eu gostaria de assistir todos desde o começo e ver quão drasticamente todos mudam. Eu quis dizer que minha voz era terrível, não o filme.

Você já ouviu falar de fan fiction? Você lê? Sabe o que é slash
Matthew: Eu sei o que é fan fiction mas não li nenhuma. Eu já ouvi que são muito boas e as pessoas nos estúdios comentaram sobre elas antes. Eu acho incrível que as pessoas gostem tanto que acabam escrevendo suas próprias histórias e continuações baseadas naquele mundo. É realmente ótimo que as pessoas se esforcem em algo assim e como um fã de Harry Potter, eu provavelmente lerei algumas no futuro. E a palavra “slash” significa… o ex-guitarrista dos Guns N’ Roses e atual guitarrista do Velvet Revolver ou urinar? Eu não sei mesmo o contexto.

Se você pudesse ter um vira-tempo, o que faria com ele?
Matthew: Boa pergunta… o que eu faria? Eu voltaria no tempo e compraria uma churrasqueira a carvão ao invés de uma a gás? Porque com carvão o gosto fica melhor. Não sei mais se é uma boa pergunta.

Você se sente menos importante ou em competição quando filma com Daniel Radcliffe?
Matthew: De forma alguma! Dan é muito legal e um bom amigo. Ele faz seu trabalho muito bem e competir com ele seria muito difícil então eu não me incomodaria (porque sou preguiçoso) e porque também todos são legais uns com os outros, não há nem a idéia de competição. Eu costumo perguntar a ele se o que estou dizendo está correto. E eu me sinto menos importante? De forma alguma. Harry Potter é Harry Potter. Neville tem sua função na história e em alguns casos é uma função importante então não me sinto menos importante! 🙂

Quando você lê um livro de Harry Potter, e Neville é mencionado, você se visualiza?
Matthew: Eu estava um pouco preocupado em pegar o quinto livro porque aquilo seria exatamente o que eu iria fazer. Mas eu entrei tão profundamente na história que os personagens se tornam pessoas de verdade e eu esqueço que tenho a ver com aquilo.

Nos livros, Neville é descrito insistentemente como o “garoto mais esquecido” que Harry já conheceu — aparece quase tão frequentemente quanto a informação sobre os olhos da mãe de Harry. Outras pessoas que são descritas esquecidas (Berta Jorkins como uma delas) foram sujeitas a poderosos feitiços de memória. Você acha que esse é o caso com o passado de Neville? — possivelmente administrado para esquecer a tortura dos pais?
Matthew: Uma teoria muito interessante. Eu pensei sobre isso após ler um livro que o MuggleNet me deu. Ele mencionava essa teoria e pareceu bem razoável. Faria sentido, seus esquecimentos se encaixam com um dos sintomas de um feitiço de memória, mas eu acho que teremos que esperar. Isso me deixou curioso e espero descobrir no livro 7.

Você lê os livros que ainda não viraram filmes e pensa como os filmes daqueles livros serão (por exemplo, “Eu espero não ter que fazer isso…” ou “Isso é engraçado; quero filmar!”) ou você entra completamente nos livros esquecendo a realidade?
Matthew: É exatamente como eu sinto. Eu me perco completamente na história e embora eu veja os outros como seus personagens (Dan, Rupert, etc), eu não me vejo como Neville e eu gosto disso porque não faz perder a capacidade de compreensão. Somente quando eu termino, é que penso sobre fazer as coisas do livro no futuro.

O elenco costuma sair junto fora do set?
Matthew: Sim, frequentemente. Quando estamos numa locação, às vezes saímos para comer ou ir ao cinema e até entre os filmes, nós nos encontramos às vezes. James, Oliver (Phelps), Rupert e eu fomos ver o Velvet Revolver e eu viajei para os EUA com Devon Murray. James, Oliver e eu ficamos no mesmo hotel por isso sempre saímos para jogar sinuca ou comer.

Você sempre foi um fã de Harry Potter? Se não, como ficou fã e o que fez querer fazer um dos personagens?
Matthew: Um amigo me emprestou o primeiro livro e fiquei viciado. Eu tinha lido os quatro primeiros antes do meu teste e nunca pensei que estaria nos filmes. Saber que um estava para ser feito foi bom para mim. Eu não queria saber qual personagem iria fazer, eu só queria fazer parte dele.