O segredo mais bem guardado da História

//Por Sheila Vieira - domingo, 11 de abril de 2010 às 11:14

Muitos autores contemporâneos têm investigado e feito descobertas interessantes – tanto quanto duvidosas – sobre o mundo religioso e as narrativas católicas. A seção de Resenhas traz hoje a obra de uma jornalista que criou um romance sobre a polêmica Maria Madalena. Confira aqui a resenha de Debora Rezende sobre “O Segredo do Anel”, de Kathleen Mcgowen, um livro que usa o mistério para envolver o leitor, mas fugindo dos modismos típicos desse tema.

Já fez sua sugestão para esta seção? Clique aqui e mande sua dica!

“O Segredo do Anel”, de Kathleen Mcgowan

Tempo: para ler pouco a pouco em intervalos durante a semana
Finalidade: para pensar
Restrição: para quem tem dificuldade com pontos de vista alternativos
Princípios ativos: mistério, cristianismo, pesquisa, história, misticismo

Quando a jornalista e escritora Maureen Paschal embarca em uma viagem a fim de obter material de pesquisa para seu livro, tudo o que ela menos esperava era se deparar em meio ao maior segredo do cristianismo. Pesquisando sobre as personalidades femininas difamadas pela história ao longo dos séculos, Maureen percorre as ruas de Jerusalém, visita as catedrais de Paris e passa pela região do Languedoc. Tudo começa quando a jornalista se sente misticamente atraída por um curioso anel, que a leva diretamente para um castelo em Languedoc, onde Maureen se vê obrigada a abandonar seu ceticismo e aceitar seu destino como a Escolhida para desvendar o mistério dos evangelhos perdidos de Maria Madalena.

Para aqueles que questionam se os fatos apresentados pela Igreja Católica são mesmo verídicos, livros como “O Segredo do Anel” podem fundamentar teorias e alimentar a imaginação, uma vez que ressaltam justamente o lado humano de Jesus Cristo. No livro, é debatido o fato de Maria Madalena não ser a prostituta que as histórias bíblicas, como nos contam, mas sim a esposa e mãe dos filhos de Jesus.

Aqueles que acreditam no Legado de Maria Madalena entendem que os descendentes de Cristo estão até hoje circulando entre nós. Onde estão os evangelhos e o que eles contêm são somente algumas das questões levantadas pela autora ao longo do romance. Com uma leitura simples e de fácil entendimento, o livro o levará o leitor a um mundo repleto de curiosidades e descobertas fascinantes.

Kathleen Mcgowan empregou 20 anos de pesquisas sobre personagens históricas cuja imagem fora deturpada. Jornalista e escritora, com uma incrível capacidade de questionar e investigar, toda semelhança com sua personagem não é mera coincidência. A intenção inicial da autora era de escrever um livro de não-ficção que revelasse o papel de fato importante que algumas das mais notáveis personalidades femininas tiveram na história.

No entanto, se o projeto inicial fosse mantido, Kathleen não poderia revelar ao público algumas de suas melhores e maiores descobertas. A resposta a essa modificação não poderia ser mais positiva: há quem diga que o livro de Mcgowan é um best-seller que foge do modismo que gira em torno de seu tema central.

Resenhado por Debora Rezende

429 páginas, Editora Rocco, publicado em 2006.
*Título original: “The Expected One”. Publicado originalmente em 2006.

Onde Comprar

Voltar |
Categorias: Debora Rezende, Resenhas
Nota 1Nota 2Nota 3Nota 4Nota 5 (8 votos, média: 4,00 de 5)
Loading...

Comentários