Nosso crítico de cinema aborda a desinformação de EdP

//Por Daniel Mahlmann - segunda-feira, 09 de junho de 2008 às 21:40

Muitos fãs de Harry Potter estão irritados com a falta de material oficial do filme Harry Potter e o Enigma do Príncipe, como o pôster e teaser trailer. Pensando nisso, o nosso crítico de cinema Arthur Melo escreveu um texto abordando essa (falta de) atitude da distribuidora Warner Bros.

É interessante quando vemos que esta mesma distribuidora tem reunido esforços (exagerados, às vezes) para divulgar outros filmes que não possuem o mesmo porte comercial da série “Harry Potter”. Entendemos que justamente por conta disto o trabalho de divulgação para estes seja mais necessário, até porque Potter por si só dispensa grandes investimentos de marketing. Entretanto, devemos ressaltar que o respeito e um olhar mais atento a um público já formado que espera por uma produção que já estreará em novembro é importante.

Acreditamos que ou há motivos técnicos (seja por parte da produção do filme ou pelo trabalho de propagando do estúdio/distribuidora) ou estão preparando uma produção de marketing que supere expectativas. Em caso deste último, as proporções devem ser mesmo surreais, ora que essa tal expectativa só aumenta ao longo dos dias.”

Confiram o artigo na íntegra em notícia completa.

HARRY POTTER
Crítica de Arthur Melo quanto a desinformação do sexto filme

Pipoca Combo ~ Arthur Melo
09 de junho de 2008

Em 8 anos da série nos cinemas nunca vimos tanta falta de notícias e, podemos até sugerir, de consideração com os fãs da série Harry Potter. É uma decepção tanto para o público quanto para aqueles que trabalham levando a informação para este em diversas partes do mundo. É o esforço e a competência de tantos sites sobre o tema no planeta, e até mesmo sites comuns de cinema que estão sendo desmerecidos; nós que sem dúvida contribuímos para o êxito da série nos cinemas sem dispersarmos um único centavo da distribuidora.

Ultimamente a escassez é tamanha que alguns sites especializados têm se contentado com notícias muitas vezes irrelevantes, como comentários de meros figurantes no filme ou qualquer entrevista que algum dos integrantes do elenco ao menos cite o nome da série.

No dia 7 de maio de 2005, ano em que “Harry Potter e o Cálice de Fogo” chegaria aos cinemas, já tínhamos acesso ao teaser-trailer, pôster e um site oficial do filme; além, evidentemente, de muitas fotos oficiais. Em novembro de 2006 tivemos o trailer de “Ordem da Fênix”, 8 meses antes do lançamento, junto ao pôster e muitas fotos oficiais. Contudo, hoje, 9 de junho de 2008, quando as notícias se resumem praticamente aos filmes, ou seja, quando elas se tornaram mais necessárias e importantes, não tivemos nada além de 2 fotos oficiais liberadas Warner Bros. e 2 sneak-peeks. Fotos essas que em nada acrescentam ao pouco que já sabemos, pois não apresentam absolutamente informação relevante alguma. Aliás, as poucas formas de informação que possuímos têm sido barradas pela Warner Bros., que tenta camuflar o filme.

É interessante quando vemos que esta mesma distribuidora tem reunido esforços (exagerados, às vezes) para divulgar outros filmes que não possuem o mesmo porte comercial da série “Harry Potter”. Entendemos que justamente por conta disto o trabalho de divulgação para estes seja mais necessário, até porque Potter por si só dispensa grandes investimentos de marketing. Entretanto, devemos ressaltar que o respeito e um olhar mais atento a um público já formado que espera por uma produção que já estreará em novembro é importante. Se, ao menos, apesar da falta de notícias, tivéssemos alguma previsão concreta de resultados, nós (os informantes) e com certeza o público nos daríamos por satisfeitos. Até outros estúdios já possuem desde o início do ano material de divulgação mais do que suficiente de longas que estréiam no mesmo período ou posterior a este.

Acreditamos que ou há motivos técnicos (seja por parte da produção do filme ou pelo trabalho de propagando do estúdio/distribuidora) ou estão preparando uma produção de marketing que supere expectativas. Em caso deste último, as proporções devem ser mesmo surreais, ora que essa tal expectativa só aumenta ao longo dos dias. Por enquanto, a única “certeza” é a data de estréia (assim com o sucedido da última vez).

Voltar |
Categorias: Filme 6, Filmes e Peças
Nota 1Nota 2Nota 3Nota 4Nota 5 (23 votos, média: 4,30 de 5)
Loading...

Comentários