Livros

Fãs pedem Harry Potter de volta ao The New York Times

Mary Ailes, uma das autoras de The Plot Thickens – Harry Potter Investigated by Fans for Fans, iniciou uma campanha para que o jornal The New York Times coloque os livros de Joanne Rowling de volta à sua lista de mais vendidos, uma das mais poderosas da indústria editorial.

O sucesso da série de Rowling levou seu nome ao topo da lista. Porém, quando os três primeiros volumes da série Harry Potter tomaram as três primeiras posições por 100 semanas seguidas, nocauteando nomes como John Grisham, o jornal criou uma lista paralela para livros infantis. Ailes, fãs e alguns observadores consideram que o jornal cedeu à pressão das editoras e acreditam que o enredo e o número de leitores adultos justificam a volta de Harry à lista adulta.

CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE

Leia o resto da matéria aqui.

Fonte: Omelete

Ederli Fortunato ~ Omelete
15 de março de 2005

Mary Ailes, uma das autoras de The Plot Thickens – Harry Potter Investigated by Fans for Fans, iniciou uma campanha para que o jornal The New York Times coloque os livros de Joanne Rowling de volta à sua lista de mais vendidos, uma das mais poderosas da indústria editorial.

O sucesso da série de Rowling levou seu nome ao topo da lista. Porém, quando os três primeiros volumes da série Harry Potter tomaram as três primeiras posições por 100 semanas seguidas, nocauteando nomes como John Grisham, o jornal criou uma lista paralela para livros infantis. Ailes, fãs e alguns observadores consideram que o jornal cedeu à pressão das editoras e acreditam que o enredo e o número de leitores adultos justificam a volta de Harry à lista adulta.

O poder de cada lançamento de Joanne Rowling é tamanho, que, a exemplo do que acontece no cinema, outros títulos têm seus lançamentos adiados para não coincidir com o Dia P, quando todo o espaço da imprensa especializada será ocupado por resenhas de Harry Potter.

A campanha de Mary Ailes, como era de se esperar, ganhou rapidamente o apoio dos fãs, que dedicaram os últimos dois dias a examinar as capas do sexto volume em busca de pistas da trama. Para os leitores que chegaram ao final do quinto livro, não há dúvidas de que a guerra de Harry e seus aliados contra Voldemort vai ganhar força em Harry Potter and the Half Blood Prince. A imagem da capa britânica, com Harry e Dumbledore cercados por um redemoinho de fogo, sugere uma batalha mais violenta do que a descrita na invasão ao Ministério da Magia no quinto volume.

Já a capa americana mostra os dois banhados em luz verde e Harry segurando a varinha com a mão esquerda, apesar de ter dito ser destro em A Pedra Filosofal. Para os fãs, o verde lembra o feitiço usado por Voldemort para matar os pais de Harry, que poderia estar observando a cena crucial em que adquiriu sua cicatriz através de uma penseira. Considerando a capa da edição adulta britânica, no entanto, onde aparece um livro muito antigo intitulado Advanced Potion Making, outra corrente de “analistas” acha que Harry e Voldemort podem estar trabalhando numa poção, ou que a história vai mostrar algo do passado de Snape. O professor de poções poderia, inclusive, ser o príncipe do título.

Como pista concreta, Joanne Rowling informou que o Príncipe não é Harry nem Voldemort, e divulgou um pequeno trecho do texto onde um personagem é descrito como um leão idoso. Faltando ainda cerca de cem dias para o lançamento, os fãs têm tempo de sobra para especulação.

Harry Potter and the Half Blood Prince será lançado em língua inglesa em 16 de julho.