Pottermore, a busca de fãs de Harry Potter por respostas

//Por Evandro Lira - quinta-feira, 23 de fevereiro de 2012 às 02:46

Com o fim da série de livros Harry Potter em 2007, a vida de milhares de crianças, adolescentes e adultos chegava ao ápice no mundo inteiro. “E agora?”, perguntávamos. Esperar por mais o quê? É claro que a resposta a essa pergunta estava bem debaixo do nosso nariz.

Nos restava mais alguns filmes, e isso era os que nos consolava, pois na época faltava uma eternidade para ficarmos “órfãos” de vez. Isso se tornou ainda mais verdade com a notícia de que o último livro, recordista da série, iria ser transformado em dois longas. Desgostosos ou não, ninguém se arrependeu.

A ficha só veio cair mesmo (para alguns) com o lançamento do penúltimo filme, a primeira parte de Relíquias da Morte. Depois de alguns meses estava tudo preparado para nossa despedida nos cinemas, em 2011, quando uma novidade que abalou as estruturas se abateu sobre os corações potterianos. Chegava o Pottermore.

Um novo livro? Uma enciclopédia? Um jogo? Uma rede social? Foram várias as especulações. Ninguém estava certo, ninguém estava errado. A única pista que tínhamos era o nome Pottermore (mais Potter), do qual também, assim como tudo relacionado, precisou de longos e incansáveis esforços dos tão sempre esperançosos fãs para ser descoberto. Faltava poucos dias para o lançamento de Relíquias da Morte: Parte 2, quando aconteceu o anúncio oficial (eis aqui a notícia publicada no Ish). J.K. Rowling anunciava para todo o mundo seu novo projeto, seu presente para os fãs.

Pottermore então seria um site onde todos poderiam se cadastrar e viver naquele universo criado pela autora, podendo fazer compras no Beco Diagonal, ser selecionado pelo chapéu seletor, fazer poções, feitiços, etc. O que deixou, sem dúvida, todos ainda mais animados, foi o fato de que Jo iria compartilhar conosco informações nunca antes reveladas que preencheriam o enredo em torno dos sete livros. Os fãs de Harry Potter não poderiam ter recebido notícia melhor naquela altura do campeonato.

Lançou-se o filme. O Pottermore continuava lá, quieto, por dias inclusive esquecido. Dezesseis dias depois da estreia de HP7.2, dia também do aniversário da J.K. e do Harry, foram abertas as inscrições para migrar no site. Apenas 1.000.000 de sortudos conseguiriam cadastro. Era uma espécie de desafio que aconteceria durante toda a semana, você teria que esperar a hora certa (na maioria, madrugada), responder a uma pergunta relacionada a cada livro respectivamente, multiplicar por um número (todos foram múltiplos de sete), achar uma pena mágica em algum site parceiro do Pottermore, e finalmente preencher seus dados e escolher seu username. Quem se cadastrou sabe o desespero e alívio que foi ver seu nome no livro mágico junto com o de Harry, Rony, Hermione…

Feito isso você precisaria aguardar o famoso, odiado e logo amado e-mail de Boas-Vindas. Enquanto Relíquias da Morte: Parte 2 quebrava recordes e mais recordes, esperávamos pelo tão ilusório e-mail, diversos surtos, sustos e hipóteses foram aparecendo ao longo de agosto e setembro. Visitas às caixas de entrada nunca foram tão constantes como naqueles meses. Com o e-mail em mãos, o excitante início do Pottermore virou febre, enquanto várias pessoas já estavam escolhendo suas varinhas, outras ainda esperavam. No fim do mês de setembro, um milhão de fãs já podiam desfrutar de todo o conteúdo disponibilizado pelo site.

A previsão de lançamento oficial estava programada para outubro, mas devido aos atrasos dos e-mails especulou-se que a inauguração fosse ser feita em novembro, dezembro… Hoje estamos em fevereiro e até agora muitos fãs ainda aguardam pela oportunidade de ser selecionado pelo Chapéu Seletor ou de fazer uma poção. Enquanto muitos já não visitam mais o site por não ter nenhuma novidade, já que, como sabem, o primeiro livro pode ser terminado em apenas uma tarde, sem esforço.

São várias perguntas que chegam através do twitter do Ish, do facebook, do e-mail de contato, e ao todo elas consistem em apenas duas. “O Pottermore abre para todos?”, “Quando podemos acessar o segundo livro no Pottermore?”. A verdade é que ninguém possui datas, nem mesmo arriscamos uma previsão. O que sabemos é que a equipe do Pottermore está trabalhando ao máximo para dar a todos nós as melhores horas de acesso na internet. Constantes pausas para atualizações estão acontecendo, e quando questionada por email, a equipe responde exatamente o que já sabemos: “decidimos prolongar o período beta para que possamos melhorar o Pottermore antes de dar o acesso a mais pessoas. Isto significa que o site não vai abrir para novos usuários em um futuro imediato“.

Portanto, se você não participou do Desafio Magical Quill, não fez o cadastro – lembrando que aqueles que apenas submeteram seus emails não estão cadastrados completamente, apenas estão assegurados de serem avisados quando o site sair da versão beta -, você não tem acesso ao site por enquanto. E aqueles que estão na versão beta do site, continuem fazendo poções e duelando, pois, segundo o Pottermore, a entrega da Taça das Casas será um evento inesquecível no calendário dos fãs. Até lá, “Câmara Secreta” continua fechado e também sem previsão nenhuma de quando abre.

O Potterish tem o compromisso de alertá-los sobre qualquer notícia relacionada ao Pottermore, esperamos também ter esclarecido todas as dúvidas nesse artigo. Qualquer outra pergunta, deixe-a nos comentários abaixo, a fim de que todos possam compartilhar das mesmas dúvidas e respostas.

Veja o último artigo do The Guardian sobre o assunto e também todas as notícias sobre o Pottermore.

Voltar |
Categorias: JK Rowling, Livros, Pottermore
Nota 1Nota 2Nota 3Nota 4Nota 5 (10 votos, média: 4,60 de 5)
Loading...

Comentários