Ações de Caridade


J.K. Rowling recebe prêmio de literatura e direitos humanos

//Por Débora Jacintho - terça-feira, 26 de janeiro de 2016 às 14:13


J.K. Rowling receberá um prestigioso prêmio de literatura e direitos humanos concedido pelo Grupo Pen America Literary Service Award (“Prêmio de Serviço Literário”, em tradução livre), que será entregue no dia 16 de maio em cerimônia de gala em Nova York.

O Grupo Pen (Poetas, Ensaístas e Novelistas) afirmou que está honrando a autora em reconhecimento ao seu apoio à livre expressão e às causas beneficentes. O Prêmio de Serviço Literário é um anual e concedido a autores que combatem opressões e censura. Rowling foi reconhecida por seus projetos de caridade, como o Fundo Volant, que apoia pesquisas em esclerose múltipla, e a Lumos, organização sem fins lucrativos que ajuda crianças mantidas em instituições.

Em declaração dada ao jornal The Gardian, J.K. Rowling disse estar “profundamente honrada em receber este prêmio e agradecida que meu trabalho foi reconhecido por ter um valor moral por uma organização que eu tanto admiro”.

Comentários: 0

Nota 1Nota 2Nota 3Nota 4Nota 5 (5 votos, média: 5,00 de 5)
Loading...

Espalhe a luz e concorra a livros autografados de J.K. Rowling e Daniel Radcliffe!

//Por Pedro Martins - terça-feira, 01 de dezembro de 2015 às 15:00


Atenção, Potterheads! Quem gostaria de ganhar livros autografados por Daniel Radcliffe e até mesmo por J.K. Rowling? E mais outros prêmios, como um mapa de Hogwarts assinado pela equipe MinaLima? É chegada a hora de retribuir. E de receber algo de volta pela sua caridade também.

Quantos anos você tinha quando “Harry Potter” entrou em sua vida? É provável que você, como nós, tenha conhecido o Mundo Mágico quando era apenas uma criança. Também Harry, Rony e Hermione eram crianças quando os encontramos pela primeira vez. A infância toma proporções fundamentais no universo de “Harry Potter”; nela ocorrem vários dos momentos mais importantes de toda a série.

Hoje, a instituição Lumos, criada e presidida por ninguém menos que J.K. Rowling, lança uma campanha de arrecadação de fundos para terminar a construção de uma escola em Ialoveni, na Maldávia. Contudo, esta escola não é uma qualquer: ela é destinada a crianças deficientes que, muitas vezes, nunca frequentaram uma escola. A sua doação também pode transformar a vida daqueles que vivem em orfanatos (os quais muitas vezes nem são órfãos), devolvendo a eles os seus direitos fundamentais que acabam roubados quando faltam o conforto e a paz de um lar.

Mas espera! Acha que é tudo?! Não!, pois além dos prêmios oferecidos pela Lumos, você também pode ganhar estes: autógrafo de Emma Watson, varinhas artesanais do Alivans, varinhas do Harry e da Hermione que acendem, o Mapa do Maroto e outros prêmios de “Harry Potter”! Todos estes arranjados por nós, um time de fã-sites ao redor do mundo, com o apoio da Alivians, Noble Colletction e do Snitch Seeker!

IMPORTANTE: Para entrar no nosso sorteio, você precisa doar unicamente por este link. Usando outro, o sistema não o qualificará para o sorteio.

Como participar:

1) Doe para a Lumos por meio deste link;

2) Você receberá uma mensagem de agradecimento da Lumos (a prova da sua doação). Para entrar no nosso sorteio, envie-nos um e-mail para [email protected] com o seu nome completo, endereço e prova da sua doação – um print do e-mail ou o reencaminhamento dele;

3) Uma boa dose de Felix Felicis a todos! Não se esqueçam de ler os Termos e Condições e o FAQ, para assim não ter nenhum problema no sorteio.

Todos nós, fã-sites que acompanham Harry há muito, contamos com a sua ajuda neste projeto incrível. Ela é fundamental para que possamos transformar a existência dessas pessoas que estão apenas no começo de suas vida e merecem uma chance. Seja bem-vindo. Espalhe a luz ajudando-nos a transformar o mundo daqueles que necessitam!

Comentários: 4

Nota 1Nota 2Nota 3Nota 4Nota 5 (Nenhum voto até o momento)
Loading...

Emma Watson e Malala se encontram no lançamento do filme “He Named Me Malala”

//Por Anna Luisa Constantino - quarta-feira, 04 de novembro de 2015 às 16:26


Hoje (04), a atriz e embaixadora da ONU Emma Watson se encontrou com a ganhadora do premio Nobel, Malala Yousafzai, durante a premièr de lançamento do filme “He Named me Malala” (“Ele me Nomeou Malala”, em tradução literal).

Cerca de 10 mil crianças e professores da rede de ensino do Reino Unido tiveram a oportunidade de assistir a conversa entre Emma e Malala. A conversa teve por inicio uma sequência de perguntas e repostas com o tema educação, feminismo e entre outras questões que foram enviadas pelos alunos e professores.

A entrevista poderá ser vista, em inglês, por meio do perfil de Emma no Facebook. Lembrando que as nossas equipes de transcrição e legendas já estão trabalhando para trazer o material na íntegra em português.

“He Named Me Malala” foi dirigido pelo aclamado diretor de documentários Davis Guggenheim e trata-se de um retrato íntimo de Malala, que foi marcada pelo grupo Taliban e sofreu imensamente com um tiro quando voltava da escola para sua casa em um ônibus escolar no Vale Swat no Paquistão.

Você pode conferir o trailer do filme, em inglês, logo abaixo. A transcrição em português feita pela nossa equipe pode ser conferida no modo notícia completa.

O Into Film Festival, festival onde aconteceu o lançamento, apoia a educação infantil por meio de filmes. A proposta deles é de inserir a cultura cinematográfica no coração de crianças para auxiliar no desenvolvimento cultural, educacional, criativo e pessoal.

Comentários: 0

Nota 1Nota 2Nota 3Nota 4Nota 5 (Nenhum voto até o momento)
Loading...

Rupert Grint participa do Pride of Britain Awards 2015

//Por Carol Oliveira - domingo, 04 de outubro de 2015 às 20:23


Uma vez ao ano acontece em Londres o Pride of Britain Awards, que premia cidadãos britânicos que agiram extraordinariamente em situações desafiadoras em algum momento de suas vidas.

Nesta 16ª edição, que ocorreu no dia primeiro de outubro, tivemos a presença de grandes artistas como David Beckham, Tom Daley, Rebecca Adlington, Greg Rutherford, Victoria Pendleton e Rupert Grint entregando a cidadãos honorários o grande prêmio em categorias como professor do ano a adolescente de coragem.

Rupert Grint junto com David Beckhman entregaram o prêmio de Adolecente de Coragem para a pequena Sohana Collins que sofre de epidermólise bolhosa distrófica recessiva, significa que ela não tem a proteína que mantém a pele juntos e são caracterizadas por pele frágil e formação de bolhas espontâneas ou trauma-induzidas.

Atrás de toda esta dor do tratamento ela tem um Fundo de Investigação Sohana que desde 2011, mais de £ 3,5 milhões foram levantados para ajudar a encontrar uma cura para a epidermólise bolhosa, através de jantares de gala organizados a presença de estrelas como Damian Lewis, Tom Hiddleston e Benedict Cumberbatch em uma campanha de mídia social para levantar fundos.

O dinheiro ajudou a financiar um estudo de tratamento, em que 10 crianças com a mesma doença, receberam células da medula óssea.

Confira as fotos deste momento tão especial no modo notícia completa

Comentários: 0

Nota 1Nota 2Nota 3Nota 4Nota 5 (1 votos, média: 5,00 de 5)
Loading...

J.K. Rowling narra novo curta-metragem da Lumos

//Por Anna Luisa Constantino - sexta-feira, 04 de setembro de 2015 às 06:35


”Crianças precisam de famílias e não de orfanatos” é o nome do curta-metragem narrado por [J.K Rowling] com o objetivo de mostrar ao mundo como é a vida das oito milhões de crianças que vivem em orfanatos ao redor do planeta. Esse é mais um passo da instituição de caridade Lumos, fundada pela autora da série “Harry Potter” em 2005 que busca acabar com a institucionalização e devolver às crianças o seu direito a uma vida em família.

O vídeo será amplamente distribuído para políticos, líderes, meios de comunicação e afins com o objetivo de arquitetar politicas e desejos do público em geral para por um fim no uso de orfanatos globalmente até o ano de 2050, ajudando os governos e organizações não governamentais a desenvolverem serviços comunitários que dão suporte às famílias vulneráveis de forma que elas possam permanecerem unidas.

Ilustrando décadas de estudos, em três minutos Rowling explica por que crianças precisam de famílias para crescerem e prosperarem e como os orfanatos são incapazes de suprir a necessidade que todas elas têm de amor, carinho e cuidado individual, como você pode assistir abaixo com as legendas em português oficiais do Potterish. Não se esqueça de ativar as legendas, ir em “detalhes” e mudá-las para a opção “Português”, caso a linguagem primeiro apareça em inglês.

Transcrito por: Aline Michel.
Revisado e legendado por: Pedro Martins.

O lançamento da animação é acompanhado pelo relançamento do projeto “Let’s talk Lumos” Let’s talk Lumos, uma plataforma digital interativa que ajuda os apoiadores a se envolverem com a missão da Lumos.

É com orgulho que podemos dizer que o Potterish apoia o projeto Lumos e suas causas, sempre ajudando a espalhar as ações da instituição no Brasil por meio das nossas notícias e ajudando a traduzir o conteúdo para a língua portuguesa.

Comentários: 0

Nota 1Nota 2Nota 3Nota 4Nota 5 (3 votos, média: 5,00 de 5)
Loading...

J.K Rowling acende o Empire States para o lançamento da Lumos USA

//Por Anna Luisa Constantino - domingo, 12 de abril de 2015 às 14:35


Na noite de quinta-feira (9), JK Rowling acendeu o Empire States Building para o lançamento da Lumos USA. A Lumos Foundantion, como noticiado por nós anteriormente, tem como objetivo ajudar milhares de crianças órfãs e carentes, proporcionando a elas chances de crescer de forma saudável e educativa em meio a sua família. Confira a noticia no modo noticia completa.

Comentários: 0

Nota 1Nota 2Nota 3Nota 4Nota 5 (1 votos, média: 5,00 de 5)
Loading...

JK Rowling recebe prêmio da Cruz Vermelha britânica

//Por Ohanna Schmitt - terça-feira, 10 de março de 2015 às 13:40


A escritora JK Rowling, mundialmente famosa pela série Harry Potter, recebeu hoje, do CEO da Cruz Vermelha britânica, Mike Adamson, o prêmio British Red Cross Humanity (Prêmio Humanidade da Cruz Vermelha Britânica) por seus trabalhos de caridade e apoio dado às causas humanitárias.

O prêmio homenageia filantropos e humanitários proeminentes cuja obra mudou a vida das pessoas em todo o mundo. JK Rowling agradeceu:

Eu admiro muito o impacto do trabalho da Cruz Vermelha na resolução de conflitos ou desastres e é um privilégio ajudar a apoiá-la. Estou verdadeiramente honrada em aceitar este prêmio Humanidade da Cruz Vermelha Britânica e encontrar-me em tão ilustre companhia.

Confira abaixo a imagem da escritora com Mike Adamson no momento do recebimento da honraria.

honraria

Parabéns JK Rowling por mais esta conquista!

Comentários: 1

Nota 1Nota 2Nota 3Nota 4Nota 5 (2 votos, média: 5,00 de 5)
Loading...

J.K Rowling realiza doação para o Wooden Spoon

//Por Anna Luisa Constantino - sábado, 21 de fevereiro de 2015 às 22:12


Nessa semana, [J.K Rowling] realizou uma doação no valor de 5 mil euros para a Wooden Spoon. A Wooden Spoon – The Children’s charity of Rugby é uma fundação que auxilia crianças carentes do Reino Unido por meio do Rugby.
O Auxilio de J.K se deu por meio da campanha realizada pelo jogador Geoff Cross que desde o ano passado deixou sua barba crescer para arrecadar dinheiro para a fundação. Geoff joga rugby pela Scotland, time que tem como torcedora a própria Jo.

“Eu fui realmente tentado nas últimas duas semanas a deixar minha barba crescer mais, mas após um ano de crescimento e por conta da pressão que minha esposa fez, decidi corta-la em nome da caridade. Entretanto, antes disso, precisamos arrecadar 10 mil euros.” Disse Geoff sobre a campanha.

Nós do Ish esperamos que a quantia seja logo arrecadada e que a Wooden Spoon possa continuar realizando seu trabalho com as crianças do Reino Unido.

Comentários: 0

Nota 1Nota 2Nota 3Nota 4Nota 5 (1 votos, média: 5,00 de 5)
Loading...

Aclamado discurso de J.K. Rowling para Harvard será publicado em livro

//Por Jonathan Teles - quarta-feira, 03 de dezembro de 2014 às 15:31


A Editora Little, Brown and Company – responsável pelo lançamento de “Morte Súbita”, “O Chamado do Cuco” e “O Bicho-da-seda” nos Estados Unidos – anunciou que irá publicar uma versão ilustrada do discurso que J.K. Rowling deu aos formandos da Universidade de Harvard em 2008. O Potterish, na época, traduziu o discurso que você pode conferir abaixo, juntamente com a tradução, através deste link.

O livro será intitulado de “Very Good Live: The Fringe Benefits of Failure and the Importance of Imagination” (“Vidas Ótimas: Os Benefícios Adicionais do Fracasso e a Importância da Imaginação “, em tradução livre) e contará com ilustrações originais de Joel Holland, o mesmo criador da capa de “Morte Súbita”, além de oferecer palavras sábias de J.K. Rowling para todos aqueles que estão em momentos de profundas mudanças em suas vidas.

O lucro com as vendas do livro será destinado à duas causas: 90% será doado para a instituição de caridade Lumos, a qual Jo Rowling administra e ajuda crianças desamparadas ao redor de todo o mundo , enquanto 10% será designada para bolsas de estudos na Universidade de Harvard.

O Presidente de Harvard, Drew Gilpin Faust, disse:

“Eu ouvi e li muitos discursos de formatura, nenhum mais emocionante e memorável do que o de J. K. Rowling. Anos depois sua visita à Harvard, as pessoas ainda falam sobre isso — e ainda encontram inspiração em sua singular evocação da ideia de que viver uma vida significativa muitas vezes significa desafiar o risco de fracasso. Que poderoso exemplo ela encarna, e que presente extraordinário foi o seu discurso, e é, para todos nós que temos o privilégio de ouvi-lo novamente — e agora lê-lo.”

“Very Good Lives” tem lançamento previsto para o dia 15 de abril de 2015, nos Estados Unidos e no Reino Unido , e você já pode conferir maiores informações diretamente do site oficial da Little Brown, aqui.

Saiba mais sobre a instituição Lumos e conheça a sua mais nova campanha #LetsTalkLumos aqui.

E vocês, estão ansiosos para esse novo livro?! Conte-nos nos comentários!

Comentários: 0

Nota 1Nota 2Nota 3Nota 4Nota 5 (4 votos, média: 5,00 de 5)
Loading...

Lançada campanha #LetsTalkLumos

//Por Pedro Martins - quinta-feira, 27 de novembro de 2014 às 12:59


No espírito de seu homônimo, a instituição de caridade fundada por JK Rowling, Lumos, lançou ontem a campanha “Lets Talk Lumos” (“Vamos conversar sobre a Lumos”) com o objetivo de cintilar uma luz sobre as mais de 8 milhões de crianças que vivem em instituições e orfanatos ao redor do mundo.

Abaixo segue uma mensagem de Rowling explicando o que é e o porquê desta organização:

“Lumos é um feitiço que eu criei em ‘Harry Potter’ que traz luz a um lugar desesperadamente escuro e assustador. Na ‘Lumos’, é isso o que fazemos: mostramos as crianças escondidas, trancadas atrás de portas fechadas e esquecidas pelo mundo, para que todos possam primeiramente entender o problema e então trabalhar juntos para solucioná-lo.”

Para ajudar você pode, primeiramente, entrar no site da campanha (em inglês), para saber mais sobre o projeto. Depois, você pode tirar uma selfie! Sim, isso mesmo! Para isso, você precisará de um quarto escuro, uma fonte de luz e uma câmera. A maneira mais fácil de tirar a foto é usando a lanterna do seu smartphone e pedindo para algum amigo tirar a sua foto de outro aparelho, mas você pode também usar qualquer outro tipo de fonte de luz para conseguir o mesmo efeito! Depois de estar com a foto pronta, basta upar em qualquer rede social e colocar a hastag “#LetsTalkLumos” na descrição da imagem, e ai você também terá a chance de aparecer no Instagram da Lumos!

Fazendo isso, poderemos, através das redes sociais, ajudar a conscientizar cada vez mais as pessoas sobre este enorme problema. Evanna Lynch, intérprete de Luna Lovegood nos filmes da série “Harry Potter” tirou a sua selfie ontem, como vocês podem ver abaixo:

Você também pode postar as seguintes frases em suas redes sociais:

  • Estou tornando relevante a conscientização sobre as 8 milhões de crianças em instituições no mundo. Junte-se a mim. #LetsTalkLumos
  • Por favor, contribua com a conscientização sobre as 8 milhões de crianças em instituições e orfanatos no mundo. #LetsTalkLumos
  • 8 milhões de crianças em “orfanatos” pelo mundo, 80% não são órfãs. #LetsTalkLumos
  • Estou espalhando a conscientização sobre as 8 milhões de crianças em instituições – por favor, junte-se a mim (insira o nome do amigo indicado). #LetsTalkLumos

Traduções por Luly Miranda.

Por fim, você pode adicionar um Twibbon nas imagens de perfil das suas redes sociais. O Twibbon é como um adesivo para o seu avatar nas redes sociais, geralmente utilizado para mostrar que você apoia alguma campanha. Nós já aderimos ao nosso perfil, e você? Para fazer, é só acessar este link.

Vamos fazer a nosa parte para a Jo e para os oito milhões de crianças que vivem deslocadas em todo o mundo?!

Comentários: 1

Nota 1Nota 2Nota 3Nota 4Nota 5 (1 votos, média: 5,00 de 5)
Loading...

Instituição de caridade de Rowling, Lumos, desmascara o mito de crianças vivendo em orfanatos

//Por Débora Jacintho - terça-feira, 11 de novembro de 2014 às 12:00


A queda do Muro de Berlim completou vinte anos no último domingo (09). Na época, constatou-se que os orfanatos, que estavam cheios de crianças que se pensavam ser órfãs, na verdade eram várias que estiveram separadas de suas famílias devido à pobreza, deficiência e até mesmo discriminação.

A organização de caridade Lumos, fundada por J.K. Rowling, tem tentado reunir essas crianças com suas famílias e dar o devido cuidado a elas. A Lumos produziu um curta-metragem, “Behind the Walls” (“Por trás das Paredes”, em tradução livre), que mostra verdadeiramente a vida das crianças que vivem em instituições e orfanatos ao redor do mundo. No filme, J.K. afirma:

“Este é um enorme problema global, oito milhões de crianças presas em instituições ao redor do mundo. Mas é um problema que podemos solucionar.”

Sabendo que muitos dos nossos leitores gostariam de assistir ao filme, mas não poderiam porque não dominam a língua inglesa, nós entramos em contato com a Lumos via Twitter e nos dispusemos a legendar o vídeo. A instituição agradeceu pela gentileza e assim tivemos a oportunidade de ajudar esta campanha chegar a mais pessoas! Para assistir, basta iniciar o vídeo, ativar as legendas, ir em “Detalhes” e mudá-las para a opção “Português”, caso apareça em inglês. Para melhor visualização, assista ao vídeo no modo “Tela inteira”.

Transcrito por: Aline Michel.
Revisado por: Bruna Lopes.
Legendado por: Pedro Martins.

Georgette Mulheir, CEO da instituição, afirmou:

“Crianças que crescem em instituições demonstram atrasos em todas as áreas do desenvolvimento. Elas têm dificuldades para formar laços saudáveis com seus sobrecarregados cuidadores de cada turno. Em instituições de baixa renda, as crianças podem até mesmo não ter a habilidade de sentar, ficar em pé, andar e falar aos quatro anos de idade. A falta de contato físico e emocional, estímulos regulares e interação resultantes disso leva a uma debilitação significativa do desenvolvimento do cérebro de crianças criadas em instituições. Aquelas que permanecem ali por mais de seis meses apenas recuperam-se parcialmente, e demonstram dificuldades contínuas do desenvolvimento e do emocional ao longo da infância e adolescência.”

Traduzido por: Luly Miranda.

A Lumos é uma organização internacional não-governamental que trabalha para acabar com a institucionalização de crianças em todo o mundo, ajudando diversos países a transformarem seus sistemas de educação, saúde e assistência social, para que assim as crianças possam ser retiradas das instituições e receberem apoio nas famílias e na comunidade.

Para saber mais sobre a Lumos, visite: www.wearelumos.org
Siga a Lumos no Twitter: www.twitter.com/lumos
Junte-se a Lumos no Facebook: www.facebook.com/lumos.at.work

Comentários: 2

Nota 1Nota 2Nota 3Nota 4Nota 5 (2 votos, média: 5,00 de 5)
Loading...

Emma Watson é a nova embaixadora da Nações Unidas

//Por Anna Luisa Constantino - terça-feira, 08 de julho de 2014 às 04:54


A UN Women, Organização das Nações Unidas dedicada ao cuidado às mulheres, anunciou na tarde de ontem (07) sua nova embaixadora: a senhorita Emma Watson.

Após se graduar em uma das mais renomadas universidades dos Estados Unidos, Brown University, Emma é a primeira embaixadora escolhida por Phumzile Mlambo-Ngcuka, atual Secretário geral e diretor executivo da UN Women.

Emma alegou que:

“O direito das mulheres está tão inextricavelmente ligado a quem eu sou; está tão profundamente enrraizado em minha vida que não posso imaginar uma oportunidade mais emocionante”

Emma já havia desenvolvido trabalhos relacionados a educação de mulheres e meninas em lugares como Bangladesh e Zambia e com o apoio da UN trabalhará com o projeto HeForShe (Ele por Ela).

“Estamos extasiados e honrados por trabalhar com Emma, pois acreditamos que ela carrega em si os valores da UN Women. A união com pessoas jovens é crucial para o desenvolvimento da igualdade entre os gêneros nesse século, e estou convencido de que o intelecto e a paixão de Emma tornarão possível que as mensagens da UN Women cheguem aos corações e mentes de pessoas mais jovens a um nível global”. Anunciou Phumzile Mlambo-Ngcuka.

Mal podemos esperar para ver o desempenho de Emma em seu novo trabalho, e vocês?!

Comentários: 4

Nota 1Nota 2Nota 3Nota 4Nota 5 (3 votos, média: 5,00 de 5)
Loading...

Evanna Lynch e Unicef

//Por Anna Luisa Constantino - domingo, 08 de junho de 2014 às 18:53


Nessa semana, a atriz Evanna Lynch publicou algumas imagens em suas páginas na redes sociais, onde ela aparecia com camiseta da UNICEF e cercada de crianças. A atriz passou 3 dias com as crianças de Tacloban(Filipinas), cidade que foi atingida por um tufão.

Evanna Lynch e UNICEF

A cidade de Tacloban foi atingida pelo tufão Haiyan no dia 8 de Novembro de 2013 e desde então a cidade está em estado de atenção. As familia que moram ali vivem em meio as reconstruções e lutam para reconquistar o que foi destruido pelo tufão.

Comentários: 1

Nota 1Nota 2Nota 3Nota 4Nota 5 (2 votos, média: 5,00 de 5)
Loading...

Evento de caridade da Lumos reúne J.K. Rowling e atores de “Harry Potter

//Por Gabriel Guimarães - sexta-feira, 15 de novembro de 2013 às 23:48


Em 9 de novembro, sábado, J.K. Rowling hospedou um evento de caridade exclusivo visando o arrecadamento de fundos para sua instituição não-governamental de caridade, a Lumos, reunindo diversos atores da série “Harry Potter” nos Estúdios Leavesden, no “ The Making of Harry Potter”.

A organização, presidida e fundada por Jo, tem como objetivo ajudar crianças desamparadas de todo o mundo, que são enviadas para instituições governamentais desnecessariamente, visto que poderiam estar sendo criadas por sua própria família ou outra caso estas tivessem as condições necessárias, que são oferecidas pela Lumos.

A autora e a fundação estão há bastante tempo aliadas, tanto que a renda de todos os três livros complementares da série foram vertidos em fundo de caridade para a organização, e entre esses três está incluso o livro que servirá de base para o próximo filme do mundo bruxo, “Animas Fantásticos e Onde Habitam”.

Durante o evento, que contou com a presença de atores como Emma Watson, Evanna Lynch, Alan Rickman e o produtor David Heyman, a autora também comentou sobre o novo projeto, dizendo que “foram dezessete anos, e eu estou de volta de um jeito diferente. Parte de mim viverá para sempre lá, e eu não sinto pesar por isso”.

Dois vídeos do evento e da pró-festa podem ser vistos logo abaixo, cortesia do Digital Media Services e hospedados pelo MuggleNet:

Apesar de falar sobre a série bruxa, que levou à criação da instituição e, como a própria autora disse, “Estes temas estão nos livros de ‘Harry Potter’. O próprio Voldemort foi levado para uma instituição, então, assustadoramente, era algo sobre o qual eu estava muito pensativa”, Jo disse que não pensa em focar todas as suas forças na série:

Já em 2000 eu sabia que eu nunca focaria em ‘Harry Potter’. Sabia disso antes da série terminar. Se você tivesse o tipo de sucesso que você nunca esperaria, você poderia pensar, ‘Oh, não, que terrível. Eu nunca focarei nisso’, ou você pode dizer, ‘Que incrivelmente maravilhoso e libertador eu fazer dinheiro além dos meus sonhos e que isso pode mudar problemas sobre os quais eu realmente me importo.’

Apesar disso, afirmou que continua a escrever e sempre continuará, mas que não se coloca para escrever determinado tipo de livro, e que “sempre escrevi o que eu queria escrever, e eu continuarei a fazer isso”, como pode ser visto no vídeo da entrevista que concedeu ao canal Sky News, que pode ser vista neste link.

A noite de arrecadação foi um sucesso, conseguindo angariar mais de 1 milhão de libras esterlinas para a fundação (mais do que 3,5 milhões de reais), cujos alvos fazem com que, como disse ao site da BBC News na entrevista que pode ser vista logo abaixo, “Você se sente culpado. Você se sente culpado por não saber disso antes, e às vezes é compelido a dizer para esta criança, ‘Venha para casa comigo’”:

A noite de arrecadações não foi composta unicamente de arrecadações diretas, mas também de um leilão de itens, tais quais “uma tinta e um lápis personalizados unicamente pelos desenhos de J.K. Rowling do Chapéu Seletor; uma escultura original do artista Anish Kapoor; e uma viagem à abertura do ‘Mundo Mágico de Harry Potter’ do Japão em 2014”.

Além disso, um anúncio oficial da organização, cujo site pode ser visto clicando aqui, foi lançado à imprensa, informando sobre dados fatuais das ajudas que a Lumos conseguiu empenhar em todo o mundo, como pode ser lido logo abaixo traduzido:

A noite também levantou muitos fundos necessários para projetos específicos da Lumos que correm na Bulgária, na República Tcheca, na Ucrânia e na República de Moldávia – todos com o objetivo de ajudar a unir crianças com suas famílias ou em famílias suportes, reformar o sistema de cuidados e desenvolver base comunitária e serviços especializados para as futuras gerações de crianças desfavorecidas.

J.K. Rowling disse,

Desde a criação da organização de caridade há oito anos para ajudar a mudar as vidas de tantas crianças que vivem desnecessariamente em instituições inapropriadas ao redor do mundo, a Lumos já ajudou governos a tirar aproximadamente 12,000 crianças dessas instituições. [Nós] já prevenimos a morte de mais de 400 crianças extremamente vulneráveis com deficiências, que não estavam recebendo os cuidados dos quais necessitavam em instituições. Nós ajudamos a União Europeia a mudar suas regras em como ela usa seu dinheiro para reformar a saúde, a educação e os serviços sociais – e estamos apenas começando. Há tanto mais que precisamos fazer para começar um fim à institucionalização de crianças.

O incrível apoio que recebemos hoje irá diretamente ajudar a alcançar tudo isto.

A diretora-executiva da Lumos, Georgette Mulheir, que tem uma extensa experiência no trabalho em programas de desinstitucionalização na Europa Central e Oeste, comentou,

A prática contínua da institucionalização de crianças é um grave problema de direitos humanos, que estamos empenhados em acabar. É única forma de abuso infantil que podemos erradicar de nossas vidas.

O que é necessário é o anseio político e o reconhecimento de que todas as crianças – independente das circunstâncias – deveriam desfrutar o espectro total dos direitos humanos e ter toda oportunidade de exercer o seu potencial.

Estamos incrivelmente gratos a todos que fizeram com que este evento de hoje à noite fosse possível, e, através de sua generosidade, vamos ser capazes de ajudar mais crianças do que nunca a conhecer o amor, a segurança e os cuidados de uma família.

Comentários: 2

Nota 1Nota 2Nota 3Nota 4Nota 5 (1 votos, média: 5,00 de 5)
Loading...

J.K. Rowling doa renda de seu novo livro para caridade

//Por Evandro Lira - domingo, 04 de agosto de 2013 às 17:11


Após autoria de The Cuckoo’s Calling ter sido revelada pelo jornal britânico The Sunday Times no mês passado, J.K. Rowling prestou queixa contra o escritório Russell de advocacia, cuja identidade do pseudônimo tinha sido confiada.

“Um pequeno número de pessoas sabia sobre o pseudônimo e não foi agradável ficar se perguntando por dias como uma mulher que eu nunca tinha ouvido falar antes de domingo à noite poderia ter descoberto algo que muitos dos meus amigos mais antigos não sabiam” declarou a escritora.

O Russell reconheceu que um de seus sócios, Chris Gossage, havia contado o segredo a uma amiga de sua esposa, Judith Callegari, que então passou a informação para o jornalista do Sunday numa madrugada, no Twitter.

A BBC relatou na semana passada que o caso foi resolvido sem nem mesmo chegar aos tribunais. O escritório concordou em pagar uma indenização a Rowling, que decidiu doar a quantia – cujo valor não foi revelado – a uma instituição que ajuda militares e suas famílias, a mesma cujos soldados foram fundamentais na pesquisa para seu livro.

J.K. Rowling, conhecida também pelo seus trabalhos filantrópicos, anunciou que toda a renda de The Cuckoo’s Calling será direcionada para a mesma instituição de caridade a partir de 14 de julho e por três anos.

“Sempre tive a intenção de doar para a caridade os direitos autorais de Robert Galbraith, mas eu não esperava que o livro aparecesse na lista dos mais vendidos apenas três meses após seu lançamento. Na verdade, eu nunca tinha imaginado que ele poderia estar na lista” disse Rowling em comunicado.

O major-general Martin Rutledge e Chefe Executivo da instituição, falou que eles estavam “absolutamente encantados” por sua “extraordinária generosidade”. Ele ainda acrescentou:

“Esta doação vai fazer uma enorme diferença na vida de milhares de soldados, ex-soldados e suas famílias que estão realmente passando por necessidade. Sua enorme demonstração de apoio com Soldiers’ Charity vai ajudar a lembrar as pessoas dos sacrifícios feitos pelos nossos homens […]”

The Cuckoo’s Calling é o primeiro volume de uma série policial assinada por Robert Galbraiht, com previsão de chegar ao Brasil em novembro, pela editora Rocco.

Comentários: 0

Nota 1Nota 2Nota 3Nota 4Nota 5 (Nenhum voto até o momento)
Loading...