Livros

Ator acha que Harry Potter deve morrer.

O ator Daniel Radcliffe, o protagonista dos filmes da série “Harry Potter”, sucesso de bilheteria em todo mundo, disse nesta quinta-feira acreditar que o bruxinho deve morrer em episódios futuros da história.

“Ficarei realmente impopular por dizer isto sobre Harry, mas eu sempre tive a suspeita –com tudo o que está acontecendo– de que ele deveria morrer”, disse o ator mirim, de 14 anos, em entrevista coletiva.

CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE

Para ler o restante da reportagem clique aqui

Obrigada a todos que enviaram a reportagem! 😉

27/05/2004
Protagonista de Harry Potter acha que seu personagem deve morrer
France Presse, em Londres

O ator Daniel Radcliffe, o protagonista dos filmes da série “Harry Potter”, sucesso de bilheteria em todo mundo, disse nesta quinta-feira acreditar que o bruxinho deve morrer em episódios futuros da história.

“Ficarei realmente impopular por dizer isto sobre Harry, mas eu sempre tive a suspeita –com tudo o que está acontecendo– de que ele deveria morrer”, disse o ator mirim, de 14 anos, em entrevista coletiva.

A autora da saga, a escritora britânica J.K. Rowling, ainda irá escrever os dois episódios finais da série de sete volumes sobre a vida na escola de magia Hogwarts.

A teoria de Radcliffe consiste nas ligações entre o herói dos livros e o bruxo mau Voldemort.

“Harry e Voldemort têm a mesma essência dentro deles, veremos qual no filme quatro”, explicou.

“A única forma de Voldemort morrer é se Harry também morrer”, emendou.

Radcliffe concedeu a entrevista antes da estréia mundial de “Harry Potter and the Prisoner of Azkhaban” (Harry Potter e o Prisioneiro de Azkhaban), adaptação para o cinema do terceiro volume da saga com direção de Alfonso Cuaron.

No elenco, únem-se a Radcliffe Rupert Grint e Emma Watson nos papéis dos amigos Ron e Hermione.

Os três atores e o diretor voltam a trabalhar juntos no quarto filme, “Harry Potter and the Goblet of Fire” (Harry Potter e o Cálice de Fogo), com estréia prevista para novembro de 2005.

Houve alguma especulação sobre se os atores adolescentes deviam ser substituídos em episódios futuros porque estariam crescendo mais rápido do que seus personagens da ficção.