J.K. Rowling condena comércio ilegal de coruja

//Por Aline Michel - sexta-feira, 25 de agosto de 2017 às 16:44

Pesquisadores de uma universidade britânica publicaram um artigo alertando para o perigo de extinção de certas espécies de corujas devido ao comércio ilegal das mesmas.

O estudo, publicado na “Global Ecology and Conservation”, indica ainda que o aumento na venda desses animais pode estar, de certa maneira, relacionado à série Harry Potter. Em 2001, ano em que Harry Potter e a Pedra Filosofal estreou nos cinemas, apenas algumas centenas de corujas eram vendidas nos mercados de pássaros da Indonésia. Já em 2016 esse número ultrapassou 13 mil animais, de acordo com os pesquisadores Vincent Nijman e Anna Nekaris.

Na Indonésia, os animais são vendidos por preços baixos, entre 10 e 30 dólares, valor acessível para a maioria das famílias que desejam ter uma Edwiges como seu bicho de estimação. O grande problema é que as corujas que são colocadas para venda são, em sua maioria, retiradas de seu habitat natural, o que torna a prática ilegal. Além disso, as corujas que são vendidas como animais de estimação são mantidas em condições bastante precárias e muitas delas acabam tendo uma vida muito curta.

Diante dessa notícia, J.K. Rowling foi ao Twitter condenar a prática que coloca em risco a vida das corujas.

“Acabo de ler uma história perturbadora sobre corujas sendo mantidas como animais de estimação. Assim como as Horcruxes, essa prática pertence à ficção. Por favor, não faça isso.”

Vale lembrar que não é a primeira vez que a autora sai em defesa desses animais. Em 2001 Rowling já havia se pronunciado sobre o assunto:

Se alguém foi influenciado pelos meus livros a pensar que uma coruja seria mais feliz trancada em uma gaiola e presa em uma casa, eu gostaria de aproveitar essa oportunidade para dizer com toda a minha força: VOCÊ ESTÁ ERRADO. As corujas nos livros de Harry Potter nunca tiveram a intenção de retratar o comportamento de corujas de verdade. Se sua adoração por coruja precisa de uma expressão concreta, por que não patrocinar uma coruja em um santuário de aves onde você pode visitar a coruja e ter certeza de ter dado à ela uma vida feliz e saudável”

This post is also available in: Ingl�s

Voltar |
Categorias: Não categorizado
Nota 1Nota 2Nota 3Nota 4Nota 5 (2 votos, média: 5,00 de 5)
Loading...

Comentários