Pedro Martins


Seção Granger: Sou fã! E agora?

//Por Pedro Martins - domingo, 12 de março de 2017 às 18:13


Além do sobrenome grego, a jornalista e apresentadora Frini Georgakopoulos tem muitas outras características que a tornam única. A mais importante delas, sem dúvidas, é que Frini é fã de carteirinha. Tão fã que é esse o tema de seu primeiro livro, Sou fã! E agora? (Editora Seguinte).

Por Aryanne Valenzuela, Kaio Rodrigues e Pedro Martins

Apesar da inquestionável paixão pelo Mundo Bruxo de J.K. Rowling, a carioca não entrou no universo literário através da Plataforma 9 ¾. Sua coruja foram os professores, que, para ela, são profissionais tão essenciais quanto os médicos – “é uma pena que não são valorizados o suficiente para que possam realmente exercer sua profissão.”

Frini teve mestres mágicos, que a mostraram a importância e o prazer da leitura. Muito mais do que testes para provar que tinha lido Machado de Assis, Jorge Amado e o resto da lista obrigatória do vestibular, eles queriam fazê-la pensar. Para ela, toda leitura é importante: “Equilíbrio é a alma do negócio. Você tem que dar Young Adults, sim, mas tem que trabalhar os clássicos também. Com contexto. O professor tem que guiar.”

Para Frini, o amor pela leitura não acabou na escola. Há mais de uma década, ela segue a missão que tanto admira organizando e apresentando eventos literários. Para muitos, tornou-se uma guru – definição com a qual não concorda: “Eu queria que as pessoas dessem uma chance para uma obra que nunca pensaram em ler. Mas não tenho fãs, tenho companheiros de leitura. Afinal, sou uma leitora como todo mundo. A diferença é que sou muito tagarela, então as pessoas me escutam”, comenta entre risos.


Foto: Daniela Conti.

Em uma das edições mensais de seu Clube do Livro, na Livraria Saraiva do Shopping Rio Sul, Frini decidiu falar sobre Shakespeare, e esperou um público pequeno. Não podia estar mais errada; o evento lotado a intrigou: por quê, será? “Eu sempre quis ler, mas nunca soube por onde começar. Queria que você me explicasse como leio Shakespeare”, disseram os leitores.

Depois de tanto ler, é claro que Frini também começou a escrever. Primeiro, fanfics (de Harry Potter!); depois, contos, ficando entre os finalistas do prêmio Brasil em Prosa; agora, livros! Independentemente do formato, uma coisa é unânime: “Ter a ideia é o mais difícil. Depois, escrevo em poucas semanas.”

A formação jornalística a permitiu escrever Sou fã! E agora? em tempo recorde. Mas não pense que não houve dificuldades! Sua maior preocupação era o medo de soar arrogante ou de o livro parecer didático demais. A ideia de torná-lo interativo veio após a leitura de Uma página de cada vez, de Giu Alonso. “Como é um livro sobre fãs, acho legal eles poderem participar. Torna a leitura uma experiência diferente.”

Quem vê Frini em seu habitat natural, entre as estantes da Saraiva, nem se dá conta de que ela é uma orgulhosa sonserina… Ainda bem! Afinal, ela não acredita que uma casa define o caráter de uma pessoa. Mas depois da Cerimônia de Seleção de Harry Potter e a Criança Amaldiçoada, “o Chapéu Seletor devia se aposentar.”

Felizmente, seu talento independe de qualquer artefato mágico milenar. Sou fã! E agora? fez sucesso com o público, alcançando o objetivo da autora de estender seu trabalho para além das fronteiras cariocas. Com um misto de artigos rápidos e páginas interativas, “é um Clube do Livro de Bolso”, que ajuda o leitor a descobrir formas de expressar seu amor pela literatura. De fanfics a cosplays; de blogs e canais no YouTube a eventos em livrarias. Até spoilers! Tudo ganha voz na escrita de uma fã apaixonada que é a Frini.

Falando em spoilers, e se contássemos alguns da vida de Frini?

No que o seu bicho-papão se transformaria? Em uma onda, tipo um tsunami. Eu tenho pavor!

O que você veria no Espelho de Ojesed? Quem já se foi. Meus avós, minha amiga, dizendo que estão orgulhosos de mim.

Uma Relíquia da Morte? A Capa da Invisibilidade.

Depois de anos mergulhando tão a fundo nesse universo, Frini agora tem uma definição ainda mais especial para nós: “Ser fã é ser generoso. É bater palma com muito entusiasmo para o talento alheio. Isso nos torna pessoas melhores.”

Comentários: 0

Nota 1Nota 2Nota 3Nota 4Nota 5 (Nenhum voto até o momento)
Loading...

Seção Granger: “Harry Potter e a Criança Amaldiçoada”

//Por Pedro Martins - domingo, 07 de agosto de 2016 às 20:05


A Seção Granger de hoje é especial. No último domingo, 31, chegaram às prateleiras de livrarias de todo o mundo milhões de cópias de “Harry Potter and the Cursed Child”, livro que traz a transcrição do roteiro da peça homônima apresentada em Londres. A nossa equipe participou do grande evento de lançamento em São Paulo e organizou outros em várias cidades do Brasil. Hoje, trago a resenha crítica com spoilers levíssimos d’a oitava história.

“A história, como críticas de muitos jornais estrangeiros apontam, de fato traz a magia ao palco do Palace Theatre. Nas prateleiras, a coisa muda um pouco de figura, e por uma razão muito simples: não só de roteiro se faz uma peça.”

Para ler o texto na íntegra, acesse a extensão do post.

Comentários: 5

Nota 1Nota 2Nota 3Nota 4Nota 5 (5 votos, média: 4,00 de 5)
Loading...

Seção Granger: “A Guardiã de Histórias”, de Victoria Schwab

//Por Pedro Martins - domingo, 10 de julho de 2016 às 16:40


”A Guardiã de Histórias”, escrito pela norte-americana Victoria Schwab e publicado no Brasil há alguns meses pelo selo Bertrand do Grupo Editorial Record, é o tema da Seção Granger deste domingo (10).

“Como em uma biblioteca – e um cemitério –, este local abriga histórias em suas prateleiras. Histórias com letra maiúscula, pois, ao invés de livros, elas são os mortos. Às vezes, essas Histórias se despertam e fogem do Arquivo, chegando violentamente ao Estreito, um corredor que divide o nosso mundo e aquela biblioteca. É trabalho dos Guardiões levá-las de volta ao Arquivo e entregá-las aos Bibliotecários.”

Para ler a resenha crítica na íntegra, acesse a extensão do post.

Conheça o Spread the Light, projeto de arrecadação de fundos para instituições de caridade que reúne mais de vinte fã-sites e youtubers de “Harry Potter” do mundo todo. Doe e concorra a prêmios incríveis de Potter e de outras séries.

Comentários: 0

Nota 1Nota 2Nota 3Nota 4Nota 5 (1 votos, média: 5,00 de 5)
Loading...

Seção Granger: “Felizmente, o leite”, de Neil Gaiman

//Por Pedro Martins - domingo, 26 de junho de 2016 às 22:15


Na última Seção Granger do mês de junho, trago a resenha crítica do fofíssimo “Felizmente, o leite”, escrito por Neil Gaiman, ilustrado por Skottie Young e publicado no Brasil recentemente pelo selo Jovens Leitores da Editora Rocco.

“A princípio, tudo pode parecer extremamente fantasioso, e obviamente é, mas com Neil Gaiman dando as mãos para o leitor como um pai e narrando lindamente a história, nada se torna desconexo; ao contrário, o livro se torna único e encantador.”

Para ler o texto na íntegra, acesse a extensão do post.

Comentários: 0

Nota 1Nota 2Nota 3Nota 4Nota 5 (1 votos, média: 5,00 de 5)
Loading...

Seção Granger: “Jovens de Elite”, de Marie Lu

//Por Pedro Martins - domingo, 29 de maio de 2016 às 20:19


Na última Seção Granger do mês de maio, trago a resenha crítica de “Jovens de Elite”, primeiro volume da nova trilogia da autora Marie Lu, publicado há alguns meses pelo selo Jovens Leitores da Editora Rocco.

“Mistura [de] elementos históricos, políticos e magia, com inspiração (não cópia) em ‘Assassin’s Creed’, ‘Game of Thrones” e ‘X-Men’. Narrada sem rodeios, é uma história que prende a atenção do leitor do início ao fim e o deixa extremamente ansioso pela continuação.”

Para ler o texto na íntegra, acesse a extensão do post. Aproveite e assista também uma entrevista nossa com a autora sobre “Harry Potter”, feita pela também escritora Carolina Munhóz.

Comentários: 0

Nota 1Nota 2Nota 3Nota 4Nota 5 (1 votos, média: 5,00 de 5)
Loading...

Seção Granger: “Tudo e Todas as Coisas”, de Nicola Yoon

//Por Pedro Martins - domingo, 01 de maio de 2016 às 19:19


”Tudo e Todas as Coisas” é o romance de estreia da escritora jamaicana Nicola Yoon, publicado pela Editora Novo Conceito no mês passado. Trago nesta Seção Granger a resenha crítica de uma leitura leve e prazerosa.

“Com a boa e poética escrita de Nicole Yoon junto das singulares ilustrações de seu marido David Yoon, revivemos o que é se apaixonar pela primeira vez, mas de uma forma extremamente diferente, na visão daquela que não conhece o mundo, daquela que se encanta com coisas que, para nós, são simples demais para tanto. Madeline é uma personagem que nos ajuda a admirar a beleza da vida.”

Para ler o texto na íntegra, acesse a extensão do post por meio deste link.

Comentários: 0

Nota 1Nota 2Nota 3Nota 4Nota 5 (1 votos, média: 5,00 de 5)
Loading...

Seção Granger: “Vocação para o mal”, de Robert Galbraith

//Por Pedro Martins - domingo, 17 de abril de 2016 às 13:57


”Vocação para o mal” é o terceiro livro da série “Cormoran Strike”, escrita por J.K. Rowling sob pseudônimo de Robert Galbraith, e chega às livrarias de todo o Brasil amanhã (18) pela Editora Rocco. Nesta Seção Granger, trago a resenha crítica sem spoilers do melhor livro de Galbraith.

“J.K. Rowling mostra um lado não muito conhecido por seus leitores, algo que ela vem desenvolvendo gradativamente em sua série policial: cenas de muita crueldade à sangue frio.”

Para ler o texto na íntegra, acesse a extensão do post. A propósito, estamos sorteando um kit com os três livros da série – “O Chamado do Cuco”, “O Bicho-da-seda” e o lançamento “Vocação para o mal” -, saibam como participar por meio deste link.

Comentários: 0

Nota 1Nota 2Nota 3Nota 4Nota 5 (1 votos, média: 5,00 de 5)
Loading...

Seção Granger: “360 dias de sucesso”, de Thalita Rebouças

//Por Pedro Martins - domingo, 28 de fevereiro de 2016 às 18:39


Em “360 dias de sucesso”, seu décimo oitavo romance, a amada e simpática autora brasileira Thalita Rebouças narra a história de uma banda adolescente da sua formação ao inevitável fim.

Trago neste domingo, na nossa coluna literária Seção Granger, a resenha crítica sobre esta obra publicada pela Editora Rocco Jovens Leitores.

“Thalita Rebouças merece aplausos, pois realmente fez uma pesquisa profunda sobre o assunto, contando com a ajuda de grandes nomes da música: Tico Santa Cruz, Leo Jaime, Tony Bellotto e mais. As inúmeras referências musicais são ecléticas, trazendo canções nacionais e internacionais, antigas e contemporâneas, de todos os gêneros, pois ‘preconceito e música não combinam’.”

Para ler o texto na íntegra, acessem a extensão do post por meio deste link e não se esqueçam de dividir conosco as suas opiniões nos comentários.

Para mais detalhes sobre o sorteio deste livro, acessem este link.

Comentários: 0

Nota 1Nota 2Nota 3Nota 4Nota 5 (1 votos, média: 5,00 de 5)
Loading...

Seção Granger: “Os Lugares Mágicos dos Filmes de Harry Potter”, de Jody Revenson

//Por Pedro Martins - sábado, 08 de agosto de 2015 às 16:31


Do “simples” armário sob a escada na rua dos Alfeneiros, nº 4, a um castelo secular com 142 escadarias largas e imponentes que se movem, cercadas por uma infinita quantidade de retratos interativos capazes de conversar e até mesmo se mexerem, somos apresentados a lugares mágicos e extraordinários durante os livros da série “Harry Potter”.

Na primeira Seção Granger do Potterish, trago uma indicação de leitura mágica para todos os Potterheads. Leia na extensão do post!

Comentários: 0

Nota 1Nota 2Nota 3Nota 4Nota 5 (1 votos, média: 5,00 de 5)
Loading...

Indicação literária: “O Livro das Criaturas de Harry Potter”, por Jody Revenson

//Por Pedro Martins - sábado, 24 de janeiro de 2015 às 15:00


Lançado no exterior no final de outubro pela Harper Design e pouco mais de um mês depois no Brasil pela Editora Galera Record, “O Livro das Criaturas de Harry Potter” é uma leitura imperdível para os fiéis fãs da série e também para estudantes e entusiastas de cinema.

Leiam a indicação literária na extensão da notícia e, claro, registrem a sua opinião nos comentários!

Comentários: 2

Nota 1Nota 2Nota 3Nota 4Nota 5 (1 votos, média: 5,00 de 5)
Loading...