Harry, Ron… e Emma

//Por Editor de resenhas - segunda-feira, 16 de junho de 2008 às 12:58

Hermione Granger é estudiosa, tem uma memória de elefante e, ainda por cima, é madura. Oh, o que falta para esta menina, meu Deus?
Sheila Vieira nos ajuda a entender o fascínio por trás desta personagem, ao falar de seu próprio fascínio por Hermy. O texto completo e os comentários a ele, você lê na extensão.


por Sheila Vieira

Hermione Granger é certamente uma personagem feminina de destaque na literatura infanto-juvenil. Rowling encarnou na menina trouxa, filha de dentistas, características que não somente destacam-na dentro do próprio universo de Harry Potter, mas também trazem um novo olhar sobre o papel de uma garota diante de amigos, inimigos e autoridades. Apesar de seu talento, Emma Watson, ao longo dos filmes, emprestou à amiga de Harry características suas que distorceram essas particularidades, aproximando Hermione dos clichês a que estamos acostumados a ver na tevê e em outros filmes dirigidos ao público jovem.

O que traz esse destaque à protagonista feminina da série é a sua própria função na história, além de determinadas feições: ela representa uma racionalidade que geralmente não se atribui a garotas. Sua eficiência como fonte de informações para as personagens (e leitores), visão da perspectiva de outras pessoas (como quando explica aos garotos os motivos da tristeza de Cho em ODF), compreensão de conhecimentos independentes do mundo mágico (ao decifrar a lógica das poções em PF), preocupação social (FALE), postura crítica em relação ao ensino (por exemplo, o abandono da aula de Trelawney) e a preocupação com uma postura ética determinam uma contraposição a Harry e Rony, que agem de forma extremamente impulsiva, fazendo inúmeros pré-julgamentos.

Talvez o momento mais emblemático dessa situação seja em ODF, quando Hermione tenta convencer um irracional Harry a considerar a hipótese de que Voldemort tivesse infiltrado a visão de Sirius no ministério em sua mente, apenas pra atraí-lo. O rapaz praticamente não considera a visão da amiga e a pressiona querendo ajuda. Além de manter-se calma, Hermione formula o plano, distribui as tarefas e impõe ao amigo que ele cheque a presença do padrinho em sua casa. Por mais que Harry não se identifique com a frieza dela, é geralmente a quem ele recorre a fim de conselhos, e não a Rony, que julga as situações de forma um pouco mais similar à dele, pois sabe que precisa de contraposições e respeita a opinião da amiga. Essa é a base da relação dos dois, que leva Harry a considerá-la uma irmã. O que simboliza mais a sensação de admiração e segurança do que a família?

Partindo dessa relação entre os dois chegamos à questão dos filmes e da abordagem de Hermione nestes. A maioria das pessoas com que converso que acompanham a série somente pelo cinema se surpreendem quando digo que a verdadeira relação de paixão da moça é com Rony. Essa impressão é perfeitamente compreensível, pois os diretores e roteiristas apostaram mais na interação entre ela e Harry, porém, ao invés de explorar a oposição de visão de mundo dos dois e como esse antagonismo de idéias os manteve vivos durante toda a jornada, optaram por focar a fragilidade de Hermione em situações de perigo do amigo. Ela parece ser mais carinhosa com Harry do que com Rony, o que faz todo sentido, mas não explicita bem que ela reprime (e às vezes falha ao reprimir) seus sentimentos pelo mais novo dos irmãos Weasley. A explicação para isso talvez seja que Emma visivelmente funciona melhor com Daniel nas cenas do que com Rupert, o que não tira méritos dele como ator, mas simplesmente não há química entre ele e Watson.

Outra questão importante em relação aos filmes e a Hermione tem a ver com a quebra das regras. Sem dúvida, a evolução da personagem está atrelada à influência dos amigos, fazendo-a perceber que algumas transgressões são necessárias. Mas isso é, até o fim da série, uma questão de extremo conflito para ela. A cada nova idéia de Harry, a garota responde refutando, para depois considerar e, às vezes, aceitar de forma receosa. Uma das poucas iniciativas “ilegais” da moça foi a Armada de Dumbledore, porém, apenas com o intuito de aprender mais sobre Defesa contra as Artes das Trevas. No entanto, ao vermos no trailer (algo que antecipa alguns bons momentos do filme) de ODF ela dizendo que é excitante quebrar as regras, percebemos que há um enfoque na adrenalina de seguir o rumo dos amigos e não no dilema ético que uma personagem que sempre exige moralidade dos outros enfrenta.

Nem entrarei muito no mérito da aparência de Hermione, pois é compreensível que no cinema a imagem das personagens seja a mais atraente possível, ainda mais no caso da principal figura feminina. As alterações nas roupas e no cabelo, que favorecem o aspecto visual de Emma na tela, são consideráveis, mas até houve um esforço para preservar certas características apresentadas nos livros. No entanto, é necessária a ressalva de que esse olhar dos filmes sobre Hermione é de responsabilidade não só de Watson, mas dos roteiristas, produtores e diretores. Ao vermos a entrevista da jovem atriz, não vemos nenhuma distinção entre ela e sua personagem. É natural que os intérpretes tragam seus elementos a seus papéis, mas, quando isso ocorre com alguém tão diferenciado na série e na literatura jovem atual, há uma perda de força da narrativa considerável. Admiro mais a garota que esclarece a Harry o porquê Rony tem ciúmes de sua popularidade do que a moça que abraça o amigo aos prantos antes dele enfrentar o Rabo-Córneo no Torneio Tribruxo.

Voltar |
Categorias: Análises, Colunas, Personagens, Sheila Vieira
Nota 1Nota 2Nota 3Nota 4Nota 5 (36 votos, média: 4,19 de 5)
Loading...




Comentários

Ao postar, não use xingamentos e palavrões.

Ju | sexta-feira, 20 de junho de 2008

http://www.oclumencia.com.br/galeria/displayimage.php?pos=-4253

nessa foto, que é do 3º filme, ela tah totalmente Mione!
Soh ph tah de rosa ela não parece a Mione?
Ela nunca descreveu as roupas de hermione no dia-a-dia
Penso que uma das mudanças que a galera mais sente é em relação ao cabelo….se eles tivessem mantido como tah na foto, ficaria ótimo!


Julia | sexta-feira, 20 de junho de 2008

Natália, apoiadíssima! \o

Aron, é compreensível que alguns confundam as imagens dos atores com os personagens. Mas, sinceramente, qm puder desapegar, eu recomendo! Eu não imagino as pessoas dos filmes. Eu li antes dos filmes, ok, mas acho q imaginaria diferente msm q tivesse visto os filmes antes, pq eu fiz assim com SdA. As descrições já começam diferentes, são bem fácil de se desvincilhar dos atores (só pra citar coisas q já começam em PF: Rony… alto? Harry magrela (pra mim o rosto do Harry não tinhas as bochechas rosadas e saudáveis do little Radcliffe em PF) e olhos verdes? Hermione… dentuça?)


Marília | sexta-feira, 20 de junho de 2008

Excelente coluna! Hermione é a minha segunda personagem preferida (não posso evitar, o Rony é a paixão de minha vida) e eu acho um absurdo como não consigam deixá-la pelo menos um pouquinho mais Hermione, eu digo, comonão conseguem fazer da Emma uma personagem mais realista. Quer dizer, certo que ela tem mesmo que ficar mais bonita a cada filme, até pro clima R/H, mas ela não está se mostrando estudiosa e certinha, e sim como apenas a solução dos problemas. Agora ela é soh mais uma garota que sabe mais q o Harry e que o Rony, quando Hermione é muito mais do que isso.

Aiai… eu amo a Hermione, me indentifico mto com ela (a personagem). Morenas, estudiosas, certinhas demais, meio que desprezadas pela sua inteligencia, garotos soh procuram por nos quando querem copiar a tarefa, apaixonadas por altos e desengonçados… ;D


Hannah | sábado, 21 de junho de 2008

Cara, eu *tinha* que comentar aqui… É absolutamente ridículo o nível que os cometários daqui atingem, gente, vcs agem da msm forma que os fanaticos religiosos q reclamam de HP, entram numa briga desgovarnada por assuntos mínimos. É fato q o roteiro de HP não é fiel, tb fato que personagens são desaproveitados, isso falando de fantasticos personagens como o próprio Ron, o roteiro limita sim, porém no roteiro não está escrito “agora Hermione poe o cabelo atrás da orelha e fala como um típica garota do gueto”, isso quem faz é a Emma, a interpretação é somente do ator, da mesma forma, usando um personegem/ator que a maioria concorda que cabe na forma, tanto no filme 4 quanto no 5 Snape dá um safanão nos alunos, quem leu o livro sabe que isso nunca aconteceu, Snape sempre foi um terror, mas o único professor a atingir fisicamente os alunos foi Umbrige, certo? Certo. Porém no roteiro mandaram o Rickman meter a livrada nos garotos, ele fez, mas ele não sai da personagem, ele não torna a ação longa, ele mantem curto, rápido e brusco como as ações do Snape que conhecemos, pegaram o ponto? Esse é problema da Emma ela se perde nas próprias ações, por causa do roteiro desviado ela desencontrou a Herm dos primeiros filmes. Mas isso é o que EU acho e eu posso publicar isso no jornal se EU quiser, pq NÓS temos direito, porém o meu direito acaba quando começa o seu, então que tal respeitar a garota que escreveu uma coluna (que para quem nunca o fez não é a coisa mais fácil do mundo) e deixem de fanatismo pq isso emburrece. No mais, parabéns Sheila, gostei de sua coluna.


LIH | sábado, 21 de junho de 2008

Ótima coluna, adorei! Sheila ressaltou muitos pontos importantes de Hermione, da saga do filme e livro. Realmente, antes eu me remoía de ódio da Warner por deixar a Watson tão além da verdadeira Hermione Granger; mas ela está realmente certa, afinal, se Emma não estivesse atraente nas telas, ela seria um tanto quanto ‘prejudicada’. O resto foi tudo muito bem lembrado, Mione é ,sem dúvida nenhuma, uma heróina de Harry Potter. Parabéns à colunista!


Bru | sábado, 21 de junho de 2008

eu amo a atuação da Emma!
Nãi é a Hermione ideal, mas acho ótima, e quem não acha, senta e chora!
haushau 😀


Danie | sábado, 21 de junho de 2008

Brilhante!

Uau, Sheila! Vc conseguiu passar aquilo o que eu nunca conseguia expor sobre Mione >.<
Eu a amo. Talvez seja a melhor e mais profunda personagem da série para se analisar.

Quanto a Emma… Ela é boa atriz. Pena que não chega nem aos pés de uma boa interpretação para a nossa racional(e não emocional), crítica, de opinião forte e sensata Hermione Granger!

“A maioria das pessoas com que converso que acompanham a série somente pelo cinema se surpreendem quando digo que a verdadeira relação de paixão da moça é com Rony.”
Somos duas 😀
Tbm acho que os produtores dos filmes incitam uma relação entre ela e Harry. Isso é triste. Pois além de vermos o livro sendo cortado e estraçalhado para uma “melhor” adaptação para as telas, eles vão atrás daquilo eles acham que dará mais bilheteria. 😕

Dito a minha humilde opinião,
Parabéns, Sheila! Ótima coluna e seja bem-vinda ao Ish!


joanne yasmim | sábado, 21 de junho de 2008

A HERMIONE conserteza e´minha personagem favorita!!! 😀

Eu sou SUPER FAN da EMMA,acho que ela interpreta muito bem. 😀
ela tem um carisma incrivél ❗ ,ela é d+ interpretando a hermione.E aposto que ela arazaria em outros papéis também… 8) 😀


May | sábado, 21 de junho de 2008

BoOm, eu amOO de paxão a Mione (personagem preferida, hehe), entaum, concordo com a Sheila qndo disse “Admiro mais a garota que esclarece a Harry o porquê Rony tem ciúmes de sua popularidade do que a moça que abraça o amigo aos prantos antes dele enfrentar o Rabo-Córneo no Torneio Tribruxo”, mas qlqr um q tenha lido os livros e visto os filmes tem q axar isso nee? xD Msm asim, eu ainda gosto da Emma, msm com todos os defeitos e tals…


Pauliinha | sábado, 21 de junho de 2008

aiii como tem comentários/briguinhas sem noção…
concordo plenamente com a Hannah.

agora falando da coluna:
eu gostei.
A Hermione dos filmes assim como varios outros personagens não atingem a complexidade que possuem nos livros.
Harry Potter dos filmes nunca vai ser Harry Potter dos livros, pq o que vende msm é “uma turminha aprontando todas com as suas varinhas”!

enfim parabéns pela coluna!

8)


  thais | domingo, 22 de junho de 2008

Adorei a coluna, de montão :)))
Concordo em tudo, exceto na parte em que você falou que as características pessoais da Hermy no livro são incomuns entre garotas. Há o fato da maturidade da personagem, o que é muito comum em várias garotas inteligentes como ela, que realmente agem com racionalidade. E sem discriminar o sexo masculino, é comprovado que as mulheres amadurecem mais rápido que os homens.
Quanto ao Rupert e a Emma não terem química, eu até concordo, mas acho que isso também é culpa dos diretores que não sabem explorar o talento deles. Por exemplo, ela olha com uma ternuuuuura para o Harry que é praticamente impossível para quem não lê saber do amor de Rony e Hermione, e cadê os produtores pra falarem alguma coisa para tal atuação? Cada olhar é evidente para o telespectador, cada ato idem.
Parabéns mesmo pela coluna, Sheila 😀

PS.: desculpa se me empolguei e acabei falando demais 🙂

Beijos.


Iracema | domingo, 22 de junho de 2008

Parabéns, Sheila, concordo com tudo o que você disse. Nos dois primeiros filmes tentaram manter a Hermione parecida com a Hermione, mas depois as coisas desandaram. A Emma aparece cada vez mais loira e menos Hermione. É uma pena, já que ela, Hermione, é um dos melhores personagens da série (não falo o melhor, porque tenho uma paixão e uma identificação muito grande com o Ron).

Até acho que o Rupert e a Emma podem ter química, como eu achei que eles tiveram na ODF, com tantos olhares trocados, é só o diretor saber usar os dois, mas é inegável que a química entre ela e o Daniel é instantânea.

Sobre quem só assisti o filme e fala em H/Hr, quando saiu a ODF, eu não fui na estreia, porque os horários eram ruins pra mim, mas fui no sábado e tinha uma menina na fila que já tinha visto o filme fazendo vários comentários H/Hr e, claro, fiquei com vontade de bater nela, mas coitada, não é culpa dela, é? Só começo a achar, que nessa altura o relacionamento R/Hr vai começar a ficar um pouco forçado nas telas… ou não. O negócio é esperar por setembro e ver como ficará a relação enciumada de Ron e Hermione.

Parabéns novamente.
Beijos.


Camila | domingo, 22 de junho de 2008

Tudo o que penso e mais um pouco!
Hermione foi realmente banalizada nos filmes.
Minha admiração por ela foi diminuida depois dos filmes, mas então eu lembro que a verdadeira Hermione é a dos livros!
=]


Nessa Black | domingo, 22 de junho de 2008

Como diria o Ron: Pelas calças de Merlim!!

adorei a coluna… muito bem escrita, muito bem estruturada… não tenho que criticar, porque concordo com você em todos os pontos.

Só que eu sou chata! Eu li todos os comentários, e além da ignorância de alguns, uma coisa me chamou a atenção: algumas pessoas deram a entender que os personagens do cinema não tem que retratar os personagens dos livros, dizendo que o ator tem q colocar tudo de si, que o diretor pode se ver no direito de ir contra a história e fazer um personagem PARECER gostar de outra, mas daí eu faço uma pergunta:

SOBRE o que são os livros?

Se é sobre o mundo Harry Potter, que tanto amamos, temos que concordar que a retratação chega a ser risível absurda…

É como se fizessem um senhor dos anéis em que o Aragorn fosse apaixonado pelo Legolas… simplesmente não é verdadeiro!

Usando essa lógica, e o fato de que Hermione e Rony são apaixondos um pelo outro, o que esses filmes retratam é um mundo diferente do mundo de Harry Potter, pelo menos de todos os livros que eu já li.

Concluindo: a personagem que aparece nos filmes pode ter o mesmo nome que a dos livros, mas não é a mesma… simplesmente não é.

O que é uma pena… e pena maior é o verdadeiro fã achar essa disconexão válida e até boa…

(Se um dia fizerem um filme sobre mim, espero que pelo menos respeitem o homem que eu me casei, e não me casem com o amigo dele… Acho que a Mione concordaria comigo)


Vanessa | segunda-feira, 23 de junho de 2008

a coluna não acrescentou nada do que jah sabia…fraquinha!
Textos como esse encontro em qualquer comunidade ou site…

🙄


Diter M Wieser | segunda-feira, 23 de junho de 2008

Lewis Carroll já escreveu dois livros sobre uma garota muito esperta (não um dicionário ambulante) que é a Alice. Garotas espertas e de raciocínio rápido é uma constante na literatura infanto-juvenil, além da já citada Alice, temos Narizinho de Monteiro Lobato, Lyra das Fronteiras do Universo, até Chapelzinho Vermelho (folclore europeu), Mariana de ‘O Menino no Espelho’ do Sabino.

O próprio Carroll dizia que as meninas eram muito mais espertas e com um raciocínio mais rápido que os meninos (obs.: Carroll era professor de Lógica na Universidade de Oxford na segunda metade do séc. XIX).


Viviane Weasley | segunda-feira, 23 de junho de 2008

Sabe… ❓ 🙄 ❓

A coluna mereceria meus parabéns se a redatora soubesse separar o livro do filme (((porque é querer demais que o filme retrate fielmente o livro)))!
😥 😥 😥

Não desmerecendo a colunista, que expôs sua opinião desfavorável a atriz que deu vida a Mione imaginária…..
😯 😯 😯

acho até, que não houve escolha melhor que a Watson para a personagem Hermione pois ela a interpretou igual ao que é descrito em livros e que Howling e perdoe, um “tantinho” melhor.
😀 😀

E….

Se você, 👿 👿
Que se dizem fãs da série, realmente atentassem para os filmes, veriam que em nenhum momento, a Hermione transpassa a relação Amigo-Irmão com o Harry.

Porque digo isso????

Porque, se qualquer um de vocês, parar e observar ( ❗ MENINAS ME CORRIJAM, SE ESTIVER ERRADA ❗ ), nenhuma garota que, supostamente gosta de um rapaz, corre para os braços dele, faz caras-e-bocas e ainda por cima, o ajuda a se relacionar com uma outra garota que não ela( ou vão me dizer que a Mione ficou brava quando o Harry “ficou” com a Cho?!?!?!?!)…
Em nenhum momento vi, algo além de uma verdadeira e profunda amizade.
A colunista e a maioria, discorreram sobre (CdF filme) o fato de Hermione ter “abraçado aos prantos seu amigo, antes de enfrentar o rabo cornéo”, mas esqueceu de analisar que, tanto retratado no livro, como no filme a 1ª prova do tribuxo era dificílima e como toda melhor amiga, a Hermione foi desejar boa sorte ao Harry…
((Não querendo lembrar vocês, que é praticamente IMPOSSÍVEL retratar todas as paginas tin-tin por tin-tin em apenas 2 horas +ou -)), a intenção dos roteiristas, foi ao mesmo tempo retratar a amizade entre eles ((pra quem REALMENTE leu o livro)) e nos mostrar a verdadeira Rita Eskeeter!!!!!
E com todo esse “escarcéu” sobre hermione e Harry, esqueceram-se de mencionar que, no mesmo filme, Hermione demonstra o quanto gosta de Rony e como ficou abalada por ele ter pensado nela em último caso para ir ao baile(ooooohhhhhhh, por que será hein)…

😕 😕 😕 😕 😕

Me admira um site respeitado como o Potterish, ainda deixar essa coluna no ar. com esse erros medíocres. Francamente!!! ❗ ❗


Bruna | segunda-feira, 23 de junho de 2008

Ui, às vezes eu tenho até raiva da relação Hermione/Harry no filme… pode ser que a Emma e o Daniel influenciem um pouco, mas a culpa é dos diretores, roteiristas e seilámaisoque!!!
Eu acho que a Warner queria mudar uma realidade já criada pela J.K., fazendo o Harry e a Hermione ficar juntos e o Rony ser “o padrinho”! haháááááh que ridículo!

os livros são muito mais legais e emocionantes que os filmes! é a história original!

adorei a Coluna, of course!!!
aquela parte do “é tão emocionante quebrar as regras” no filme é legal pra pessoas que sempre assistiram o filme e não sabem que a Hermione nunca diria akilo!!! é uma ilusão!


Paty | segunda-feira, 23 de junho de 2008

Adorei a matéria! Realmente a Hermione do livro é insuperavel, e é fato q o Harry já teria morrido se não fosse ela e + um terço dos personagens. Qnt a Emma, ela é boa e é fã da série por isso gostaria q ela desse + palpite no personagem ,pq ela sabe q essa Hermione hollywoodiana não dá, e o fato de ter os roteristas e todo o resto não é desculpa, ela poderia se impor + , no geral, ela segue a média ,regular . O Rupert é ótimo, apesar de não ter tanto espaço, a Evvana é s/ duvida a grande surpresa, e exemplo de alguém q é fã e sabe se impor,Daniel…deixa p/ lá , + ninguém supera o Alan Rickman, p/ mim ele é a exemplificação de Snape.No geral a grande culpada da série deixar a desejar, é a sempre mercenária Warner.
Obs: acho q Emma e Rupert tem química sim.

Enfim, adoro essas análises q criam polêmicas, e espero q a Sheila continue c/ suas matérias e não ligue para os histéricos de plantão.

Parabéns ao Ish por manter a liberdade de expressão sempre ,pois é isso q importa.

E como comentário final: O Elvendork é unissex! rsrs.


Vanessa | terça-feira, 24 de junho de 2008

coluna bem chatinha e pessoas que não sabem respeitar quem não gostou! 🙄


Julia | quarta-feira, 25 de junho de 2008

Viviane… acho q a questão da Uórner ser chamada de “H/Hr” não é bem se ela segue alguns padrões do livro, coisas são retratas nos livros… é mais pelo tipo de coisa q ela enfoca e tipo de coisa ela deixa de enfocar… A velha discussão sobre PdA, por exemplo. No filme TEM cenas R/hr pra mostrar q o negócio de amor É com eles dois sim. O toque na mão constrangido. O abraço depois do bicuço… o “qr chegar mais perto” e um constrangimento… Tem sim. MÃSSSSS… Se vc me põe a Hermione falando as falas do Rony, deixa o Rony secundário, sem as ações dele, dá enfoque nas cenas da Hermione com o Harry (algumas q nem existem), me faz os dois correrem sem-noção de mãos dadas, deixa a Hermione menos “histérica” e “nerd” ( o q eu vejo como, na verdade, com menor foco na responsabilidade incompreendida dela, o gosto pelos estudos, a teimosia, o ar de mãe-“chata”), faz ela mais uma mulher de ação ( o q não teria problemas, se ponderasse pelo outro lado tbm…), um Harry mto mais apto a ouvir a Hermione… Toda essas coisas PODEM DAR uma sensação de q o Rony é um “nada” (para os mais limitados) e q o Harry e a Hermione combinam mto mais… Na boa… Isso existe. E é parte como a coisa foi mal medida.
Não é uma questão de não saber separar livro e filme. A não ser q distorcer os personagens faça parte de uma adaptação. Eu não vejo assim. Eu sou a favor de mudanças de cenas, não há um desejo xiita na minha concepção de adaptação, mas desde q elas não façam personagens e tramas distoarem da essencia q está nos livros da Rowling.

Qto a vc achar q a Hermione dos filmes é melhor do que a dos livros… Sua opinião. Assim como a minha opinião é q a dos filmes, por ser tão menos complexa e densa, fica mais “perfect girl”. O que, obviamente, eu não gosto mto, pq os humanos são interessantes pq eles têm essa balança. Pessoas “perfeitas” (heim?) enjoam. MAS… eu tenho total consciência de q em filme blockbuster as pessoas ficam assim msm e esse tipo de filme foi feito para a gnt se divertir. E assim o faço com os filmes de HP.
Não fico esperando ser melhor q o livro, só lamento as distorções e, no resto, aproveito meu ingresso (ou meus DVDs)


Juh | quarta-feira, 25 de junho de 2008

Boa, Julia! Uma coisa eu tenho que adimitir: eu não gostaria de ver a Hermione de juba-de-leão, então eu concordo com o penteado dela, só não acho legal colocar ela loura (tinta é pra isso). E só o fato de eles tirarem os uniformes e colocar roupas, acho que eles vão com o pensamento que: eles só usavam os uniformes nas aulas, mas fora…


Luuh | quinta-feira, 26 de junho de 2008

A Hermione é perfaaa!!Mas a Emma enfeita demais, com seu cabelo loiro…
Estava na hora de alguém que conhece os livros falar a verdade!


Marina | sábado, 28 de junho de 2008

Adorei a coluna. Penso do mesmo jeito em todos os aspectos.


Francine | sábado, 28 de junho de 2008

Eu era fã de Harry potter, somente pelo cinema, e sempre achie que Harry e Hermione combinavam mais, e ficava completamente abismada em saber que ela e o Ronny formavam casal, porque não combinavam. Mas quando li os livros, percebi que aquela ‘química’ era somente dos atores. Mas eu Acho a Emma uma boa hermione, só um pouco… loura demais.


Mari Lupin o/ | terça-feira, 01 de julho de 2008

na minha opinião,eu acho que essa coisa de discutir sobre ‘livro X filme’ é meio que…passado.Nós,que já tivemos a oportunidade de ler todo os livros sabemos como a Hermione é,e como ela fica no filme.Isso ocorre com todos os personagens.Qual é…quem nunca achou a atuação do Daniel,Rupert,ou quem quer que seja;nada parecida com os dizeres da serie literaria? Claro que é dificil produzir,atuar e coisa e tals; o que não podemos fazer é ficar com ese negocio de ‘odiamos a Emma’,alguns acham a atuação dela precaria,outros já à adoram.Fazer o que? Xingar? Não.
O mesmo se repete ao fato de shippers; não vou nem repetir,porque acho que todos já sabem…’cada um com a sua opinião,e pronto’.


Mari Lupin o/ | terça-feira, 01 de julho de 2008

bom,dizeram nós posts aê de cima assim

“…nenhuma garota que, supostamente gosta de um rapaz, corre para os braços dele, faz caras-e-bocas e ainda por cima, o ajuda a se relacionar com uma outra garota que não ela( ou vão me dizer que a Mione ficou brava quando o Harry “ficou” com a Cho?!…”

Vou ser obrigada a concordar.É verdade até,mas temos que ser realistas.Há cenas onde aconteces coisas assim,outras cenas não.Ou seeja,momentos R/Hr e H².O que eu posso fazer? oque nós podemos fazer? jogar pedras na janela da Warner e mandar ela seguir exatamente o livro? 😯

Eu gostei da coluna sim. 😀 Respeito quem gosta do modo que a Emma interpreta nossa querida Hermione. ♥’ Mas,EU PARTICULARMENTE não gosto gente.Vamos ser felizes expressando nossas opinioes \o

Obrigada 8)


Mila Granger | domingo, 06 de julho de 2008

Usando as palavras de outros…
“…nenhuma garota que, supostamente gosta de um rapaz, corre para os braços dele, faz caras-e-bocas e ainda por cima, o ajuda a se relacionar com uma outra garota que não ela( ou vão me dizer que a Mione ficou brava quando o Harry “ficou” com a Cho?!…”

Vou ser obrigada a concordar.É verdade até,mas temos que ser realistas.Há cenas onde aconteces coisas assim,outras cenas não.Ou seeja,momentos R/Hr e H².O que eu posso fazer? oque nós podemos fazer? jogar pedras na janela da Warner e mandar ela seguir exatamente o livro?”
eu realmente ADORO a Hermione dos livros e até aceito bem a dos filmes, acho que devemos todos pegar mais leve com a Emma, não a conheço e nem sou a super-defensora, mas eu gosto dela e a JK não conseguiu achar ninguém melhor pra interpretar a mione, então não tem porq todo mundo ficar perseguindo só a Emma, se é pra fazer uma análise de atuação porq não fazem dos outros também, porq eu não acho o Rupert lá essas coisas como ron(apesar de saber que ele é um bom ator, o ron é aparentemente bem mais fácil de interpretar do que Hermione) e será que toda uma crítica de verdade, com pessoas que entendem do assunto mesmo estão erradas quando dão prêmios a Emma? bom mais uma vez quero deixar claro que não sou uma fã incondicional dela, mas também não acho justo que o foco seja sempre a Emma, afinal, ela tem todo o direito de não ser como a mione na vida real e se ela quer pintar o cabelo, não é justo ter de esprar dez anos pra isso só porque precisa passar a adolescência toda como Hermione, pros meninos, dan e rup é muito mais fácil essa questão de aparência, mas a mione também mudou muito nos livros e isso é normal na vida de qualqer garota. Lógco que ela não pode descaracterizar a personagem, mas não altera tanto se o cabelo da mione no estiver duro e tão escuro, e quanto ao ROTEIRO, acho que isso é culpa dos diretores e roteirista não dos atores. Espero não ter ofendido ninguem, galera, a caça as bruxas terminou!!!


Aline | terça-feira, 08 de julho de 2008

Mila, teu texto tah ótimo

melhor que o da Sheila.


isah | quarta-feira, 09 de julho de 2008

ooie
exelente coluna
estão d parabéns

BjoooOOOooos


Estela | sexta-feira, 25 de julho de 2008

Bom, resolvi não colocar minha opnião sobre a Emma, já que não quero dar continuidade a essa discussão.
Só acho interessante dizer que nós como grandes fãs da obra da J.K. e, principalmente, sendo essa obra composta por livros, conhecemos os personagens ao fundo. Sabemos o que eles fariam em tal situação, como reagiriam etc. Por isso podemos achar as atuaçães tão ruins. Sabemos que os personagens vão além daquilo.
Digo por experiencia própria que já vi aguns filmes onde achei a atuação exelente, mas depois de ler o livro (lê-lo muitas vezes, já que só assim você conhece mesmo o personagem) vi que a atuação não era lá aquelas coisas.
O estudio fez a tipica classificação presente em muitos filmes. Tem o mocinho (Harry), a menina bonita(Hermione) e afigura cômica (Ron). E devo dizer que ODEIO isso. Assim como ODEIO a baixa que dão ao Ron nos filmes.
E eu acredito realmente que Rupert é o melhor dos três, e ele realmente queria ganhar o papel de Ron Weasley [sem contar que o Ron é meu personagem favorito].
É uma exelente coluna e eu lamento muito como muitas pessoas não souberam interpreta-la (me pergunto como essas pessoas lêem livros como HP, será que entendem alguma coisa?)


Maluh | segunda-feira, 04 de agosto de 2008

Concordo total e plenamente.

Vale frisar também a parte do terceiro filme, na qual ela admira a si mesma de costas, quando volta no tempo, e faz o comentário mais infeliz feito por Hermione em toda a série dos filmes até hoje:

“É assim que meu cabelo fica quando estou de costas??” 😡

Patético.

Uma coisa que você citou, e pensando bem, eu vim reparar só agora…
Realmente Watson e Grint não têm láááá uma química muito boa… Tentanto imaginar a cena dos dois se beijando apaixonadamente, depois de seis livros de atitudes esnobes, sofrimentos e conflitos internos (o que é pra ser um PUTA beijo), é meio que estranho tornar essa imagem real… simplesmente.. não cola…

Eu sinto falta da Hermione do primeiro e do segundo filme. Dois personagens deixaram a saga no terceiro longa…
Hermione Granger e Alvo Dumbledore.


Dauer | terça-feira, 12 de agosto de 2008

Achei interessante a coluna!
Mas acho que as pessoas deveriam parar de meter o pau na coluna da Sheila!É só uma coluna, é legal dar sua opinião mesmo sendo uma crítica negativa, mas num precisa exagerar,neh!
Até mesmo porque cada um tem a sua opinião.Um exemplo disto é que tem gente que odeia Harry Potter e outros como nós aqui presentes adoramos de paixão e fazemos qualquer loucura para obter alguma informação.
(descupem me estendi demais, precisa desabafar!)


letticia | terça-feira, 17 de maio de 2011

Nossa, eu escrevi esse email a muito tempo atrás!!!
detlhe eu não quiz chingar a garota de v*** eu escrevi certo é baca (idiota) em japones… mas casar e caçar tah certo escrevi errado mesmo! tava tão brava com as meninas que estavam falando mal da emma que me exaltei!!! 😀


letticia | terça-feira, 17 de maio de 2011

Cume nasai!



Ou:
Nome:
(opcional)
E-mail:
(opcional)
Website:
(opcional)
Mensagem:
Add Avatar?