fbpx
Não categorizado

Reportagem da Empire

Para os fans do ator Daniel Radclife a Revista Empire OnLine disponibilizou uma entrevista bem legal.

Clique aqui para abrir a reportagem.

Obrigado ao Gustavo do fórum oberrador.com

O Aprendiz de Feiticeiro

Algumas vezes, um grande acontecimento muda as nossas vidas. E ninguém melhor para provar isso do que Daniel Radcliffe. Depois de dois pequenos papéis em David Copperfield e O Alfaiate do Panamá, Radcliffe ganhou o papel de um dos maiores ícones dos tempos modernos: o menino bruxo, de óculos quebrados, família desestabilizada e um inimigo que todos acreditam que está morto. Ele já estrelou dois dos maiores filmes de todos os tempos, o número três vai sair agora em junho e ele já começou a trabalhar duro no quarto. Falamos com o Menino Que Sobreviveu sobre a porrada no Malfoy, a montaria em um hipogrifo e, como qualquer outro garoto da idade, conflitos da adolescência.

Então, você é um grande fã de filmes? Lemos, em uma entrevista dada por você quando tinha 11 anos, que você era fã do 12 Angry Men.
Sim, ainda sou. Ele provavelmente ainda é meu filme favorito, mas recentemente eu me apaixonei por Spellbound, eu achei brilhante. Eu assisti Starsky e Hutch outro dia e achei muito divertido, apesar de não ter nenhum carro de corrida. Fiquei desapontado com isso. Eu adoro o Gilbert Grape – Aprendiz de Sonhador, LA Confidencial, The Usual Suspects, todos com a Scarlet Johanssen. Encontros e Desencontros.Eu adoro os irmãos Cohen e o Mike Leigh. Eu sei que não é todo mundo que aprecia, mas eu gosto deles porque eles são reais. Eu adoro o Homem-Aranha também. Eu adoraria poder fazer essas coisas.

Se você gosta desses diretores, então você deve ter ficado muito animado quando soube que o Alfonso Cuaron veio para filmar o Prisioneiro de Azkaban. Você já tinha visto algum filme dele?
Quando eu soube que ele ia ser o diretor, eu fui correndo assistir A Princesinha e o Y Tu Mama Tambien. Eu os assisti sozinho na Warner Brothers e eu fiquei muito empolgado para fazer o filme. E agora com o Mike Newell, eu já comecei a assistir todos os filmes dele que encontrei.

Filmar foi muito diferente com um novo diretor?
É um jeito completamente diferente de trabalhar. Alfonso me deu filmes para assistir. Um deles era o 400 Blows, pois há uma cena que o personagem deixa sua casa e vai para Paris e Alfonso comparou o filme com a fuga espetacular que acontece na casa dos Dursley. Nós também tivemos que escrever uma redação sobre nossos personagens, o que eu achei muito divertido, porque eu adoro o Harry, mas escrevi apenas uma página. O Rupert não entregou nada no final e a Emma escreveu 16 páginas. Então, nós estávamos todos mais ou menos “Ai, Deus, nós todos nos transformamos nos nossos personagens!”

Você teve que quase aprender coisas arriscadas quando Alfonso chegou?
Ele é definitivamente diferente. Existem diferenças substanciais em seu estilo de dirigir, mas ainda é um filme do Harry Potter. Eu sinto diferença pois ele realça os momentos sombrios, pois é preciso, se Chris tivesse feito esse filme, ele iria usar esses artifícios também.

Você disse anteriormente que esse filme vai ser mais obscuro e emocionante, mas presumimos que ainda há os elementos de ação que os fãs gostam.
Sim, eles ainda existem. O Quadribol nesse filme está incrível! Eu já vi a cena sem todos os efeitos especiais. Eles tiveram problema em como fazer os Dementadores parecerem diferentes dos Cavaleiros Negros do Senhor dos Anéis, mas Alfonso fez um trabalho brilhante com eles. Quando eles estão perto a temperatura despenca, que foi um toque muito inteligente, e quando eles se aproximam, toda a chuva se transforma em gelo e começa a me cortar. Esses toques que fazem o filme ficar realmente assustador. Ele também fez coisas com o hipogifo que realmente é uma coisa maravilhosa, pois ele fez uma máquina realmente grande, mas muito lenta e complicada. Esse foi um dos momentos realmente surreais que existem no filme do Harry Potter, como andar até uma cantina e encontrar vários bruxos lá. Tem também a Emma batendo no Malfoy, o que eu acredito que todo mundo estava esperando. É a cena favorita da Emma.

Quantos takes ela fez se repetirem?
Ahm… Foi algo do tipo “Ah, eu não acredito que eu fiz isso certo; podemos fazer mais uma?” Emma realmente adorou fazer isso, então acho que foram sete takes. O maior número de takes feitos em uma cena foi a do Quadribol. E não foi minha culpa… De verdade.

Qual é a sua cena favorita e qual você sentirá falta?
A cena na Casa dos Gritos porque eu estava lá depois logo tive que sair. “Ah, meu Deus, estou filmando com Gary Oldman, David Thewlis, Timothy Spall e Alan Rickman ao mesmo tempo”, foi o ponto alto do filme para mim, especialmente porque o Gary Oldman é um dos meus atores favoritos.

Como foi ter Michael Gambon substituindo Richard Harris como Dumbledore?
O que o Michael fez foi fantástico, não tentou seguir os passos do Richard ou incorporá-lo. Ele apenas fez do jeito dele, o que foi perfeito, pois não poderia fazer o Richard. Michael é incrível; cruel, mas divertido.

Parte 2

Tem alguém que você ainda quer que venha trabalhar nos filmes, já que todos os grandes astros parecem estar sendo atraídos para eles?
Há um monte de rumores toda hora. Já falaram que Rowan Atkinson seria Voldemort e Hugh Grant foi mencionado como Voldemort e Professor Lockhart. Eu acho que eles meio que inventam conforme o tempo passa. Uma pessoa com quem eu queria trabalhar é Daniel Day Lewis, mas não parece que isso vá acontecer algum dia. Ele não renunciou aos filmes agora?
Eu acho que não. Ele apenas descansa toda vez que ele termina um.
Gary Oldman foi o que, de longe, eu estava mais intusiasmado para trabalhar. E antes dele eu não estava familiarizado com nenhum outro trabalho que David Thewlis tinha feito e então eu assisti Naked e pensei “Isso é incrível!”. Então, acho que esses dois.

Você trabalhou por tanto tempo nesses filmes, é mais estranho quando você não está filmando do que quando você está?
É meio estranho porque eu tenho vários bons amigos na escola, mas após passar tanto tempo no set com os adultos e você volta pra escola é diferente. Não é como se você sentisse deslocado mas é algo diferente.

Você consegue agora encarnar o Harry sem pensar?
Virou instantâneo. Eu acho que é porque eu gastei tanto tempo com ele que – eu não sei quanto eu tinha em comum com ele no começo mas eu acho que cada vez mais eu estou mais unido com ele.

Você acha que ele está ficando mais como você ou você está ficando mais como ele?
Se eu pensar muito nisso eu acho que eu vou acabar com problemas de dupla personalidade então eu tomo cuidado para não acabar assim! Eu acho que provavelmente eu estou mais virando ele, o que não é ruim. Ele é um cara correto.

Você já voltou atrás e assistiu os primeiros dois filmes?
Eu não vejo o primeiro filme há alguns anos. Eu não quero assisti-lo. Na verdade, eu tava mudando de canal um dia e vi um pouco do filme na TV e eu realmente pensei que houvesse algum problema com o som porque nossas vozes estavam tão altas. Soava como se eu estivesse no hélio; era bizarro. Eu provavelmente vou assistir os filmes por diversão – entretanto eu não tenho certeza de quão engraçado vai ser porque eu sou um autêntico auto-crítico. Eu não gosto de me assistir. Mas eu acho que é bom apesar de tudo porque seria chato se você só sentasse e pensasse “Deus, eu sou bom”. Então eu prefiro assim.

Você se surpreendeu por alguma coisa que eles colocaram no que é essencialmente um filme infantil?
Mas eu não acho que esses filmes são infantis. Eu acho que um monte de gente pensa assim porque os personagens principais são crianças mas eu acho que eles tem a habilidade de agradar a qualquer um. Eu acho que esse é um que todos vão gostar. É um filme bem adulto em partes, e bem sofisticado em algumas idéias.

Onde você se vê quando Harry Potter acabar?
Eu gostaria de me ver definitivamente fazendo outros filmes. Eu não vejo nenhuma razão para isso não acontecer mas eu espero que realmente aconteça. Dirigir um filme a longo, longo prazo seria legal porque é algo que eu realmente acho interessante. No momento não há lugar melhor em que eu poderia aprender sobre isso. Eu também vou descansar bastante eu acho. Vai ser legal.